conecte-se conosco


Política

Lúdio requer prorrogação de auxílio para trabalhadores da linha de frente do combate à Covid-19

Publicado

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) requereu a prorrogação do auxílio concedido aos trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia de covid-19 em Mato Grosso, inclusive os que atuam em regime de plantão. O auxílio se encerrou em dezembro de 2020 e Lúdio apresentou requerimento nesta semana para que o governador envie novo projeto de lei estendendo o pagamento até 31 de dezembro de 2021.

“A lei aprovada no ano passado foi prorrogada até dezembro, mas perdeu a vigência. E os trabalhadores continuam vivendo o mesmo drama nas unidades de saúde que atendem covid-19 em Mato Grosso. O requerimento é para que o governador prorrogue o auxílio até o fim deste ano, porque sabemos que conviveremos nessa tempestade por muito tempo ainda”, disse Lúdio.

Como médico sanitarista, Lúdio tem monitorado a evolução da covid-19 em Mato Grosso e semanalmente faz projeções dos possíveis cenários futuros. Com a segunda onda de contágios e a vacinação da população avançando em ritmo muito lento, a pandemia deve se prolongar por todo o ano de 2021. Lúdio citou ainda o surgimento de novas variantes do vírus, com maior transmissibilidade, e que podem ser mais agressivos.

Leia mais:  Governo destina R$ 8,5 milhões para área social dos 141 municípios

Na votação do projeto original, em julho de 2020, Lúdio havia proposto um substitutivo e duas emendas para tornar o auxílio mais justo, de modo que todos os trabalhadores da linha de frente da saúde ganhassem o valor de R$ 1,1 mil. A proposta de mudança, porém, foi reprovada em plenário.

Comentários Facebook
publicidade

Política

De na Folha de SP; Secretário de saúde pede ‘socorro’ a outros estados e tem pedido negado

Publicado

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, pediu socorro a lideranças de outros estados para que atendam aos pacientes com covid-19 que estão na fila de espera por Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Contudo, apesar da demanda, o pedido foi negado.

A assessoria da Secretaria de Estado de Saúde confirmou a solicitação e emitiu nota sobre o caso. Confira o comunicado na íntegra abaixo:

“A Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) informa que solicitou o auxílio dos demais estados da federação para a possível transferência de pacientes com a Covid-19. Até o momento, não houve confirmação oficial por parte dos estados.

Atualmente, Mato Grosso registra 59 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de Terapia Intensiva. É importante frisar que, considerando a universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS), o estado de Mato Grosso prestou assistência aos pacientes de Rondônia em janeiro deste ano e cedeu UTIs para o tratamento de pessoas que esperavam por uma vaga.”

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Parlamentares se reúnem com secretário de Serviços Urbanos da Capital
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana