conecte-se conosco


Polícia

Investigações da Polícia Civil resultam na apreensão de armas, dinheiro e cartões do Bolsa Família

Publicado

Na ação, foi dado cumprimento a dois mandados de busca e apreensão domiciliar, sendo uma mulher conduzida a delegacia e autuada em flagrante pelos crimes de receptação e posse ilegal de arma de fogo e munições.Uma investigação para apurar crimes de agiotagem e posse ilegal de arma de fogo, conduzida pela Polícia Judiciária Civil, através da 1ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande (1ªDP-VG), resultou na apreensão de duas armas de fogo, munições, além de mais de R$ 5 mil em dinheiro, notas promissórias e diversos cartões do Programa Social Bolsa Família.

As investigações iniciaram após o recebimento de denúncias contra dois suspeitos que estariam envolvidos com crimes de tráfico de drogas, agiotagem e posse ilegal de arma de fogo.

Com base nas informações levantadas, o delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, representou pelos mandados de busca e apreensão domiciliar contra os investigados, os quais foram deferidos pela 4ª Vara Criminal de Várzea Grande.

Em um dos endereços alvo da investigação, no bairro Canelas, a equipe da 1ª DP-VG os policiais apreenderam um revólver calibre 38, com seis munições, uma pistola calibre 380 com 15 munições, diversas munições de diferentes calibres, R$ 5mil em notas de R$ 100, além de várias notas promissórias e cartões do “bolsa família”.

Leia mais:  Quatro pessoas são presas pela Polícia Civil em boca de fumo no bairro Lixeira na Capital

No momento do cumprimento das buscas, o suspeito não estava em casa, porém a sua esposa alegou ter conhecimento das armas e munições na residência. Diante das evidências, a suspeita foi conduzida a delegacia onde foi autuada em flagrante por receptação e posse ilegal de arma de fogo e munições

Segundo o delegado, Guilherme Fachinelli, os cartões estavam em poder do investigado, em decorrência do crime de agiotagem. “O dinheiro era emprestado as vítimas, que deixavam os cartões como garantia dos pagamentos”, explicou o delegado.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeitos manipulando entorpecentes que seriam comercializados em Várzea Grande

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

 

Em mais uma ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), prendeu quatro pessoas que atuavam com o comércio de entorpecentes em Várzea Grande. Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na apreensão de porções de maconha e pasta base de cocaína e também de apetrechos relacionados ao tráfico.

A jovem Karina Letícia dos Santos, 19 e os suspeitos, Thiago da Silva Cruz,19, Altivan Calvario de Barros, 28, e Rafael Venicius Cruz Leite, 26, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As diligências iniciaram logo que os policiais da DRE receberam informações sobre uma residência no bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande, em que pessoas estariam manipulando entorpecentes. Em monitoramento do endereço, os policiais constataram a veracidade da denúncia, sendo visualizado os quatro suspeitos na área dos fundos da casa.

Diante das evidências, os investigadores entraram na casa, onde foram apreendidas várias porções de pasta base de cocaína que eram manipuladas pelos suspeitos, além de diversos materiais para preparo do entorpecente, como ácido bórico, uma panela com farelos da substância, e talheres com resquícios da droga.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de autores de latrocínio que vitimou empresário na Capital

Na área da casa, também foi encontrado balança de precisão e envelopes plásticos utilizados para embalar o entorpecente, sendo dado voz de prisão aos quatro suspeitos que estavam no local. Em continuidade as diligências, os policiais seguiram para outros endereços indicados pelos suspeitos, em que estariam guardadas outras porções de drogas.

Em uma distribuidora, no bairro Santa Luzia, de propriedade de Altivan, foi apreendido mais um pedaço de pasta base de cocaína, dinheiro e envelopes plásticos para embalar a droga e na residência de Rafael, no bairro Jardim Alá, Várzea Grande, foi realizada a apreensão de uma porção de maconha.

No final dos trabalhos, os suspeitos foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana