conecte-se conosco


Esportes

Liverpool anuncia jogo beneficente na Irlanda em prol de torcedor agredido

Publicado


Torcedores do Liverpool lembraram do torcedor Sean Cox que foi vítima de agressão de hooligans da Roma
Reprodução/ Ansa

Torcedores do Liverpool lembraram do torcedor Sean Cox que foi vítima de agressão de hooligans da Roma

Nesta segunda-feira (11) o Liverpool anunciou uma partida beneficente em prol de arrecadar fundos para o tratamento de Sean Cox,  torcedor do time que ficou gravemente ferido durante uma briga entre ultras do time inglês e da Roma.

A equipe publicou um vídeo em sua conta de Twitter oficial para anunciar a partida. O time de lendas do Liverpool enfrentará a seleção de lendas da República da Irlanda, país de origem do torcedor Sean Cox.

O jogo está marcado para acontecer no estádio Aviva, em Dublin, na Irlanda, no dia 12 de abril. Os ingressos para a partida começam a ser vendidos na próxima quinta-feira (14) e toda a renda será revertida para o Fundo de Reabilitação Sean Cox .

Leia mais:  Medalhista olímpico italiano pega quatro anos de suspensão por doping

Os preços das entradas são de 20 euros para adultos, 10 euros para menores de 16 anos e tem um pacote família, com ingressos para dois adultos e duas crianças, por 70 euros. Sócios do Liverpool e grupos oficiais de apoio a equipe inglesa terão acesso as entradas antes do público geral.

Os atletas confirmados até agora no time de lendas do Liverpool são Sander Westerveld, Jerzy Dudek, Patrik Berger, Vladimir Smicer, Salif Diao, Robbie Fowler, Ian Rush, Glen Johnson e Djibril Cisse.

Ídolo da seleção irlandesa, Robbie Keane estará no evento e jogará pelo Liverpool e pela seleção de seu país, assim como McAteer, John Aldridge e Phil Babb. A Irlanda ainda terá o técnico Mick McCarthy e os atletas Kevin Kilbane, Ian Harte, Lee Carsley e Liam Lawrence no time de lendas.

Leia também:  Roma doa R$ 639 mil para torcedor do Liverpool agredido por ultras do clube

A esposa de Sean, Martina Cox, esteve no evento de divulgação da partida e comentou que o marido teve uma melhora nos últimos meses. Sean tem falado pouco e se movimenta com dificuldades.

Leia mais:  Max Verstappen é punido após confusão com Ocon no GP do Brasil de Fórmula 1

Atingido na cabeça por um cinto, o torcedor de 53 anos ficou em coma por semanas e perdeu toda a movimentação do lado direito do corpo. Ele não consegue andar e ainda não há uma previsão de quando isso possa acontecer.

Leia também:  Morre Gordon Banks, goleiro que fez “defesa do século” em cabeçada de Pelé

O torcedor irlandês dos Reds foi atingido nos arredores do Estádio Anfield Road antes da partida entre Liverpool e Roma, válida pela semifinal da Liga dos Campeões em abril de 2018. Dois ultras da equipe italiana foram presos e julgados pela agressão a Sean.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

Publicado

por

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa: suas notas estão péssimas na escola e a diretora reclamou dizendo que você fez xixi no pátio. Eu me reuni com sua mãe e decidimos uma punição adequada. Não adiantou ficar trancado em casa por uma semana, nem não comer doce, nem perder seus brinquedos. Agora a coisa ficou séria. Você vai ter de ver o jogo todo do São Paulo . Os noventa minutos. Segundo por segundo.

– Esse castigo não, papai. Prefiro estudar matemática. Aquele Jucilei é muito ruim. Não quero. Buáááááááááááá. E o técnico. Tem o nome da minha sala. Jardim da infância.

– É Jardine, garoto. E ele saiu. Infelizmente. Com ele a tortura seria maior. Ainda bem que o Diego Souza continua, pelo menos isso. E tem mais, viu? No domingo você vai assistir o Corinthians . Completinho. Até os acréscimos.

Leia também: Cimatti – Você já voltou para sua escola?

Leia mais:  Vettel corre com o filho de Schumacher e diz que o ex-piloto ficaria orgulhoso

– Mas, papi…

– Mas, nada. O Carille vai fechar o time pra você não dar uma risadinha. Retrancar mesmo. O Avelar na esquerda. Do jeito que eu gosto, como foi contra o Avenida, no quase vexame histórico. Parece que o Araos vai ser titular. Manoel e Henrique. E, se desgrudar os olhos da TV por um milésimo de segundo, eu tiro o videogame também.

– Aí já é demais.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL da derrota do São Paulo na Libertadores

– Fica quieto. Porque sábado tem o Palmeiras . Lucas Lima e Borja em campo. E outra: Deyverson fora. Não vai ter mau exemplo. Assim você não se inspira nele pra fazer bobagens na escola. Vai ver esse também.

– E o Santos , pai. Posso ver?

– Claro que não. Já disse: não é pra ter prazer. É pra sofrer. O Santos tem um técnico que gosta de jogar bola. Você não vai ver futebol. Vai ter sofrimento. É castigo, não centro de diversões.

Leia mais:  Lebron dá show pelo Lakers e se torna o 5° maior pontuador da história da NBA

Leia também: Jornal coloca Militão no Real Madrid

– Mas…

– Calado! Já pro quarto! Se reclamar mais ainda tem o Campeonato Carioca, o Mineiro, o Gaúcho. Vai ter de assistir Botafogo e Bangu. O Brasil inteiro de muita grossura e chutão.

– Buuuuuuuáááááááááááá. Buuuuuuuuááááááááá.

Olha aí, amor. Ainda reclama do castigo . Nem mandei ver o Guarani ou a Ponte Preta. Na próxima ele vai ter de assistir a coletiva de imprensa do Roger Machado. Sem mimimi e sem chororô. Aí vai ver o que é bom pra tosse.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana