conecte-se conosco


Polícia

Irmãos acusados de integrar facção criminosa são detidos com armas e munições em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois irmãos, um deles menor de idade, foram detidos em poder de armas de fogo e objetos de origem ilícita, na terça-feira (21.05), em ação desencadeada pela Polícia Civil de Sorriso (442 km ao Norte). O suspeito, Vandeillton Gomes da Cruz, 19, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições e receptação. O menor, J.C.M.C., 17, responderá por atos infracionais análogos aos mesmos crimes.

As investigações iniciaram após os policiais da Divisão de Roubos e Furtos da Delegacia de Sorriso receberem informações sobre dois jovens que estavam transportando uma televisão de 60 polegadas, no bairro São Domingos. Imediatamente a equipe de investigadores saiu em diligências, conseguindo localizar os suspeitos já em sua residência.

Em buscas na casa, os policiais encontraram a televisão que deu base à denúncia, duas armas de fogo, sendo uma calibre 38 e outra calibre 32 com numeração raspada, 07 munições calibre 38, 04 munições calibre 32 (03 intactas e uma deflagrada), além de videogame, capacetes, celulares, faca, relógio e R$ 150 em dinheiro.

Leia mais:  Operação da Decon e Procon Municipal apreende produtos falsificados em loja da Capital

Segundo o delegado André Eduardo Ribeiro, os irmãos possuem passagens anteriores por crimes de tráfico de drogas e eram alvo de investigação da Polícia Civil de Sorriso. “Os suspeitos foram identificados como integrantes de uma facção criminosa e atuam com violência e grave ameaça, sempre em posse de armas de fogo”, disse o delegado.

Diante das evidências, foi lavrado o flagrante contra os irmãos que responderão por posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e de uso permitido e por receptação.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

COMUNICADO: Central de Ocorrências, DHPP, Decon e Derf Cuiabá estão sem internet

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Devido a rompimento de cabo de fibra ótica da empresa de telefonia OI, as seguintes unidades da Polícia Judiciária Civil, Central de Ocorrências, Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá estão sem acesso à internet.

O rompimento ocorreu no início da noite de terça-feira (18) e sem internet, as unidades ficam impossibilitadas de confeccionar boletins de ocorrências e realizar consultas nos sistemas de Segurança. Técnicos da concessionária de telefonia já estão trabalhando para restauração da fibra, para o retorno mais breve dos serviços prestados pelas unidades prejudicadas.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Poconé
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana