conecte-se conosco


Educação

Mais de 5 mil profissionais da Educação estão inscritos no 4º Seminário da Educação Básica

Publicado

Um total de 5.677 profissionais da educação estarão participando nesta segunda-feira (27), do 4º Seminário da Educação Básica. O evento é promovido pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação e, neste ano, será totalmente online.

Com mais de 10 horas de programação, o seminário terá quatro palestras onde especialistas vão discutir “O Direito à Aprendizagem em Tempo de Isolamento Social”. O evento faz parte do calendário do Programa de Formação Continuada da rede pública municipal de Educação, iniciando as atividades do segundo semestre.

A abertura oficial contará com as presenças do prefeito da Capital,  Emanuel Pinheiro, que estará on line, e da secretária interina de Educação, Edilene de Souza Machado.

O primeiro painel do seminário terá como tema “O Direito à Aprendizagem em Tempo de Isolamento Social: O protagonismo dos professores no uso das tecnologias aliadas aos processos pedagógicos — Desafio na Formação de Professores para esse novo Tempo”, com a palestrante Prof. Dra. Kátia Morosov Alonso, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Leia mais:  A EMEB Escola Cívico Militar Maria Dimpina oferecerá 255 vagas para alunos novos

Graduada pela Universidade Federal de Mato Grosso, Kátia Morosov Alonso possui mestrado e doutorado em Educação, este pela Universidade Estadual de Campinas.

Atualmente é professora associada da Universidade Federal de Mato Grosso, docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE)) do Instituto de Educação da UFMT e também líder do Grupo de Pesquisa Laboratório de Estudos sobre Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação. Possui vasta experiência na área da Educação em especial com relação a Educação a Distância, com foco nos processos de interação e mediação.

No período da tarde, outros três painéis terão os seguintes temas,  Transformações Curriculares em Tempo de Pandemia, com foco nas competências sócio emocionais na Primeira Infância; Os desafios para a formação e prática pedagógica dos professores frente ao Ensino Híbrido e a Educação de Pessoas Jovens, Adultos e Idosos no contexto da pandemia: reflexões e proposições.

A secretária interina de Educação de Cuiabá, Edilene Machado falou sobre a importância do seminário neste momento de tantos desafios e disse que no segundo semestre, o Programa de Formação dos profissionais da Educação terá uma extensa programação, com a abordagem de temas voltados a realidade atual. “É um novo momento, de aprendizagem, adaptação e de muitos desafios para todos nós. O seminário nos auxilia a refletir sobre as aprendizagens e a repensarmos os nossos papéis nesse processo”, disse ela.

Leia mais:  Matrícula para alunos novos da Educação Básica, Pré-Escola e Ensino Fundamental começa dia 7

O 4º Seminário de Educação Básica é uma realização da Secretaria Adjunta, Diretoria Geral de Gestão Educacional, e Coordenadorias Técnica de Ensino, de Organização Curricular, de Formação, de Gestão e Legislação, de Programas e Projetos, de Educação Especial e de Educação à Distância, da Secretaria Municipal de Educação.

O evento poderá ser acompanhado pelos participantes na plataforma @portaldaescolacuiabana, no Canal do YouTube.

Para os profissionais da rede pública municipal de Educação é necessário a realização de inscrição no evento para que seja possível a emissão de certificação. As inscrições podem ser feitas pelo link, https://bit.ly/2CwWqLf_IVSemEdBasMunCba2020.

 

Confira anexo a programação completa do IV Seminário Educação Básica da Rede Municipal de Educação de Cuiabá: “Direito à Aprendizagem em Tempo de Isolamento Social”

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Aulas não presenciais na rede estadual começam na segunda-feira em MT

Publicado

As aulas para os alunos da rede estadual de ensino retornam na segunda-feira (3) de forma não presencial (online e off-line). As aulas serão ofertadas de duas formas, online, por meio da plataforma digital Aprendizagem Conectada, e off-line, com apostilas para quem não tem acesso à internet.

As aulas não presenciais serão organizadas em cinco etapas: produção do material escolar, com a organização semanal de estudos e planejamento do professor; disponibilização do material escolar; atendimento ao estudante; intervenção pedagógica; e registro em tempo real no final do semestre.

Por meio de uma parceria com a Microsoft Corporations, será disponibilizado aos estudantes e professores o aplicativo Teams, uma ferramenta para auxiliar nas aulas online. O aplicativo Teams é uma multiplataforma que pode ser utilizada a partir de um desktop (computador pessoal), notebook, tablet ou dispositivo móvel (celular). Com ele, os professores poderão interagir com os estudantes, compartilhar arquivos e sites, criar blocos de anotações de classe, além de disponibilizar tarefas e questionários.

Leia mais:  Começam amanhã as inscrições para o Fies

A Seduc também vai continuar ofertando as videoaulas pela TV Assembleia, tanto para os alunos do ensino médio quanto para os do fundamental.

Conforme destaca a secretária de Estado de Educação, Marioneide kliemaschewsk, as aulas não presencias terão a participação e envolvimento de toda a unidade educacional, ou seja, equipe gestora, coordenador pedagógico e, principalmente, do professor.

Para os alunos sem acesso à internet, a Seduc disponibiliza apostilas impressas que podem ser solicitadas pelos pais diretamente na escola. Para arcar com as despesas com essas impressões, a Seduc repassa recurso para as escolas por meio do Programa Político Pedagógico.

A secretária ressalta ainda que a parceria entre a escola e a família será imprescindível para garantir o acesso, a permanência e o sucesso do aluno.

Para ter acesso às aulas online, o aluno deve entrar no www.aprendizagemconectada.mt.gov.br ou no site da Seduc www.seduc.mt.gov.br.

Formação
A Seduc está realizando a formação continuada com os professores (efetivos e contratados) sobre o uso de tecnologias digitais que serão usadas nas aulas não presenciais, como, por exemplo, o uso de recursos da Microsoft Teams. A capacitação será ofertada em duas etapas pelos 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapros). A primeira etapa foi de 20 a 31 de julho e a segunda será de 17 de agosto a 11 de setembro, totalizando 60 horas.

Leia mais:  Matrícula para alunos novos da Educação Básica, Pré-Escola e Ensino Fundamental começa dia 7

A metodologia adotada é a perspectiva da aula invertida. O material de apoio está disponibilizado na plataforma Aprendizagem Conectada, no ícone “Orientações”, “Orientações aos Professores”, “Formação” e “Vídeos”.

Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana