conecte-se conosco


Polícia

Indiciado por abusos cometidos contra neta da esposa é preso pela Polícia Civil em Dom Aquino

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Policiais civis de Primavera do Leste cumpriram nesta quarta-feira (22.09) um mandado de prisão preventiva contra um homem de 57 anos indiciado pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra a neta de sua esposa. O homem foi preso no município de Dom Aquino, com apoio da delegacia local.

De acordo com a investigação conduzida pela Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso (Dedm), os abusos contra a vítima ocorreram dos cinco até os 11 anos de idade. O crime foi denunciado à Polícia Civil na última semana.

O inquérito instaurado pela delegada Anamaria Machado Costa reuniu informações, oitivas e o depoimento sem dano realizado com a criança e, com base no material coletado, foi representada à Justiça pela prisão do investigado.

O investigado foi ouvido preliminarmente na unidade policial e confirmou o crime, inclusive alegando que a criança o teria abordado. Depois, ele fugiu para Dom Aquino, onde se escondeu na casa de familiares.

No final da manhã desta quarta-feira, em parceria com os policiais da Delegacia de Polícia de Dom Aquino, ele foi localizado e cumprido o mandado de prisão. Posteriormente, será encaminhado à unidade prisional de Primavera do Leste. 

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de usar condição de saúde para aplicar golpes no INSS

O inquérito foi concluído e será encaminhado ao Poder Judiciário. A vítima está sendo assistida psicologicamente.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de usar condição de saúde para aplicar golpes no INSS

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana