conecte-se conosco


Polícia

Jovem infrator é preso por roubo no aniversário de 18 anos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um jovem infrator foi apreendido pela Polícia Civil na cidade de Colíder (650 km ao Norte), na quinta-feira (25), após roubo praticado na noite do dia anterior. Ele foi preso na noite que comemorava o aniversário de 18 anos.

O suspeito B. T. e outros cúmplices efetuaram disparos de arma de fogo na casa da vítima e ainda desferiram uma coronhada na cabeça da vítima, que teve da casa roubados aparelhos de celular e dinheiro.

O roubo foi comunicado na Delegacia e logo os investigadores passaram a realizar diligências, localizando o infrator na residência de familiares quando ele comemorava o aniversário de 18 anos.

O delegado Ruy Guilherme Peral informou que no dia dos fatos o jovem ainda tinha  17 anos, e a autuação leva em consideração a idade na data do crime. O jovem vai responder na forma de infracional pelo crime de roubo.

O delegado também sugeriu a internação provisória dele perante a reiteração de atos infracionais análogos aos delitos de roubo, furto, porte ilegal de arma de fogo e outros.

Leia mais:  Polícia Civil prende traficante que atuava em São José dos Quatro Marcos e região

Os celulares recuperados já foram entregues para as vítimas.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Polícia Civil prende pai por estuprar e engravidar a filha de 11 anos

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana