conecte-se conosco


Entretenimento

Marcos Mion temia ser usado pelo governo Bolsonaro

Publicado

Nesta terça-feira (06) foi ao ar mais uma edição de “Morning Show”, programa da rádio Jovem Pan . O convidado da vez foi Marcos Mion, apresentador da Record TV .

Leia também: Marcos Mion lamenta expulsão de Nadja: “É algo que choca”

Marcos Mion em encontro com Bolsonaro arrow-options
Reprodução Instagram

Marcos Mion em encontro com Bolsonaro

Durante a entrevista, Marcos Mion falou sobre o encontro com o presidente da república Jair Bolsonaro (PSL), que aconteceu há três semanas atrás. “Eu fui achando que o governo ia usar a minha imagem para amenizar o ‘não’ para a comunidade autista, para eu ser um ‘porta-voz’ das más notícias”, iniciou o apresentador da Record TV

Leia também: Mion: “Ninguém me chama mais para jantar porque eu levo a minha comida”

Bolsonaro olhou para mim e falou: ‘Mion, o que você veio fazer aqui?’. ‘Vim representar a minha comunidade’. ‘O que a comunidade quer?’. Nunca poderia imaginar, mas o presidente jogou a decisão para a minha mão. Eu poderia tomar a decisão que a maioria queria, de não colocar no Censo, colocar na PNAD, e agradar à maioria dos políticos e profissionais que estavam lá, ou eu poderia representar a comunidade autista”, prosseguiu ele.

Leia mais:  É Natal! Netflix entra no clima natalino e apresenta bom catálogo de filmes

Leia também: Marcos Mion se reúne com Jair Bolsonaro para defender minoria

“Falei: ‘Presidente, se você quer realmente pegar essas milhares de famílias no colo e fazer o que a comunidade quer, você vai sancionar essa lei. Deu um silêncio na mesa, porque estávamos há duas conversando e chegado à conclusão de que não ia ser no Censo, mas a comunidade autista queria o Censo. Falei: ‘É isso que você tem que fazer’. Ele falou: ‘Então tá bom, qual é o próximo assunto?’”, continuou.

Em seguida, Marcos Mion disse que seu partido é o autismo, independentemente de ideologia ou do governo, além disso, durante o papo, ele agradeceu a primeira-dama Michelle Bolsonaro: “Se não fosse por ela, nada disso teria acontecido”. 

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Cinemas de Cuiabá suspendem sessões por tempo indeterminado

Publicado

por

Os quatro cinemas de Cuiabá suspenderam as sessões, por tempo indeterminado, a partir desta quinta-feira (19) na capital mato-grossense por causa da pandemia do coronavírus. A medida foi adotada pelo Cinépolis, do Shopping Estação e Três Américas, CineAraújo, do Shopping Pantanal, e Cinemark, do Shopping Goiabeiras.

Segundo a direção desses cinemas, a medida atende à recomendação de autoridades sanitárias. Dessa forma, se tornou inevitável o fechamento provisório das salas de cinema no país a partir desta quinta-feira.

Além dos cinemas, os shoppings, que antes funcionavam a partir das 10h, passarão a abrir ao meio-dia durante a semana. Os locais vão funcionar até as 20h. O horário vale tanto para as lojas quanto para a praça de alimentação e cinema.

Nos domingos e feriados as praças de Alimentação abrem das 12h às 20h, e demais lojas, das 14h às 20h. As medidas atendem a recomendações do poder público para a redução de circulação de pessoas.

Comentários Facebook
Leia mais:  Galã de “A Culpa é das Estrelas”, Ansel Elgort chega ao Brasil para evento
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana