conecte-se conosco


Entretenimento

Lady Gaga e Childish Gambino dominam Grammy de tributos e ineditismos

Publicado

Quando a cerimônia do Grammy começou às 23h, no horário de Brasília, mais de 40 prêmios já tinham sido anunciados em uma cerimônia preliminar exibida apenas pela internet. Em quase quatro horas de transmissão na TV, apenas dez prêmios foram entregues, entre eles os de canção, artista revelação, álbum e gravação do ano, os mais importantes da premiação. 


Lady Gaga ganhou três Grammys
Reprodução/CBS

Lady Gaga ganhou três Grammys

Depois de enfrentar diversas críticas oriundas de grupos de artistas negros e mulheres, que se sentiam subrepresentados na premiação, o Grammy deu o braço a torcer. As indicações já sinalizavam mudança de rumos e as escolhas dos vitoriosos da 61ª edição do prêmio corroboraram as expectativas. 

Childish Gambino se tornou o primeiro rapper a ganhar Canção do Ano com This is America . O artista e a música venceram ainda em Performance de Rap, Clipe do Ano e Gravação do ano. Cardi B. ganhou na categoria de Álbum de Rap por “Invasion of Privacy”. Foi o primeiro Grammy dela e logo por seu álbum de estreia. Sua vitória é expressiva porque a categoria historicamente é dominada por homens.


Dua Lipa é a artista revelação do Grammy 2019
Reprodução/Instagram

Dua Lipa é a artista revelação do Grammy 2019

A noite foi de desforra para o rap mesmo. Drake ganhou o prêmio de Melhor Música de Rap por God´s Plan e disse que essa “era a primeira vez que ele sentia que estava onde deveria estar” na premiação. 

Leia mais:  Luana Piovani aparece completamente nua e mostra boa forma

Dua Lipa, que juntamente a St. Vincent fez uma das melhores performances da noite, ganhou como artista revelação em uma categoria dominada por mulheres e alfineou o presidente da academia que no ano passado havia dito que “mulheres precisam se impor para aparecer nas principais categorias”. “Acho que neste ano nós nos esforçamos”, disse ao aceitar seu prêmio.

H.E.R, artista de R&B de 21 anos, que fez outra das memoráveis performances da noite, perdeu para Lipa na categoria, mas venceu por Disco de R&B. Honesta e humilde, disse que “era apenas um EP” e chamou sua equipe para o palco com ela.


Jada Pinkett Smith, Michelle Obama, Alicia Keys, Jennifer Lopez e Lady Gaga fizeram um desagravo à importância da música na abertura do Grammy
Reprodução/Instagram

Jada Pinkett Smith, Michelle Obama, Alicia Keys, Jennifer Lopez e Lady Gaga fizeram um desagravo à importância da música na abertura do Grammy

Depois de algumas escolhas inusitadas e bem-vindas, o úlimo prêmio da noite teve gosto amargo. Com álbuns como ‘Invasion of Privacy” (Cardi B.), H.E.R (H.E.R) e Dirty Computer (Janelle Manáe), a Academia escolheu o country basicão de Kacey Musgraves, que pareceu genuinamente constrangida no palco. “Não é porque eu ganhei este prêmio que significa que o meu disco é melhor. Eu fico muito lisonjeada de figurar em uma categoria como essa”. 

Leia mais:  Gisele Bündchen cai no choro com homenagem de Luciano Huck

Além de Kacey, apenas Brandi Carille, outra cantora country, era branca na categoria. Os outros seis indicados eram negros. Vale lembrar que alguns artistas vem boicotando o Grammy justamente por entender que há preconceito em muitas escolhas da Academia. Childish Gambino, um dos maiores premiados da noite, não compareceu ao evento. 

Outra artista bastante premiada na noite foi Lady Gaga – foram três Grammys (dois por Shallow e um por Joanne). Ela compareceu e balançou as estruturas com um apresentação anabolizada de Shallow. Antes, dividira o palco com a ex-primeira dama Michelle Obama, Jada Pinkett Smith, Alicia Keys e Jennifer Lopez para homenagear a música e o efeito que ela surte nas pessoas em diferentes circunstâncias. 

Apresentações e mais destaques


Janelle Monáe durante performance no Grammy
Reprodução/Instagram

Janelle Monáe durante performance no Grammy

Ariana Grande, outra que não foi à cerimônia, ganhou seu primeiro Grammy por Álbum Pop Vocal. Chris Cornell ganhou postumamente por perfomance de rock pela canção When Bad Does Good

Além dos prêmios, o Grammy sempre chama atenção pelas apresentações musicais. Além das já citadas, Cardi B., Janelle Monáe e Jennifer Lopez causaram sensação. Post Malone, Red Hot Chili Peppers e J. Balvin foram dos poucos homens a se apresentar no palco. De cabo a rabo, o Grammy 2019 foi mesmo das mulheres e, talvez por isso, fica difícil de contestar qualquer coisa. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Realeza negra? Meghan Markle aparece como rainha em vídeo de Beyoncé

Publicado

por

Aconteceu nesta quarta-feira (20) o prêmio Brit Awards, em Londres. Beyoncé e Jay-Z não puderam comparecer ao evento, porém, foram vencedores da categoria Melhor Grupo Internacional, como The Carters. Diante disso, o casal gravou um vídeo, simulando o clipe de Apesh*it , agradecendo. No entanto, a aparição de Meghan Markle usando a coroa da Rainha Elizabeth II chamou atenção do público.

Leia também: “Eu aceitei o que meu corpo queria ser”, diz Beyoncé sobre sua autoaceitação


Beyoncé agradece prêmio e parabeniza Meghan Markle
Reprodução Instagram

Beyoncé agradece prêmio e parabeniza Meghan Markle

“Muito obrigado ao Brit Awards por essa honra incrível. Vocês sempre nos apoiaram. Tudo é amor. Obrigada”, disse Beyoncé , que aparece com um super decote no vídeo de agradecimento. Ao compartilhar a foto em seu Instagram, a cantora aproveitou para parabenizar Meghan Markle pela gravidez.

Leia também: Beyoncé e Jay-Z lambem as feridas e reafirmam status quo em “Everything is Love”

“Obrigada a vocês, britânicos, pelo prêmio de Melhor Grupo Internacional. Eu ganhei esse prêmio lá em 2002 com as minhas melhores amigas Kelly e Michelle (que formavam com ela o Destiny’s Child). Como sou sortuda de estar em um novo grupo com o meu outro melhor amigo ( Jay-Z ). Em homenagem ao Mês a História Negra, nós nos curvamos perante um das nossas Monas (Lisas) de melanina. Parabéns por sua gravidez! Te desejamos muitas alegrias”, disse a cantora.

Leia mais:  Após resultado, famosos internacionais se manifestaram sobre eleições no Brasil

Em pouco tempo de sua publicação, o compilado de vídeos e imagens já ostentava mais de um milhão de likes e incontáveis comentários, e a tendência é o que número aumente exponencialmente a cada instante.

“Muito orgulho dessa cena”, elogiou um fã. “Socorro! É a Duquesa de Sussex no quadro”, analisou outro com humor. “Não consigo parar de ver, é tão estranho ver a Meghan na posição de rainha”, dissertou um internauta. “Realeza negra, aceita sociedade”, manifestou um quarto admirador.

Leia também: Cega processa Beyoncé por site não ser acessível para deficientes visuais

Vale lembrar que neste momento, Meghan Markle está em Nova York onde acontece o seu chá de bebê no The Mark Hotel. Já chegaram para o encontro Amal Clooney, Jessica Mulroney, Gayle King e Lindsay Roth.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana