conecte-se conosco


Esportes

Luka Doncic marca primeiro triplo duplo da carreira e alcança marca importante

Publicado


Luka Doncic marcou seu primeiro triplo duplo em derrota do Dallas Mavericks
Reprodução

Luka Doncic marcou seu primeiro triplo duplo em derrota do Dallas Mavericks

Na rodada da NBA em homenagem a Martin Luther King, o esloveno Luka Doncic, do Dallas Mavericks, teve mais um jogo de destaque e entrou para a história da liga norte-americana de basquete.

Leia também:  Novato do ano? Armador do Dallas Mavericks tem chamado atenção na NBA

Nesta segunda-feira (20) em partida contra o Milkawee Bucks, Luka Doncic marcou seu primeiro triplo duplo. Foram 18 pontos, 11 rebotes e 10 assistências, além de um roubo de bola, na derrota da equipe por 116 a 106.

Além da marca pessoal, Doncic se tornou o segundo jogador mais jovem da história da NBA a marcar o triplo duplo, ficando apenas atrás de Markelle Fultz, na época de Sixers e que hoje está no Philadelphia 76ers, e que alcançou o feito com 19 anos e 317 dias, dez a menos que o esloveno.

Leia também:  Time afiliado ao San Antonio Spurs virá ao Brasil para Copa Intercontinental

Leia mais:  Campeã brasileira de surfe em 2018 morre no Ceará após ser atingida por raio

Com o resultado, Doncic deixa para trás grandes nomes do esporte americano como Lonzo Ball, que marcou o seu primeiro triplo duplo com 20 anos e 15 dias; LeBron James com 20 anos e 20 dias e Dennis Smith Jr. com 20 anos e 34 dias.

Veja abaixo alguns lances de Doncic:

Outro que tem sido destaque na temporada da NBA é Giannis Antetokounmpo. O grego foi o destaque do Bucks no jogo, anotando 31 pontos e pegando 15 rebotes.

Leia também:  DeMarcus Cousins retorna de lesão e faz boa estreia no Golden State Warriors

Além do feito de Luka Doncic, veja abaixo todas as partidas da rodada de Martin Luther King da NBA:

Knicks 109 x 127 Thunder

Cavaliers 88 x 104 Bulls

Wizards 101 x 87 Pistons

Hawks x Magic (jogo em andamento)

Leia mais:  Curry é convidado para um tour na Nasa após dizer que o homem não foi à Lua

Nets x Kings (jogo em andamento)

Grizzlies x Pelicans (partida as 20h30)

Celtics x Heat (partida as 21h)

76ers x Rockest (partida as 23h)

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Goiás, com um a menos e de virada, bate o Internacional no Serra Dourada

Publicado

por

Lance

Goiás x Internacional - Campeonato Brasileiro arrow-options
reprodução / Twitter

Goiás x Internacional – Campeonato Brasileiro

Se o panorama do primeiro tempo com expulsão no time adversário e a abertura do marcador davam a entender que vinha pela frente uma tranquila vitória do Internacional sobre o Goiás no Serra Dourada, a etapa complementar transformou o panorama da partida e quem parecia condenado no jogo virou o placar para um heroico 2 a 1.

Com o resultado, o  Goiás foi para a 11ª posição com 21 pontos ganhos enquanto o Internacional segue com 24 unidades e em sétimo lugar do Campeonato Brasileiro.

GOL COLORADO E PREJUÍZO DOBRADO

Em partida que estava bastante corrida e com busca de alternativas para os dois lados, aos 11 minutos Wellington Silva achou uma bola muito bem enfiada visando a infiltração de Guilherme Parede que, de frente com Tadeu, chutou de perna esquerda no meio das pernas do arqueiro goiano. 

Depois do gol, a arbitragem analisou o lance desde sua origem com o uso do Árbitro de Vídeo e, além de confirmar o tento, ainda viu lance de falta onde Léo Sena acabou pisando com a ponta do pé na mão de Rithely e decidiu dar cartão vermelho para o atleta do Goiás.

MUDANÇAS FORÇADAS

Com o panorama modificado tanto pelo gol como pela expulsão de Léo Sena, Ney Franco decidiu fazer a transição de estilo de jogo com a saída do centroavante Rafael Moura para a entrada de Leandro Barcia, prevendo maior dificuldade em conseguir prender a bola no sistema ofensivo e apostar mais nos lances de velocidade.

Leia mais:  Jair Bolsonaro perde o equilíbrio e quase cai durante final da Copa América

Por sua vez, o Inter teve Natanael caindo no gramado acusando dores musculares aos 23 minutos e Odair colocou o nome que tinha à disposição para o lado esquerdo, o jovem Erik. 

LOMBA, NO REFLEXO

A vantagem no marcador e o domínio da posse de bola faziam com que o time visitante tivesse mais interesse em administrar a partida tirando a velocidade do confronto e evitando momentos de reação do Esmeraldino. 

Mesmo assim, aos 36, os anfitriões acharam espaço para Michael, na pura habilidade, driblasse três marcadores e só parasse em uma defesa precisa de Marcelo Lomba em chute rasteiro.

QUASE O SEGUNDO!

Logo aos dois minutos do tempo complementar, em grande jogada pelo lado direito de ataque do Inter, Guilherme Parede quase conseguiu retribuir a assistência de Wellington Silva e cruzou na medida para o camisa 11, mas o atacante não conseguiu concluir de maneira equilibrada e ela subiu por sobre o travessão da meta defendida por Tadeu.

MELHOROU E MERECEU

Com pouco mais de 30% de posse de bola na etapa inicial e após tomar o um susto logo na volta da partida, o time da casa começou a se soltar mais para o campo de ataque, elevando sua atuação na partida e as chances de chegar a igualdade.

O Inter até conseguiu uma oportunidade interessante nesse período em cobrança de falta que deu trabalho a Tadeu. Todavia, aos 25, a extrema habilidade de Michael, que já havia aparecido bem na etapa inicial, surgiu bem novamente com o camisa 11. Dessa vez, de maneira letal. Partindo pra cima da marcação, o atacante saiu muito bem da marcação após dois dribles desconcertantes já na grande área do Internacional e bateu no extremo canto esquerdo de Lomba para deixar tudo igual.

Leia mais:  Floyd Maywheater cancela luta contra Nasukawa e alega ter sido enganado

SALVA, TADEU!

Tomar o gol acabou fazendo com que o time gaúcho se sentisse praticamente na obrigação de ser mais ofensivo e passasse, nesse momento, a ser bem mais intenso do que havia conseguido em praticamente todo o confronto mesmo tendo um homem a mais em campo. Foi aí que o goleiro Tadeu apareceu com destaque fundamental para garantir o precioso ponto.

Em cruzamento rasteiro, Parede recebeu com liberdade na marca do pênalti e tocou de letra para defesa providencial de Tadeu. Dois minutos depois, Nico López fez incrível lance individual ao chapelar Yago Felipe e bater para uma intervenção magistral do arqueiro Esmeraldino.

O GOLAÇO DA VIRADA

Já no último minuto do confronto, após falta do zagueiro Klaus em Leandro Barcia, ficou sob o encargo de Rafael Vaz a responsabilidade de fazer o tento da virada. E o zagueiro bateu com uma cobrança excelente, no ângulo direito de Marcelo Lomba, e concretizou o resultado positivo do Goiás .

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana