conecte-se conosco


Cidades

Institutos Federais lideram escolas públicas em MT nas notas do Enem

Publicado

Apesar de não estarem entre as 10 melhores escolas de Mato Grosso, os institutos federais, escolas custeadas pelo governo federal, se destacaram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre as instituições públicas no estado. Das 10 melhores escolas públicas, apenas duas não são institutos federais, segundo os resultados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC).

A primeira escola pública irá aparecer no ranking mato-grossense no 21º lugar. É o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte da Capital), que teve média de 569,67 na prova objetiva e 645,67 na redação. Porém, na classificação nacional a instituição fica em 1.939º.

Em segundo entre as escolas pública fica o IFMT Cuiabá, campus Bela Vista, com nota 562,87 na prova objetiva e 706,07 na redação. Logo depois vem o IFMT Cuiabá campus Centro com 260,17 na prova objetiva e 708,92 na redação.

Também constam na lista das 10 melhores escolas públicas – segundo a nota do Enem 2019 – os IFMTs de Sinop, Guarantã do Norte, Rondonópolis, Sorriso e Tangará da Serra.

Leia mais:  Prefeito entrega praça no bairro Grande Terceiro

As duas escolas que não fazem parte da rede federal e entram no top 10 são as escolas estaduais militares de Juara e Sorriso. A Escola Estadual Militar Cabo Israel Wesley Prado de Almeida, em Juara, inscreveu menos de 30 alunos no Enem e teve nota 550,19 na prova objetiva e 658,57 na redação.

Já a Escola Estadual Cabo Antônio Dilceu da Silva Amaral inscreveu de entre 31 a 60 alunos e ficou em 40º no estado, com 543,88 na prova objetiva e 635,24 na redação.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Forças Armadas transportam equipes para conter focos de incêndios no Pantanal

Publicado

Brasília (DF), 06/08/2020 – O Ministério da Defesa, por meio de militares das Forças Armadas, prossegue no combate a incêndio que atinge o Pantanal de Mato Grosso do Sul. Em parceria com agências federais e estaduais, integrantes da Marinha, Exército e Aeronáutica também empregam aeronaves que transportam brigadistas e despejam água, durante os sobrevoos, para conter as chamas.

Nesta quarta-feira (05), foi realizado o transporte de pessoal para combate de focos de incêndio na região de Corumbá. A ação ocorreu com apoio do helicóptero HM-1, do Exército, na área de atuação do 6º Distrito Naval, localizado em Ladário (MS). Além disso, teve início o deslocamento do Centro de Coordenação da Operação para as localidades de Cuiabá e Poconé, ambas no estado mato-grossense, com o apoio da aeronave da Força Aérea Brasileira C-105.

Operação Pantanal
As Forças Armadas atuam, desde o dia 25 de julho, no combate a incêndio no Pantanal sul-mato-grossense. O Ministério da Defesa atende à solicitação recebida em 24 de julho, do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, que decretou também estado de emergência.

Leia mais:  Prefeito entrega praça no bairro Grande Terceiro

Para a execução da operação, a Defesa estabeleceu um Centro de Coordenação no Comando do 6º Distrito Naval, no município de Ladário, Mato Grosso do Sul. Participam da operação helicópteros da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de brigadistas, conforme as necessidades.

Por Tenente Fraga

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana