conecte-se conosco


Esportes

Klopp elogia Manchester City e quer Liverpool com ‘raiva’ para vencer partida

Publicado


Klopp e Guardiola falam sobre partida entre Liverpool e Manchester City
Reprodução

Klopp e Guardiola falam sobre partida entre Liverpool e Manchester City

O futebol na Inglaterra não parou durante as festa de fim de ano. Depois de uma rodada agitada no último fim de semana
, a Premier League começa 2019 com uma grande partida entre Manchester City e Liverpool, nesta quinta-feira (03), às 18h (horário de Brasília).

Para esquentar o clima para a partida
, os técnicos das duas equipes concederam entrevistas coletivas nessa quarta-feira e comentaram sobre as expectativas para o jogo.

Se vencer o confronto de amanhã, o Liverpool tem a oportunidade de abrir uma margem de nove pontos para o segundo colocado, neste momento o Tottenham. Para isso, a equipe pode ter um reforço.

Jurgen Klopp anunciou durante a coletiva que o meia James Milner voltou aos treinamentos e tem chances de estar em campo contra o Manchester City, seu ex-clube. Dessa forma, o Liverpool só tem as ausências de Oxlade-Chamberlain, Matip e Gomez.

Sobre um dos maiores nomes dos citizens, Kevin De Bruyne, o treinador alemão rasgou destacou a importância do atleta, que pode não estar em campo amanhã. “De Bruyne é um jogador excepcional. Inacreditavelmente influente, um jogador de classe mundial e ele parece uma pessoa humilde. Eu esperava que ele jogasse”.

Leia mais:  Maradona acusa arbitragem de perseguição e ameaça deixar o México

Leia também:  “Verde é cor da inveja”. Palmeiras exibe novo uniforme de 2019, agora da Puma

De Bruyne tem enfrentado problemas físicos nos últimos dois meses. Ele ainda não é presença confirmada na partida e, de acordo com Pep Guardiola, o belga será reavaliado antes do jogo. Pelo lado do Manchester City
, as ausências estão por conta do goleiro Bravo, e os jogadores de linha Mendy, Gundogan e Delph.


Na partida do primeiro turno, Liverpool e Manchester City ficaram no 0 a 0 em Anfield
Twitter/Reprodução

Na partida do primeiro turno, Liverpool e Manchester City ficaram no 0 a 0 em Anfield

Saindo das ausências e indo especificamente para as expectativas de jogo, Jurgen Klopp reconheceu que será a partida mais difícil da equipe e eles precisam de atitude para vencer.

“O Manchester City é o melhor time de futebol do mundo. Estamos em um bom momento e somos uma equipe muito boa também. É um jogo muito difícil, um dos mais difíceis que você pode jogar no mundo do futebol. Eles são um time de futebol muito forte com um excelente treinador. Precisamos ser corajosos, cheios de desejo e com raiva novamente”, disse Klopp.

Leia mais:  Mãe do lutador Rayron Gracie é espancada brutalmente no Rio: “Um monstro”

Mantendo a linha de elogios, Pep Guardiola destacou que enfrentar o time do alemão será um desafio para a equipe. “O Liverpool
está na melhor forma. É um bom desafio para nós. Estamos focados no que temos que fazer para ganhar o jogo. Vamos tentar e depois analisaremos”.

Apesar de manter o respeito, Guardiola deixou claro que o objetivo da equipe é vencer a partida. “Tenho um sentimento que há uma grande oportunidade para nós reduzirmos a diferença (no topo da tabela). Me perguntam o que faremos se perdermos. Vamos tentar ganhar o jogo, estar lá e ter uma chance de lutar pela Liga”, concluiu.

Leia também:  Chelsea contrata norte-americano do Borussia Dortmund por R$ 285 milhões

O Liverpool está em primeiro lugar com 54 pontos, enquanto o Manchester City é o terceiro com 47 pontos. A partida
dessa quinta-feira entre as duas equipes pode definir quem brigará pelo título da Premier League em 2019.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Após derrota do PSG na Ligue 1, Mbappé desabafa: “é mais difícil sem o Neymar”
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana