conecte-se conosco


Carros e Motos

Jeep não terá SUV menor que o Renegade no Brasil, diz executivo

Publicado

source
Jeep Renegade arrow-options
Divulgação

Jeep Renegade mantém sua trajetória de sucesso e continuará sendo o menor modelo da marca no Brasil

O mercado brasileiro é desafiador e a FCA prepara uma nova investida no País. Já foram anunciados oficialmente novos investimentos no País, somando R$ 14 bilhões até 2024. Esse montante será usado para  a marca fazer 25 lançamentos nos próximos cinco anos. A  FCA não quis dar detalhes sobre as novidades, mas na lista deverão estar incluídos pelo menos dois SUVs.

LEIA MAIS: Segredo! VW prepara versão do VW T-Cross com jeito de cupê

Conforme a reportagem de iG Carros apurou, a FCA não terá um Jeep menor que o Renegade no Brasil.  Falamos com o Diretor de Design da FCA, Peter Fassbender, que também nos disse: “Fiat é Fiat, Jeep é Jeep, vamos preservar o Renegade e o Compass, de forma que um novo SUV não afete as vendas, mas complete o portifólio”.

Fiat Fastback arrow-options
Kleber Pinho da Silva

Novo SUV da Fiat con jeito de cupê deverá chegar às lojas até 2021 para compor a linha de utilitários esportivos da FCA

Leia mais:  Audi acaba de divulgar a curta-metragem do novo Homem-Aranha. Veja vídeo


Dentro desse contexto entra o Fastback, um SUV com ares e cupê cuja versão conceitual foi mostrada no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, em novembro último e bem aceito pelo público.  Fassbender também comentou que os SUVs com jeito de cupê fazem parte de uma nova tendência no mercado, mas que esse tipo de carro dificilmente será visto dentro da FCA com a marca Jeep. 

LEIA MAIS: Projeção antecipa como ficará o novo Hyundai HB20, que chega em outubro

Portanto, o Fastback está mesmo a caminho de ser fabricado, o que deverá acontecer até 2021. O novo modelo irá ser equipado com os novos motores FireFly turbo, entre os quais o 1.3, que rende 180 cv e 27,5 kgfm de torque no mercado europeu, mas que no Brasil deve ter ainda mais fôlego, uma vez que está sendo preparado para ser flex. Será o motor que irá substituir aos poucos o já antiquado 1.8 E.torQ, aspirado.

Fiat Crossover Adventure arrow-options
Kleber Silva

Fiat Crossover Adventure deve estar nos planos de lançamentos da marca no Brasil até 2024

Leia mais:  Land Rover revela linha 2020 do SUV Discovery Sport

A Fiat não quis comentar, mas além do Fastback outro modelo que deve estar incluído na lista dos 25 lançamentos dos próximos 5 anos é um SUV compacto da marca italiana conhecido por enquanto como Crossover Adventure. Trata-se de um modelo estratégico para tentar retomar o sucesso que a linha Adventure teve no passado no Brasil e hoje tem apenas a Strada (prestes a passar de geração) e a ultrapassada perua Adventure, que ainda continua sendo produzida, mas está prestes a sair de linha. Será maius simples que os modelos que a  Jeep vende atualmente no Brasil.


Projecões: Kleber Silva

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Yamaha revela criação elétrica que mistura de scooter, triciclo e patinete

Publicado

por

source

A Yamaha acaba de revelar um veículo que mistura moto, patinete e tricíclo. Com a filosofia da tecnologia Leaning Multi-Wheeled (LMW), o Tritown se baseia nas motos de três rodas apresentadas pela fabricante — como a Niken — por diversas vezes. Basta cutucar o guidão em uma direção ou outra para que a criação comece a se mover. Ou seja, praticidade e facilidade de dirigir são os seus maiores atributos. Os preços ainda não foram revelados e será voltado principalmente aos mercados da Europa e Japão.

LEIA MAIS: Comparamos os novos patinetes elétricos da Lime com os da pioneira Yellow

Yamaha Tritown arrow-options
Divulgação

Yamaha Tritown une as tecnologias desenvolvidas para as suas motos de três rodas com a micromobilidade

O triciclo da Yamaha possui um motor elétrico de 500 watts que recebe energia de uma bateria de íons de lítio de 380wh. Segundo a fabricante, o Tritown tem uma autonomia de até 32 km, com capacidade de ser recarregado por completo em menos de três horas. A velocidade máxima é de cerca de 25 km/h e pesa cerca de 40 kg. Mesmo que seja compacto, pode ser que não seja — apesar da proposta — tão fácil de ser levado no colo por aí.

Leia mais:  Audi acaba de divulgar a curta-metragem do novo Homem-Aranha. Veja vídeo

LEIA MAIS: Novas soluções de mobilidade geram debate sobre a necessidade do automóvel

Divisão de motos da BMW também investe na micromobilidade

BMW arrow-options
Divulgação

Outro patinete elétrico, desta vez que pode oferecer mais praticidade que o da VW: o BMW X2City

Entre outras marcas de motos, a BMW lançou, no início do ano, a nova geração do X2City, patinete elétrico , que pode chegar a 20 km/h e ser utilizado nas ciclovias europeias. A novidade já atende à nova legislação da Europa para esse tipo de veículo, por isso exige um impulso inicial de até 6 km/h para o motor elétrico entrar em funcionamento. Há, também, um pedal na que precisa ser pressionado algumas vezes para que a velocidade aumente. A autonomia é de 30 km.

LEIA MAIS: Conheça 5 apps de mobilidade no Brasil que valem a pena hoje em dia

De acordo com a BMW, uma carga completa no patinete leva cerca de duas horas e meia. E o veículo ainda oferece uma tomada USB para carregar o celular e conexão Bluetooth para futuros aplicativos. Já à venda na Alemanha, exige, tal como para as bicicletas elétricas , seguro e pode ser conduzido por quem tenha habilitação para pilotar ciclomotores. O preço é de 2.399 euros (cerca de R$ 10 mil), o que é certamente menos do que custará o crossoverzinho da Yamaha .

Leia mais:  Carglass lança serviço de reparo de funilaria epintura express

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana