conecte-se conosco


Cidades

Instituição de ensino aposta em projeto para estimular habilidades cognitivas e protagonismo juvenil

Publicado

A ideia é aprimorar as relações interpessoais e, principalmente, aumento da participação dos pais na formação integral dos estudantes.

A Escola Estadual Plena Antônio Epaminondas (EPA), em Cuiabá, se dedica ao Projeto Escola Para a VidaDesenvolvendo as competências socioemocionais – disponível para todos os estudantes.

A proposta é estimular o desenvolvimento de habilidades cognitivas, socioeducativas e socioemocionais. Essa motivação irá contribuir para a ampliação da autonomia dos jovens protagonistas. Além disso, a ideia é aprimorar as relações interpessoais e, principalmente, aumento da participação dos pais na formação integral dos estudantes. A ação visa também fomentar o desenvolvimento da inteligência emocional e sua relação intrapessoal.

O projeto será desenvolvido quinzenalmente no período vespertino, quatro horas diárias. Os estudantes recebem pelo WhatsApp um roteiro semiestruturado com as orientações para que cada um possa ser a protagonista da sua tarde de aprendizagem.  Os alunos sem acesso à internet recebem o material impresso.

O roteiro contém também o passo-a-passo que propiciará o desenvolvimento das competências socioemocionais. Para isso, os professores elaboram materiais que discutem temas transversais (um assunto estudado em diversas disciplinas) contemporâneos, para serem aprofundados e registrados pelos estudantes. Com isso, poderão ser debatidos em casa com os familiares e posteriormente com os professores tutores.

Leia mais:  Pinheiro lamenta falecimento do conhecido pediatra Dr. José Fernando Vinagre

Entre os temas agendados estão: como montar sua rotina de estudo em casa; como cuidar da saúde durante a pandemia; o que é comunicação não violenta e estratégias para a prática da comunicação não violenta.

Segundo a orientadora de área, Deborah Moreira, o compromisso da Escola Antônio Epaminondas é com o desenvolvimento integral dos alunos e, por causa da mudança no formato de ensino pode estar impactando diretamente a saúde mental estudantes. Diante do cenário, Deborah e os demais orientadores, Eronaldo Valles, Thereza Helena propuseram a execução do projeto, aprovado pela equipe gestora.

“O projeto está sendo desenvolvido por meio de metodologias ativas, incentivando a autonomia para que os estudantes seja o sujeito ativo de sua aprendizagem”, salienta Deborah.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  16 mil candidatos participam de concurso para 2,2 mil vagas na Secretaria de Educação de Cuiabá neste domingo (16)

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Estátua será recolocada na Praça 8 de Abril e mural será refeito

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana