conecte-se conosco


Política

Juca Filho pretende criar ‘Dia Municipal de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia’

Publicado

O vereador Juca do Guaraná Filho (Avante) apresentou o projeto “Dia Municipal de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia”. A proposta do parlamentar sugere que a data seja celebrada, anualmente, no dia 12 de maio, com ações voltadas a reflexão e conscientização do assunto.
A fibromialgia, problema crônico que espalha dores pelo corpo inteiro e atinge entre 2 e 3% da população brasileira, estima-se que 4,8 milhões de pessoas têm a doença, mas apenas 2,5% desse total recebem tratamento adequado. Por se tratar de uma doença recém-descoberta, a comunidade médica ainda não conseguiu concluir quais são suas causas. Entretanto, já está pacificado que a doença atinge em sua maioria as mulheres na faixa etária de 30 a 55 anos.
“Em algumas vezes a doença não é facilmente diagnosticada, por isso queremos incluir o debate sobre a fibromialgia no calendário oficial do município”, explica o parlamentar.
O projeto já está tramitando na Câmara Municipal de Cuiabá desde o dia 9 de maio e Juca Filho conta com o apoio dos pares (Vereadores da Câmara), para aprovação da lei.
Porquê o dia 12 de Maio ?
A data lembrar o aniversário de Florence Nightingale. Nightingale , ela foi uma enfermeira inglesa do exército que se tornou doente crónica, enquanto estava na linha da frente. Muitos dos seus sintomas eram semelhantes aos da Fibromialgia e SFC/EM. Ela melhorou a assistência médica militar e fundou a primeira Escola de Enfermagem, mas estava de cama nos últimos 50 anos da sua vida.

Elizângela Tenório | Câmara Municipal de Cuiabá

Leia mais:  Renivaldo Nascimento apoia Projeto mutirão de limpeza e “Cata-treco” no bairro dom aquino.

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Fonte: Câmara de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Política

CCJ aprova convite para Dallagnol explicar troca de mensagens com Moro

Publicado

por

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou hoje (18) um requerimento de convite ao procurador federal Deltan Dallagnol para que preste esclarecimentos sobre trocas de mensagens com o então juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, nas investigações da Operação Lava Jato. A data da sessão ainda não foi marcada.

Na avaliação do senador Ângelo Coronel (PSD – BA), autor do requerimento, o teor da troca de mensagens indica desvirtuamento das funções do procurador e também que o então juiz Sergio Moro extrapolou funções e desrespeitou deveres da magistratura. À época das mensagens, Moro era o juiz responsável por julgar réus alvo da operação, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso.

Brasília - Procurador Deltan Dallagnol em palestra no UniCeub sobre Democracia, Corrupção e Justiça: Diálogos para um País Melhor  (José Cruz/Agência Brasil)

Procurador Deltan Dallagnol deverá se explicar aos senadores sobre conversa com Sergio Moro – Arquivo/Agência Brasil

Sergio Moro

Amanhã (19), às 9h, a CCJ ouve Sergio Moro, que se colocou espontaneamente à disposição para se explicar.

Segundo a presidente do colegiado, senadora Simone Tebet (MDB-MS), a segurança na CCJ será reforçada. A senadora adiantou ainda que ministro terá 30 minutos para uma exposição inicial com direito a réplica e tréplica dos parlamentares.

As supostas conversas pelo aplicativo Telegram, entre Moro e Dallagnol, foram divulgadas no dia 9 pelo site de notícias The Intercept Brasil.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Leia mais:  Um ano após exonerar 460, Câmara de Cuiabá aumenta gastos com servidores
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana