conecte-se conosco


Esportes

Jovem de 14 anos ferido em incêndio no CT do Flamengo tem alta de hospital

Publicado


Cauan Emanuel, de 14 anos, foi um dos feridos no incêndio que atingiu o CT do Flamengo
Reprodução

Cauan Emanuel, de 14 anos, foi um dos feridos no incêndio que atingiu o CT do Flamengo

No fim da tarde desta segunda-feira (11), um dos três meninos que estavam internados desde o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, na madrugada de sexta-feira, recebeu alta e voltou para casa.

Leia também: Flamengo vai pagar salários de jogadores da base vítimas de incêndio em CT

O jovem Cauan Emanuel, de 14 anos, deixou o Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, após três dias internado. No domingo, o clube anunciou que ele tinha saído do Centro de Tratamento Intensivo – CTI e ido para o quarto. No incêndio ele teve ferimentos nas mãos e nos braços.

Cauan teve alta por volta das 17h, segundo a assessoria de imprensa do hospital. O garoto saiu por uma porta lateral, longe dos jornalistas que esperavam na entrada.

Ainda de acordo com o boletim emitido pelo Flamengo, Francisco Dyogo, atleta de 15 anos que está no mesmo hospital que Cauan, segue tendo dificuldades para respirar e ‘demanda ventilatórias de oxigênio’, apesar de apresentar melhora.

Leia mais:  Jornalista faz redução dos seios para que telespectadores “olhem para seu rosto”

Quem aspira mais cuidados no momento é Jhonata Ventura, de 15 anos, que teve 35% do corpo queimado. O boletim revela que o jovem teve melhora nos parâmetros respiratórios, estabilidade demodinâmica e sua sedação foi suspensa.

Leia também:  Fifa 19 remove Emiliano Sala de jogo em respeito à sua morte e legado; veja

O Flamengo também informou que as queimaduras de Jhonata não pioraram e que o menino não apresentou febre nas últimas 24 horas. Ele é o único que está internado no Hospital Pedro II, referência em queimados no Rio de Janeiro.


Cauan recebe os jogadores do Flamengo que foram visitar sobreviventes do incêndio no CT
reprodução/ twitter Flamengo

Cauan recebe os jogadores do Flamengo que foram visitar sobreviventes do incêndio no CT

Antes de receber alta, Cauan encontrou com os jogadores do Flamengo que foram ao hospital visitar os feridos. Willian Arão, Diego, Juan, Everton Ribeiro, Vitinho, Rhodolfo e Diego Alves estiveram presentes, além de outros jogadores.

O atleta ganhou uma camisa número 07 com seu nome e autografada. Segundo seu empresário, Vanderlei Nogueira, o garoto ficou feliz com a visita.

Leia mais:  “O ambiente que rodeia Lebron é tóxico”, diz Kevin Durant em crítica à imprensa

O elenco do time principal do rubro-negro se reapresentou hoje no Centro de Treinamentos visando a preparação para a semifinal da Taça Guanabara, contra o Fluminense. O jogo aconteceria no fim de semana, mas foi cancelado por causa do
incêndio que vitimou 10 atletas da base
e remarcado para a próxima quinta-feira (14), as 21h30.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

Publicado

por

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa: suas notas estão péssimas na escola e a diretora reclamou dizendo que você fez xixi no pátio. Eu me reuni com sua mãe e decidimos uma punição adequada. Não adiantou ficar trancado em casa por uma semana, nem não comer doce, nem perder seus brinquedos. Agora a coisa ficou séria. Você vai ter de ver o jogo todo do São Paulo . Os noventa minutos. Segundo por segundo.

– Esse castigo não, papai. Prefiro estudar matemática. Aquele Jucilei é muito ruim. Não quero. Buáááááááááááá. E o técnico. Tem o nome da minha sala. Jardim da infância.

– É Jardine, garoto. E ele saiu. Infelizmente. Com ele a tortura seria maior. Ainda bem que o Diego Souza continua, pelo menos isso. E tem mais, viu? No domingo você vai assistir o Corinthians . Completinho. Até os acréscimos.

Leia também: Cimatti – Você já voltou para sua escola?

Leia mais:  Klay Thompson bate recorde de bolas de três em vitória dos Warriors na NBA

– Mas, papi…

– Mas, nada. O Carille vai fechar o time pra você não dar uma risadinha. Retrancar mesmo. O Avelar na esquerda. Do jeito que eu gosto, como foi contra o Avenida, no quase vexame histórico. Parece que o Araos vai ser titular. Manoel e Henrique. E, se desgrudar os olhos da TV por um milésimo de segundo, eu tiro o videogame também.

– Aí já é demais.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL da derrota do São Paulo na Libertadores

– Fica quieto. Porque sábado tem o Palmeiras . Lucas Lima e Borja em campo. E outra: Deyverson fora. Não vai ter mau exemplo. Assim você não se inspira nele pra fazer bobagens na escola. Vai ver esse também.

– E o Santos , pai. Posso ver?

– Claro que não. Já disse: não é pra ter prazer. É pra sofrer. O Santos tem um técnico que gosta de jogar bola. Você não vai ver futebol. Vai ter sofrimento. É castigo, não centro de diversões.

Leia mais:  Khedira passa por cirurgia no coração e desfalca Juventus por um mês

Leia também: Jornal coloca Militão no Real Madrid

– Mas…

– Calado! Já pro quarto! Se reclamar mais ainda tem o Campeonato Carioca, o Mineiro, o Gaúcho. Vai ter de assistir Botafogo e Bangu. O Brasil inteiro de muita grossura e chutão.

– Buuuuuuuáááááááááááá. Buuuuuuuuááááááááá.

Olha aí, amor. Ainda reclama do castigo . Nem mandei ver o Guarani ou a Ponte Preta. Na próxima ele vai ter de assistir a coletiva de imprensa do Roger Machado. Sem mimimi e sem chororô. Aí vai ver o que é bom pra tosse.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana