conecte-se conosco


Polícia

Indiciado pela Polícia Civil por morte de decorador é condenado a 21 anos por latrocínio e ocultação de cadáver

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Um homem indiciado pela Polícia Judiciária Civil em Mato Grosso pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver que vitimou o decorador Ednalmo Alves de Oliveira, 53 anos, ocorrido em 2018, foi condenado pela Justiça a 21 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado.

O crime ocorreu em outubro de 2018 e foi investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos de Cuiabá, em inquérito presidido à época pelo delegado Caio Fernando Albuquerque. “Foi um trabalho árduo de toda a equipe, com 40 dias de investigações ininterruptas para solucionar o caso”.  

O corpo do decorador foi encontrado em uma região de mata, no bairro Nova Várzea Grande, no dia 28 de novembro de 2018. O suspeito foi preso no dia 3 de novembro  pela equipe da Derrfva e durante depoimento e com base em provas colhidas pela equipe da delegacia, apontou a localização do corpo, mesmo não confessando a morte da vítima.

A vítima estava desaparecida desde 17 de outubro daquele ano. Um familiar da vítima procurou a Polícia Judiciária Civil no dia 22 de outubro relatando que Ednalmo tinha sido visto com um amigo. O irmão ainda disse que a vítima morava sozinha no bairro Coophamil, em Cuiabá, e não costumava passar muitos dias sem dar notícias, o que causou estranheza na família, além do fato do celular dele estar desligado e o veículo, um Ford Ka sedan dourado, ter também sumido.

Leia mais:  Homicida foragido da Justiça é localizado pela Polícia Civil em Santo Antônio do Leverger

Desde o início da investigação, a Polícia Civil trabalhou com a hipótese de a vítima estar morta. “O carro dele foi subtraído. Na semana seguinte do desaparecimento o veículo estava na posse de uma pessoa. Esse rapaz foi preso. Além dele estar de posse do carro do Ednalmo, vendendo, ele estava com um cartão da vítima, fazendo saques e empréstimos em agencias bancárias”, declarou na época o delegado Caio Fernando.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF prende condutor alcoolizado em Cuiabá/MT

Publicado

Central de Comando e Controle recebeu denúncia de usuários e repassou informações para equipe de plantão
Um homem, de 39 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao ser flagrado dirigindo um caminhão sob influência de álcool, na noite de domingo (09), em Cuiabá.

Por volta de 20h49, a equipe que fiscalizava na BR-364, recebeu informação, através da Central de Comando e Controle, sobre usuários relatando que um veículo Daf/XF105 FTS 460a, de cor amarela e placas de Bom Princípio/RS, era conduzido por um homem alcoolizado.

A equipe localizou o caminhão e submeteu o condutor ao teste do etilômetro que resultou em 1,22 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Valores a partir de 0,34 mg/L configuram crime de trânsito.

O veículo foi recolhido ao pátio contratado, sendo a ocorrência encaminhada para a Polícia Civil.

Destaca-se a importância em comunicar o 191, sempre que o usuário presenciar atitudes imprudentes. Devido a esse tipo de denúncia que a PRF conseguiu intervir no trânsito de um veículo conduzido por motorista embriagado, evitando acidentes e resguardando a vida do próprio motorista e de terceiros.

Leia mais:  Operação integrada cumpre nove buscas contra o tráfico de drogas em Jaciara

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana