conecte-se conosco


Brasil / Mundo

Invenção possibilita cultivar abelhas e produzir mel dentro de casa

Publicado

Apicultura interna não é resultado de uma tecnologia muito complexa, mas sim de uma boa ideia. Entenda como funciona

Responsáveis por um terço de todo alimento produzido no planeta, em 2018 as abelhas foram consideradas os seres vivos mais importantes da Terra.

Entretanto, entre as centenas de consequências desastrosas da ação do homem, está o desaparecimento dos polinizadores. Uma iniciativa que pode nos ajudar a produzir mel dentro de casa e ainda lutar em prol destes animais são os equipamentos de apicultura interna.

A apicultura existe desde o início da existência humana, e o fato é que a prática não precisa se limitar apenas a campos ou fazendas. Com esta invenção, você pode criar abelhas dentro de um apartamento, acredite se quiser! A apicultura interna não é resultado de uma tecnologia muito complexa, mas sim de uma boa ideia.

Porém, apesar da democratização da apicultura, é preciso estar ciente da responsabilidade que é ter uma colméia em casa.

Além das questões legais, já que alguns países proíbem a prática, existem todos os cuidados. A coisa mais importante a fazer é garantir que as abelhas obtenham um ambiente saudável e confortável, livre de ruídos, poluentes e produtos químicos.

Leia mais:  Ação conjunta das PMs de Mato Grosso e São Paulo leva à captura de ex-cabo

Apicultura interna requer alguns cuidados

Hypeness

Apicultores profissionais também garantem que, uma das maiores preocupações é que, muitas pessoas desistem de produzir o mel e acabam abandonando a colméia em qualquer lugar – o que pode ser uma ameaça a outras colméias. Colméias que foram negligenciadas geralmente se tornam uma fonte de infecção para colônias vizinhas, podendo causar danos à pessoas e animais dentro do bairro. É sempre aconselhável doá-la para alguém que esteja interessado em manter as abelhas.

Fora todas estas implicações e responsabilidades, produzir o próprio mel é o sonho de todo apaixonado pelo produto. Por meio desta invenção, isto não somente é possível como mais simples do que você algum dia já imaginou!

Comentários Facebook
publicidade

Brasil / Mundo

Após 30 anos, Collor pede desculpas por confisco da poupança

Publicado

por

O ex-presidente Fernando Collor de Mello (Pros-AL) pediu perdão nesta segunda-feira (18) pelo confisco de saldos de cadernetas de poupança e contas correntes em março de 1990. Pelo Twitter, o agora senador disse que acreditou que as medidas radicais poderiam conter a inflação.

O pedido de desculpas acontece mais de 30 anos após o anúncio do Plano Collor 1, em 16 de março de 1990. “Acreditei que aquelas medidas radicais eram o caminho certo. Infelizmente errei. Gostaria de pedir perdão a todas aquelas pessoas que foram prejudicadas pelo bloqueio dos ativos”, escreveu.

Collor disse que o objetivo central de sua equipe era conter a hiperinflação de 80% ao mês e que não via alternativa viável na época. A situação econômica do país, segundo ele, prejudicava os mais pobres e as “pessoas estavam morrendo de fome”.

“Era uma decisão dificílima. Mas resolvi assumir o risco. Sabia que arriscava ali perder a minha popularidade e até mesmo a Presidência”, diz a publicação. “Quisemos muito acertar. Nosso objetivo sempre foi o bem do Brasil e dos brasileiros.”

Leia mais:  Senado já tem mais de 230 emendas ao texto da reforma da Previdência

Nas últimas semanas, o ex-presidente tem reforçado sua presença nas redes sociais e abriu espaço para internautas enviarem perguntas. “Respondo toda e qualquer questão, mas o volume tá muito grande e vou aos poucos.”

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana