conecte-se conosco


Entretenimento

Irmã de Emilly Araújo teria apanhado em praia do RN após causar confusão

Publicado

Nesta segunda-feira (07), uma polêmica envolvendo a irmã gêmea de Emily Araújo, Mayla, ganhou espaço nas redes sociais. A gaúcha que participou da 17ª edição do “BBB” teve vídeos de seu réveillon na Praia da Pipa, no Rio Grande do Norte, divulgados pelo perfil de fofocas Rainha Matos. Nas imagens, a sister leva uma surra de uma moça em plena praia.

Leia também: Emilly Araújo explica por que está solteira:“Não achei ninguém bom o suficiente”


Mayla, irmã de Emilly Araújo leva surra na praia por causa de pretendente
Reprodução Instagram

Mayla, irmã de Emilly Araújo leva surra na praia por causa de pretendente

Segundo noticiou o perfil de fofocas no Instagram, a irmã de Emily Araújo teria jogado um copo de bebida no rosto de uma moça que, supostamente, deu em cima de um rapaz que a ex-integrante do reality estava interessada. 

Leia também: Emily Araújo do “BBB17” arma barraco ao defender namoro de irmã com bilionário

O vídeo publicado pela página mostra o momento em que a moça corre atrás de Mayla na praia e a puxa pelos cabelos. Segundo o perfil da Rainha Matos no Instagram , a gaúcha foi jogada no chão e levou várias bofetadas. Ainda de acordo com o perfil, o vídeo da surra não foi divulgado na íntegra porque a moça que bateu na ex-BBB não quer se expor.

Leia mais:  Unindo rock a marchinhas carnavalescas, banda Velhas Virgens monta bloco de rua


Vídeo em que Irmã de Emilly Araújo apanha na praia foi divulgado no Instagram
Reprodução Instagram

Vídeo em que Irmã de Emilly Araújo apanha na praia foi divulgado no Instagram

A vida após BBB


Irmã de Emilly Araújo vai para o Marrocos
Reprodução Instagram

Irmã de Emilly Araújo vai para o Marrocos

Apesar de ter integrado o reality show da Rede Globo junto com sua irmã, Mayla não conquistou tanta fama. Fora da casa antes da reta final da competição, ela viu sua irmã sagrar-se campeão da 17ª edição do programa. 

Leia também: Emilly Araújo impressiona com cinturinha ao posar de biquíni

Mesmo não saindo vitoriosa do programa de televisão, a irmã de Emily Araújo consegue desfrutar de regalias e luxos conquistados a partir da exposição da atração. Recentemente, por exemplo, ela compartilhou uma foto em suas redes sociais, em um avião particular, usando um lenço e com os dizeres: “Partiu Marrocos”. O iG Gente tentou contato com a assessoria da ex-BBB, mas não houve resposta até o momento da publicação desta nota.

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

O outro lado de Casanova

Publicado

por

IstoÉ

A fama atual do aventureiro veneziano Giacomo Girolamo Casanova (1725-1798) foi ter seduzido milhares de mulheres e dezenas de homens. Trata-se de uma glória póstuma, adquirida com a “História da minha vida”, memórias publicadas postumamente entre 1822 e 1825, em 28 volumes. Elas se tornaram uma das obras mais populares do Ocidente, por suas histórias libidinosas e peripécias impensáveis, não raro inventadas.

Leia também: Fabricio Carpinejar examina vida a dois nos tempos digitais em novo livro

casanova
Reprodução/IstoÉ

Retrato de Giacomo Casanova em 1760 aos 35 anos, por seu protetor, o pintor Anton Raphael Mengs: gênio sedutor


O historiador americano Laurence Bergreen apresenta um retrato mais realista na biografia “Casanova: a vida de um gênio sedutor” (editora Objetiva). O livro fez sucesso ao ser lançado nos Estados Unidos em 2016, por causa da profusão de detalhes, do humor e da revelação de detalhes ignorados. “Decidi escrever sobre Casanova porque era Casanova ”, afirma Bergreen à ISTOÉ. “Excêntrico, carismático, vivendo a vida em abandono selvagem.”

Durante a investigação, que o levou a seguir os rastros que o biografado deixou em Veneza, Praga e Paris, Bergreen descobriu que ele conquistou 122 mulheres em vez de milhares, como disse, entre outras confissões. “Ele até poderia ter exagerado mais”, diz. “Mas os registros comprovam que foi o que disse que foi. Ele manteve contatos amorosos, como mostra a sua correspondência. Temos de confiar em suas memórias, mesmo que sejam subjetivas.”

Leia mais:  Na esteira de Camila Cabello, Normani Kordei  quer espaço no mercado fonográfico

Matemático

O livro de 480 páginas narra como o filho de um ator e de uma soprano, Zanetta, conquistou os nobres de Veneza, onde os cidadãos costumavam se fantasiar o ano todo, mesmo em cerimônias oficiais. Brilhou como literato e padre. Na sacristia onde rezava a missa, deu início às escapadas amorosas. Ficou famoso pela simpatia, imponência (media 1,90 metro) e inteligência, apesar de feio.

Tornou-se especialista de trapacear nas cartas e fugir de prisões. Entre seus troféus, consta o de ter sido o único ser humano a ter escapado das masmorras do Palácio Ducal de Veneza em 1755, onde estava preso por dissolução de costumes e — acusação mais grave — uma crítica negativa que fez estampar em um jornal sobre uma soprano que era amante do Doge.

Leia também: Almodóvar brinca com os limites da autoficção no lindo e delicado “Dor e Glória”

casanova
Reprodução/IstoÉ

“Seus lugares favoritos no mundo eram os bordéis e as bibliotecas” Laurence Bergreen, biógrafo e historiador

Também trabalhou como proxeneta. Em 1753, quando morava em Paris, envolvia-se com todo tipo de mulher. Encantou-se tanto pelas formas de Louise O’Murphy, uma “maltrapilha imunda” de 13 anos, que encomendou um retrato dela nua a François Boucher. Seu objetivo era mostrá-lo a Luís XV. O rei se encantou por Louise e tomou-a como amante, não sem favorecer o intermediário. Logo o monarca a expulsaria do palácio de Versalhes por causa da língua afiada.

Leia mais:  Ethan Hawke desenvolve filme sobre crise existencial com produtores brasileiros

Leia também: Problemas nos bastidores contribuíram para percepção negativa de “Fênix Negra”

Mas o sexo para Casanova resultava em força criativa. “Foi também um gênio da literatura, da psicologia e da matemática”, afirma Bergreen. “Mestre da autopromoção, criou a loteria francesa, utilizada até hoje.” E revelou-se uma das primeiras celebridades europeias. “Ele encarnou o espírito da liberdade, da libertinagem e da revolução”, diz. “O Iluminismo pode ser chamado também de a Era de Casanova”. 

Ficha Técnica

Editora Objetiva

480 páginas

Autor: Laurence Bergreen

Tradutor: Cassio Arantes de Leite

Preço sugerido: R$ 109

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana