conecte-se conosco


Mato Grosso

Incêndios no Pantanal em MT prejudicaram milhares de répteis, diz pesquisadora

Publicado

Pesquisadores estão catalogando animais atingidos pelo fogo. Já foram encontrados roedores e serpentes com vida. Mas a grande maioria morreu.

Os incêndios no Pantanal em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul prejudicaram milhares de répteis. É o que dizem pesquisadores.

Caíram chuvas esparsas no bioma, mas ainda há focos de incêndio sendo combatidos.

O Pantanal é a maior planície inundável do planeta. Um dos animais mais resistentes desse ambiente é o jacaré.

Dezenas de jacarés mortos em busca de água e alimento chocam até mesmo quem já está há meses fazendo regastes no pantanal.

Voluntários ainda estão ajudando os animais com alimento e com água.

Pesquisadores estão catalogando animais atingidos pelo fogo. Já foram encontrados roedores e serpentes com vida. Mas a grande maioria morreu.

“Nós temos visto que tanto no Pantanal Norte quanto em Mato Grosso do Sul o grupo das serpentes é o mais atingido. Poderíamos falar na casa de milhões de serpentes, especialmente de duas espécies de serpentes aquáticas”, disse a pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso, Cristiane Strussmann

Leia mais:  Governador destaca que Fethab proporcionará maior investimento em infraestrutura no Estado

Além da falta de chuva, o calor voltou com força nesta semana, o que facilita o surgimento de novos focos de queimadas. Segundo estimativa do Ibama e da UFRJ, o fogo já destruiu mais de 2,2 milhões de hectares no Pantanal em Mato Grosso.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Fernando Cadore é eleito presidente da Aprosoja Mato Grosso

Publicado

Por G1 MT

A chapa ‘Aprosoja Decidida, Produtor mais Forte’ foi a vencedora do pleito eleitoral de 2020 da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja). O presidente, Fernando Cadore, de Primavera do Leste, e vice-presidente, Lucas Costa Beber, de Nova Mutum, juntamente com a diretoria eleita, vão administrar a entidade pelos próximos três anos (2021-2023).

Foram 1.900 votos (65%), contra 1.023 (35%) da chapa adversária, encabeçada por Marcos da Rosa (Canarana) e Ricardo Arioli (Tangará da Serra). Este é o resultado parcial das eleições.

Presidente eleito, Fernando Cadore, solicitou aos associados que continuem participantes ativos da entidade, para que a associação continue sendo dirigida conforme os anseios do produtor de soja e milho de Mato Grosso.

Apesar da baixa mobilização por parte dos produtores associados, o candidato a presidente da chapa 2, Marcos da Rosa, avalia positivamente o pleito.

Leia mais:  PM recupera carro de motorista de Uber e identifica suspeito

Este ano 3.005 produtores rurais votaram contra 2.593 na eleição anterior (2017), representando um aumento de cerca de 14% neste pleito.­ Resultado oficial das eleições, inclusive com os nomes dos delegados eleitos de cada núcleo, saem em até sete dias úteis, conforme o regimento interno da entidade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana