conecte-se conosco


Carros e Motos

Kia mostra esboço de SUV menor que Sportage, que deve chegar ao Brasil

Publicado


Desenho do Kia SP2i
Divulgação

Kia SP2i terá desenho arrojado entre os atrativos diante dos principais rivais que terá pela frente

A Kia revela os primeiros esboços oficiais do SUV compacto menor que o Sportange, conhecido como SP2i. O modelo é feito para ser vendido em mercados emergentes, como o indiano e o brasileiro. As novas imagens mostram que a versão de produção deverá ser parecida com o protótipo SP Concept.

 LEIA MAIS: Kia Sportage fica com visual mais arrojado, mas mantém parte mecânica

A frente tem entre os destaques a grade frontal em formato de focinho de tigre (característicos dos novos modelos da Kia
), faróis estreitos com LED no lugar de lâmpadas e com visual 3D, parecendo diamantes.  O para-choque de desenho arrojado, com faróis auxiliares de neblina e a traseira com lanternas de estilo ousado também são detalhes que chamam atenção.


Desenho da traseira do Kia SP2i
Divulgação

Traseira do Kia SP2i mostra que o estilo esportivo e o aspecto moderno é um dos atrativos do carro

 De acordo com o chefe do departamento de design da Kia, Byung Chul Juh, a ideia foi criar um SUV
com aspecto robusto e estiloso em qualquer cenário, seja na cidade ou no campo. Além disso, empregamos tecnologia que o público jovem tem apreciado ultimamente ao redor do mundo.

Leia mais:  VW Saveiro GT: andamos na versão que a fabricante nunca produziu

Mais delalhes do Kia SP2i


Kia SP2i protótipo
Divulgação

O protótipo Kia SP Signature revela como será a versão de produção do novo SUV compacto, salvo poucos detalhes

 O Kia SP2i é feito sobre a plataforma do Hyundai Creta, mas com alguns aperfeiçoamentos. Um dos quais é tornar possível a fabricação de um SUV de 7 lugares. Entretanto, o ponto mais importante é oferecer versões suficientes para atender às demandas dos mercados onde o carro será vendido.

LEIA MAIS: Novo Kia Soul fica ainda mais ousado. Velja galeria e mais detalhes

Entre as opções de motor, há motores a gasolina ou a diesel, ambos com 1.5 litro de cilindrada. Podem funcionar com câmbio manual ou automático, sempre com 6 marchas. Também está sendo esperado o novo 1.4 turbo, que pode render 140 cv e funciona com câmbio de dupla embreagem, de 7 marchas.

O interior reflete o estilo arrojado da parte de fora do carro. Além disso, quem pensa que por ser menor que o Sportage
o nível de acabamento será mais despojado acaba de enganando. A Kia promete caprichar. Entre os itens disponíveis deverá ofercer até acesso à internet sem fio, câmera com visão de 360 graus, cluster
digital, teto solar elétrico, entre outros.

Leia mais:  FCA anuncia preços e versões da nova picape Jeep Gladiator, longe do Brasil

LEIA MAIS:  Kia Stinger GT 2019: esportivo coreano sabe falar alemão

Na Índia, o Kia
SP2i deverá começar a ser vendido em julho, com modelos como Nissan Kicks e Hyundai Creta entre os principais concorrentes. O mesmo deverá acontecer no Brasil, onde o carro ainda não tem prazo para chegar, uma vez que a importação do modelo depende, entre outros fatores, da cotação do dólar.

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

General Motors confirma o fim da fabricante australiana Holden

Publicado

por

General Motors arrow-options
Divulgação

Parceira da General Motors desde a década de 30, Holden encerrará suas operações na Austrália, Nova Zelândia e Tailândia até o fim do ano

Em mais um passo no processo de reestruturação global, a General Motors anunciou que fechará a marca Holden na Austrália, Tailândia e Nova Zelândia, encerrando as operações nos países. A GM ainda terá o compromisso de abastecer os mercados com peças e serviços de manutenção até o fim da década.

LEIA MAIS: FCA e PSA anunciam acordo de fusão; confira os detalhes

Estima-se que 600 funcionários perderão o emprego no encerramento da Holden na Oceania. Em Detroit (EUA), Mary Barra, chefe-executiva da GM Global, afirma que fechar a representante no continente é uma decisão difícil, porém correta. 

Mark Reuss, presidente da GM, complementa a declaração de Barra dizendo que a marca tinha planos de reerguer a Holden, mas continuar atuando em um mercado fragmentado como a Oceania teria custo alto.

LEIA MAIS: Renault, Nissan e Mitsubishi revelam novas estratégias para 2020

Leia mais:  Veja 5 equipamentos de carros que vão desaparecer em breve

Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, se diz inconformado com a situação. “Estou desapontado, mas não surpreso. Sei que muitos australianos estão irritados neste momento”, disse ele. “Os nossos contribuintes colocaram milhões de dólares nesta companhia multinacional e eles simplesmente encerraram as operações”.

LEIA MAIS: Veja como a parceria entre Ford e VW vai impactar os carros elétricos

Aos poucos, a GM está abandonando mercados não-lucrativos para focar em regiões pontuais, como Estados Unidos, China, Coreia do Sul e Brasil. Em 2017, a fabricante vendeu as marcas Opel e Vauxhall para a Peugeot-Citroën.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana