conecte-se conosco


Agricultura

Inscrições para participar da Iran Agrofood 2019 vão até o dia 21

Publicado

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) está promovendo missão comercial ao Irã para participar da feira Iran Agrofood 2019, que ocorrerá de 18 a 21 de junho, em Teerã.

A Iran Agrofood é a principal feira do setor agrícola do Irã e completa 26 anos de existência neste ano. O evento oferece uma plataforma de negócios ideal tanto para exportadores estrangeiros quanto para importadores iranianos.

A feira ocorre simultaneamente à Iran Food+BevTec, Iran Bakery+ Confectionery, Iran Food Ingredients e Iran Food+Hospitality. No ano passado, 1.225 expositores de 29 países e mais de 40 mil visitantes participaram desses eventos que oferecem oportunidades de contatos comerciais, de negócios e abertura de mercados.

Na edição de 2018 o Pavilhão Brasil teve 11 empresas expositoras de diferentes setores, tendo sido realizadas mais de 485 negociações durante a feira, movimentando US$ 5,6 milhões em negócios fechados e com expectativa de mais US$ 27,6 milhões nos 12 meses seguintes.

Leia mais:  Produtores de florestas plantadas querem mais recursos no Plano Safra

As empresas brasileiras que forem selecionadas para participar da Iran Agrofood 2019 como expositoras contarão com estrutura completa, incluindo recepcionistas bilíngues, catálogo institucional e mobiliário para preparação e exposição de produtos, bem como para reunião com potenciais compradores. Podem se inscrever empresas da indústria de alimentos e bebidas, comerciais exportadoras, tradings, entidades setoriais e cooperativas para a promoção exclusiva de produtos brasileiros.

As inscrições vão até o próximo dia 21 de abril. Para mais informações sobre como participar acesse o site:

 

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
publicidade

Agricultura

O Boletim do Leite do Cepea de abril está disponível em nosso site!

Publicado

por

Nesta edição, confira:

Valorização do leite no campo perde intensidade

O preço do leite ao produtor na “Média Brasil” líquida acumulou alta real de 18,9% no primeiro trimestre de 2019. As consecutivas elevações estiveram atreladas à limitação da oferta no campo e à maior competição das indústrias para garantir a compra de matéria-prima. Leia mais. 

 

Consumo retraído pressiona valor do UHT

Apesar das altas do preço do leite no campo em março, as cotações dos derivados recuaram no mercado atacadista de São Paulo no mês passado. O valor médio do leite UHT no período foi de R$ 2,4196/litro, queda de 1,18% frente ao do mês anterior, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IPCA de março/19). Porém, em comparação com o mesmo mês do ano passado, o preço do UHT registrou ligeira alta de 0,58%. Leia mais. 

 

Queda na importação de lácteos reduz déficit da balança comercial 

Com recuo de 36,5% no volume total importado de lácteos, o déficit da balança comercial em março/19 atingiu 72,8 milhões de litros em equivalente leite, abaixo dos 121 milhões de litros registrados no mês anterior. As compras brasileiras totalizaram quase 81 milhões de litros em equivalente leite, marcando o menor volume desde março/18. A importação do leite em pó, que representou 65% do volume total, caiu 48% em relação a fev/19, equivalente a 52,9 milhões de litros. Leia mais. 

Leia mais:  CEPEA: Escolaridade é o fator que mais influenciou positivamente o salário da mulher no agro

Valorização do leite supera aumento dos custos no 1º trimestre

O custo de produção da pecuária leiteira subiu nos primeiros três meses de 2019, mas em menor intensidade que o leite. No acumulado do primeiro trimestre, o Custo Operacional Efetivo (COE), que considera os desembolsos da propriedade, teve aumento de 0,47% na “média Brasil” (BA, GO, MG, PR, RS, SC e SP), sob influência do reajuste do salário mínimo. No mesmo período, os preços de adubos e corretivos registraram queda de 1,16%, na esteira da valorização do Real frente ao dólar, uma vez que os preços desses insumos são influenciados pela moeda norte-americana. Leia mais. 

Fonte: CEPEA
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana