conecte-se conosco


Carros e Motos

Jeep não terá SUV menor que o Renegade no Brasil, diz executivo

Publicado

source
Jeep Renegade arrow-options
Divulgação

Jeep Renegade mantém sua trajetória de sucesso e continuará sendo o menor modelo da marca no Brasil

O mercado brasileiro é desafiador e a FCA prepara uma nova investida no País. Já foram anunciados oficialmente novos investimentos no País, somando R$ 14 bilhões até 2024. Esse montante será usado para  a marca fazer 25 lançamentos nos próximos cinco anos. A  FCA não quis dar detalhes sobre as novidades, mas na lista deverão estar incluídos pelo menos dois SUVs.

LEIA MAIS: Segredo! VW prepara versão do VW T-Cross com jeito de cupê

Conforme a reportagem de iG Carros apurou, a FCA não terá um Jeep menor que o Renegade no Brasil.  Falamos com o Diretor de Design da FCA, Peter Fassbender, que também nos disse: “Fiat é Fiat, Jeep é Jeep, vamos preservar o Renegade e o Compass, de forma que um novo SUV não afete as vendas, mas complete o portifólio”.

Fiat Fastback arrow-options
Kleber Pinho da Silva

Novo SUV da Fiat con jeito de cupê deverá chegar às lojas até 2021 para compor a linha de utilitários esportivos da FCA

Leia mais:  Híbrido de US$ 3,6 milhões, Lamborghini Sián é revelado por completo


Dentro desse contexto entra o Fastback, um SUV com ares e cupê cuja versão conceitual foi mostrada no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, em novembro último e bem aceito pelo público.  Fassbender também comentou que os SUVs com jeito de cupê fazem parte de uma nova tendência no mercado, mas que esse tipo de carro dificilmente será visto dentro da FCA com a marca Jeep. 

LEIA MAIS: Projeção antecipa como ficará o novo Hyundai HB20, que chega em outubro

Portanto, o Fastback está mesmo a caminho de ser fabricado, o que deverá acontecer até 2021. O novo modelo irá ser equipado com os novos motores FireFly turbo, entre os quais o 1.3, que rende 180 cv e 27,5 kgfm de torque no mercado europeu, mas que no Brasil deve ter ainda mais fôlego, uma vez que está sendo preparado para ser flex. Será o motor que irá substituir aos poucos o já antiquado 1.8 E.torQ, aspirado.

Fiat Crossover Adventure arrow-options
Kleber Silva

Fiat Crossover Adventure deve estar nos planos de lançamentos da marca no Brasil até 2024

Leia mais:  Triumph Scrambler 1200 começa a vender no Brasil por R$ 59.990

A Fiat não quis comentar, mas além do Fastback outro modelo que deve estar incluído na lista dos 25 lançamentos dos próximos 5 anos é um SUV compacto da marca italiana conhecido por enquanto como Crossover Adventure. Trata-se de um modelo estratégico para tentar retomar o sucesso que a linha Adventure teve no passado no Brasil e hoje tem apenas a Strada (prestes a passar de geração) e a ultrapassada perua Adventure, que ainda continua sendo produzida, mas está prestes a sair de linha. Será maius simples que os modelos que a  Jeep vende atualmente no Brasil.


Projecões: Kleber Silva

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Triumph Tiger 900 é revelada com mais aptidão e modernidade que a 800

Publicado

por

source
Triumph Tiger arrow-options
Divulgação

Triumph Tiger 900: Nova bigtrail inglesa chega para elevar a dirigibilidade e a modernidade

A Triumph Tiger 900 é revelada em seis novas versões, para substituir o modelo 800. Confirmada para chegar no ano que vem — possivelmente ainda no primeiro semestre — a versão de entrada Standard começará mais cara que os R$ 43.190 do que o modelo atual. As outras cinco configurações são a Tiger 900 GT, 900 GT Low, 900 GT Pro, 900 Rally e 900 Rally Pro, em ordem de preços e equipamentos. Enquanto as GT são voltadas para o asfalto, as Rally preferem o off-road.

LEIA MAIS: Triumph Bobber Black é eleita a melhor moto custom do Brasil

Entre as principais novidades, destacam-se o novo desenho do farol duplo em LED — que lembra a Street Triple RS lançada em outubro — assim como o novo visual do bico e da carenagem lateral. Entre outras mudanças, estão um novo assento, um pouco mais estreito, além do guidão mais recuado em 10 mm, o que ajuda o condutor da nova Triumph Tiger a manusear a moto com mais conforto e se equilibrar melhor quando de pé.

Leia mais:  Peugeot lança 2008 reestilizado a partir de R$ 69.990. E mostra retoques no 3008

Conjuntos mecânicos e estruturais

Triumph Tiger arrow-options
Divulgação

Traz novo motor, novos componentes estruturais, peso reduzido e novas possibilidades de condução

O seu motor é totalmente novo. Com três cilindros e 888 cc, gera 95,2 cv e 8,87 kgfm (ante 95 cv e 7,86 na 800, ainda à venda no Brasil. Apesar das diferenças entre as versões, todas oferecem seletor de modo de condução. A versão básica da Tiger 900 permite escolher entre ‘Rain’ e ‘Road’, enquanto as opções GT adicionam ‘Sport’ e as Rally ganham o ‘Off-Road’. A GT Pro ainda traz uma opção configurável, e a Rally Pro tem o modo exclusivo ‘Off-Road Pro’.

LEIA MAIS: Nova trail KTM 250 Adventure é revelada na Índia e pode vir ao Brasil

Fabricado com uma treliça de aço modular de baixo peso, junto com a adoção de um bloco mais leve para o motor, resultaram em uma perda de 7 kg. O tanque de combustível da bigtrail aumentou de 19 litros para 20 litros, bem como a sua altura máxima em 2 cm. Enquanto as versões Standard e GT vêm com rodas de liga leve de 19 polegadas na frente e 17″ na traseira, as Rally trazem rodas raiadas, com 21 polegadas na dianteira.

Já os freios, por sua vez, estão na versão de entrada um par Stylema 4, com quatro pistões e discos de 320 mm na roda dianteira, com pistão único e disco de 255 mm na traseira, combinado ao sistema ABS. As versões GT e Rally têm o mesmo conjunto, mas com ABS otimizado para curvas. Entretanto, ao invés de também serem Stylema, são da italiana renomada Brembo.

Leia mais:  Novo Chevrolet Tracker é visto durante testes em São Paulo. Chega em 2020

LEIA MAIS: Trail Royal Enfield Himalayan traz novas cores e equipamentos na linha 2020

Migrando para a suspensão, é composta por bengalas de 45 mm na frente e com 177 mm de curso, enquanto a traseira é monoamortecida, com 186 mm de curso. As GTs passam a ter compressão e retorno ajustáveis para os amortecedores. Enquanto isso, as Triumph Tiger Rally são equipadas com Showa, com 238 mm de curso na frente e 228 mm na traseira.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana