conecte-se conosco


Cidades

Magoado; deputado Dilmar deixa liderança de Mauro na AL e pede desfiliação do DEM

Publicado

Líderes do partido marcaram reunião no Paiaguás e devem tentar mudar decisão de deputado

O deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM) entregou a função de líder do Governo na Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira (24). Ele ainda pediu a desfiliação do Democratas em uma carta entregue ao partido.

O parlamentar alegou “motivo pessoal” para a decisão e ao MidiaNews afirmou que ainda não tem outra sigla em vista.

Nos bastidores, informações dão conta de que ele tem se sentido insatisfeito com o grupo do governador Mauro Mendes (DEM).

“Venho respeitosamente a presença de vossas senhorias ilustre membros requerer minha expulsão deste douto partido em caráter irrevogável e irretratável, o que faço por motivo de ordem pessoal”, consta em trecho da carta direcionada à direção do partido (veja abaixo).

“Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração”, acrescentou.

Magoado

Venho respeitosamente a presença de vossas senhorias ilustre membros requerer minha expulsão deste douto partido em caráter irrevogável e irretratável
O vice-presidente do DEM, ex-governador Júlio Campos, afirmou que a carta ainda não chegou oficialmente ao conhecimento do partido.

Leia mais:  Auxílio emergencial foi pago para cerca de 2,5 milhões de pessoas

No entanto, há uma reunião agendada para manhã de quinta-feira (24) no Palácio Paiaguás, sede do Governo, e as lideranças do DEM devem tentar convemcer o parlamentar a retroagir da decisão.

“Esperamos que isso possa ser contornado em reunião no Palácio. Ele estava magoado e sentido com acontecimentos nas últimas horas e pedimos calma a ele. Ele é uma pessoa importantíssima para o partido”, disse Júlio.

“Ele tem respeito das bases, foi presidente do diretório em momento difícil para o DEM. Ele assumiu e reestruturou o partido. A saída dele seria muito ruim, um verdadeiro desastre”, afirmou o ex-governador.

Insatisfeito

Informações dão conta de que Dilmar estaria insatisfeito com a postura do governador Mauro Mendes. O parlamentar pleiteava a vice-presidência da Mesa Diretora, da Assembleia Legislativa, mas não teria conseguido o apoio de Mendes.

Além disso, ele estaria insatisfeito por Mendes ter “engessado” sua atuação de líder na votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata da Reforma da Previdência.

Veja carta:

 

 

Leia mais:  Plenário da Câmara rejeita tirar reforma da Previdência da pauta

Por:CÍNTIA BORGES/ midianews

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

MT Hemocentro necessita com urgência de três tipos de sangue

Publicado

por

O MT Hemocentro necessita com urgência de doação de sangue dos tipos O Positivo, O Negativo e A Negativo, para repor estoque que se encontra em situação critica.

A doação de sangue pode ser agendada a partir de segunda-feira,(13.07). O telefone para informações e para agendamento de doação é (65) 3623-0044 (Ramal 221 e 222) e Whatsapp (65) 98433-0624. Também é possível agendar a doação pela internet, clicando AQUI.

A sede do MT-Hemocentro está localizada na Rua 13 de junho, n° 1.055, Cuiabá, Centro Sul. O funcionamento da unidade ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30

Comentários Facebook
Leia mais:  Auxílio emergencial foi pago para cerca de 2,5 milhões de pessoas
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana