conecte-se conosco


Tecnologia

Instagram Stories: como mandar fotos que somem depois de visualizadas?

Publicado

Você já quis mandar uma foto ou vídeo para alguém, mas não deixar esse conteúdo ser visto mais de uma vez pela mesma pessoa? Para quem não lembra, esse recurso “quem viu, viu” era um dos diferenciais do Snapchat, mas também está disponível pelo Instagram Stories. 

Instagram Stories
shutterstock

Quer saber como enviar uma mídia que não pode ser visualizada mais de uma vez? Pelo Instagram Stories isso é possível


Apesar da rede social não permitir essas histórias de visualização única — também chamados de “autodestrutivos” por causa do símbolo de bomba que aparece na hora de enviar — direto pelo perfil, é possível usar a funcionalidade do Instagram Stories pelo direct. 

Assim, quando você envia a mídia “autodestrutiva”, ela é vista e excluída automaticamente sem deixar nenhum rastro na sua conversa. Quer aprender como enviar essas fotos e vídeos temporários? Veja no tutorial: 

Enviando fotos “autodestrutivas” no Instagram Stories

Instagram Stories
Reprodução/Instagram

As imagens ‘autodestrutivas’ enviadas pelo Instagram Stories não permitem que o conteúdo seja visto mais de uma vez

1. Primeiro, selecione o ícone de mensagens diretas na tela inicial do seu aplicativo do Instagram para escolher o contato que irá receber sua mídia “autodestrutiva”; 

Leia mais:  Lançamento: Lenovo Z6 Pro terá quatro câmeras traseiras

2. No campo de mensagem, toque sobre o ícone da câmera para tirar uma foto ou gravar um vídeo na hora. Caso queira enviar uma foto que já está salva na sua galeria, basta deslizar a tela para cima e acessar as imagens do celular;

3. Na parte inferior da tela, vão aparecer diferentes opções de enviar. Arraste para o lado até chegar no símbolo de bomba, onde está escrito “ver uma vez”. Clique no botão “enviar”. 

É importante lembrar que em qualquer imagem na história  , você pode personalizar com gifs e filtros. Além disso, o registro da imagem aparece na conversa com o ícone de bomba para identificar que aquele conteúdo só poderá ser visto uma vez. 

Outras alternativas do Instagram Stories

Instagram Stories
Reprodução/Instagram

Outras funções do Instagram Stories permitem que o conteúdo fique fixo na conversa ou seja visualizado várias vezes

Ao arrastar para o lado até a opção “ver uma vez”, é possível visualizar outras duas alternativas para enviar histórias aos seus amigos: o “permitir repetição” e o “manter no bate-papo”.

Leia mais:  Qual a melhor maneira de economizar a bateria do celular?

No primeiro caso, como o próprio nome diz, o destinatário vai conseguir repetir a foto que você enviou pelo Instagram Stories mais de uma vez, mas só funciona por tempo limitado. Já no caso de manter no bate-papo, o app permite que a miniatura da mídia compartilhada fique fixa na conversa, mesmo que já tenha sido vista antes. 

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Medo de vazamento de dados na internet é o maior em dez anos, diz levantamento

Publicado

por

vazamento de dados
Creative Commons

Brasileiros temem cada vez mais vazamento de dados íntimos


A preocupação com a segurança de dados em 2019 atingiu o maior patamar dos últimos dez anos. A conclusão é de um levantamento global chamado Índice de Segurança da Unisys, em referência à empresa autora do estudo. Em 2009, o índice estava em 119 e neste ano passou para 175, um aumento de quase 50%. Em relação ao ano passado, contudo, o aumento foi de dois pontos, de 173 para 175.

Leia tambem: Criptografia de ponta a ponta protege chat no WhatsApp; mas como funciona?

O temor crescente em relação a possíveis vazamentos de dados pessoais na internet vêm concomitantes ao caso do ataque hacker às mensagens privadas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e procuradores ligados às investigações da Lava Jato. Desde do último dia 9, o site Intercept Brasil tem soltado supostos trechos de conversas entre o ministro do governo Bolsonaro e atores centrais nas investigações que culminaram na prisão do ex-presidente Lula, entre outros políticos e empresários.

Leia mais:  Afinal de contas, o Telegram é seguro?

Leia também: Afinal de contas, o Telegram é seguro?

O Índice de Segurança da Unisys é uma pesquisa feita anualmente para medir o sentimento de usuários de tecnologias digitais em relação à segurança da informação e hábitos relacionados ao tema. Para o relatório deste ano, foram entrevistadas 13 mil pessoas de diversos países, entre eles o Brasil.

As preocupações manifestadas envolvem diversas áreas, como o roubo de documentos, a contaminação de computadores e smartphones por vírus, o vazamento de dados por bancos e sites de comércio eletrônico e aspectos de segurança nacional. A área com mais risco apontado foi a de fraudes em transações bancárias (índice de 180, contra 175 da média).

“Enquanto o desenvolvimento tecnológico em fintechs inteligentes [empresas de tecnologia que oferecem soluções financeiras] trouxe novas soluções convenientes bancárias e de pagamento para os consumidores em todo o globo, a segurança parece permanecer uma área de alto receio entre os consumidores”, avaliou o relatório.

Medo dos brasileiros

A preocupação dos brasileiros ficou um pouco acima da média mundial, com índice de 190. O Brasil ficou atrás de outros cujos entrevistados manifestaram maior receio sobre o uso de seus dados, como Malásia (211), Chile (212), México (213), Colômbia (220) e Filipinas (234).

Leia mais:  Guarda suas fotos no Flickr? Cuidado: elas poderão ser deletadas no mês que vem

Leia também: Como funciona a privacidade de apps como Telegram e WhatsApp?

A apreensão sobre o vazamento de dados foi menor em países europeus, como Holanda (115) e Alemanha (123). A inquietação aqui foi a segunda que mais subiu em relação ao ano anterior (+ 5 pontos), ficando apenas atrás da Holanda (+ 6 pontos).

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana