conecte-se conosco


Polícia

Jovem é detido por receptação de celular furtado em Confresa

Publicado

Assessoria PJC|MT

Um jovem de 19 anos foi autuado em flagrante por receptação de um aparelho celular furtado. A detenção foi realizada pela Polícia Judiciária Civil, no município de Confresa (1065 km a Nordeste).

Os  policiais civis descobriram que o telefone furtado no mês de agosto, da marca LG e modelo L80, estaria na posse de um homem identificado como C.S.C. O suspeito foi abordado no endereço de trabalho, na posse do celular furtado.

Na Delegacia de Polícia, C.S.C. assumiu ter adquirido o aparelho de uma pessoa, a qual não sabia o nome. Em checagem do IMEI do celular foi constato se tratar do aparelho furtado.

O jovem foi autuado em flagrante e responderá criminalmente por receptação. Já o telefone celular apreendido foi restituído para vítima.

Comentários Facebook
Leia mais:  Mulher é presa por receptação após ser flagrada com celular roubado na Capital
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Polícia Civil abre processo seletivo para Analista de Sistemas temporário

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana