conecte-se conosco


Mato Grosso

Índios cultivam soja sem agrotóxico em 2,2 mil hectares de lavoura em MT

Publicado

Por Eduardo Kotaki, TV Centro América

Os índios das etnias Manoki, Nambiquara e Paresi realizam a colheita de 2,2 mil hectares de soja convencional, em Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá. Eles desenvolvem a agricultura nas terras indígenas há 15 anos e mais de 17 mil hectares são destinados ao plantio de grãos.

De acordo com o presidente da cooperativa indígena, Ronaldo Zokezomaiake, 95% do tratamento dos grãos são feitos sem o uso de agrotóxicos.

“Realizamos o tratamento biológico para tentar erradicar a questão química, pois temos cuidado com as questões ambientais”, pontuou.

A mão de obra é dos próprios índios que trabalham na terra para garantir o sustento da família.

“Fico muito orgulho de nós índios conseguirmos trabalhar dentro da própria terra”, ressaltou o encarregado da área, Jucinei Ozoizaece.

Para o operador de máquina Cleomar Azonazokae, de 23 anos, o trabalho que eles realizam na região é importante, pois não precisam buscar trabalhos fora de suas terras.

Leia mais:  Seges lança segunda turma do programa Academia de Novos Líderes

“É um prazer enorme de poder trabalhar com as máquinas e mostrar para o nosso povo do que somos capazes”, disse.

A venda

Os grãos colhidos na região são destinados às multinacionais para que seja realizado a exportação do produto.

No entanto, os índios não conseguem fazer a venda direta, pois não possuem o licenciamento ambiental nas áreas de cultivo. Com isso, eles realizaram uma parceria com os fornecedores de insumos, que passaram a ser os responsáveis pela negociação.

Os índios compram os insumos, fornecem o maquinário e a mão de obra e, em troca, recebem o valor total do lucro.

A cada saca de 60 kg, eles recebem R$ 63. Para os produtores, esse valor poderia ser maior se eles tivessem autonomia para explorar as próprias terras.

“É necessário um licenciamento. Estamos tentando resolver junto aos órgãos do governo e logo poderemos ter a origem do nosso produto e comercializar direto com os armazéns”, explicou o presidente.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Soldados são homenageados por interação com crianças

Publicado

por

Os soldados Deividy Jhansenn Neto Alves, Marlon da Silva Habeck e Jeberson Silva do Nascimento receberam nesta quarta-feira (20.02) do comandante geral da PM, Jonildo José Assis, um elogio pela atitude de integração com crianças.

O vídeo em que os policiais aparecendo brincando de bets com crianças, enquanto faziam patrulhamento em um bairro carente de Juína (a 735 km de Cuiabá), viralizou na internet e foi replicado em sites de notícias de todo o país.

O coronel Assis destacou a atitude dos soldados. Para ele a redução dos índices de violência não será alcançada apenas com ações reativas, mas com a integração entre a PM e a comunidade.

“Este caso reforça para a população que cada policial militar exerce uma liderança em sua comunidade. O gesto reflete na formação daquelas crianças, que futuramente podem influenciar outras”, destacou o coronel Assis. O comandante frisou que a atitude pode estimular outros policiais.
 
Para o soldado Jeberson, a interação é importante para incentivar as crianças a seguirem pelo caminho correto na vida. Ele agradeceu a homenagem e espera que a interação entre policiais e comunidade continue.  “Temos que manter a proximidade com a população, principalmente com as crianças, adolescentes e jovens, pois não podemos perdê-los para o mundo do crime”, afirma.

Leia mais:  Agronegócio vai apresentar números para reduzir impactos

A entrega do elogio aconteceu durante troca de comando do 8º Comando Regional, realizada na Câmara de Dirigentes Lojista, em Juína, com a presença de oficiais e sociedade civil organizada.

Tc Candido, tc Wendel, Cel Pinheiro, sd Jhansen, Cel Asssis, Sd Jeberson, Sd Habeck, Cel Fortes, Cel Wilker e Cel Cruz esquerda pra direita Foto: PMMT

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana