conecte-se conosco


Mato Grosso

Idosos e PcDs devem atualizar dados do CadÚnico até dezembro

Publicado

A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT) orienta idosos e Pessoas com Deficiência (PcD), com renda familiar inferior a 1/4 do salário mínimo por pessoa, a procurarem o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência para atualizar seu Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O Cadastro é requisito obrigatório para usuários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) da Assistência Social e deve ser atualizado para realizar a prova de vida, ou seja, “a atualização cadastral é a garantia de que a pessoa beneficiária do programa é quem está tendo acesso a renda, caso não compareça ao Cras para atualizar o benefício será bloqueado”, alerta Aparecido Samuel de Castro Cavalcante, superintendente de Inclusão Social da Setas.

Em Mato Grosso 86 mil pessoas têm direito ao benefício, cerca de 20 mil pessoas ainda não atualizaram seus dados. O prazo termina em dezembro deste ano. O número de cadastro de usuários do BPC em Mato Grosso aumentou de 47% para 64,4%, entre 2016 e 2018.

Leia mais:  PM forma turma do 22º curso operacional da Rotam

“O BPC é o benefício pelo qual o Estado assiste sua população no acesso ao recurso mínimo para sua subsistência, que é o valor de um salário mínimo. A pessoa que tem as condicionalidades tem direito ao benefício, no caso, é ser idoso, com mais de 65 anos e dentro do padrão de renda exigido, bem como a pessoa com deficiência em condição de vulnerabilidade social”, explica o superintendente.

O serviço de atualização do CadÚnico é a continuidade dos trabalhos iniciados em 2016. O Decreto 8.805/2016, que regulamenta o BPC, traz a obrigatoriedade para os requerentes e beneficiários do BPC serem incluídos no Cadastro Único, com dados atualizados, e a Portaria nº 5/2017 estendeu o prazo para dezembro de 2018.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Novo gestor de Chapada troca todos os secretários e traz ex-prefeito na equipe

Publicado

O novo prefeito de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), Osmar Froner (MDB) anunciou a equipe de secretários que irá compor sua gestão, com a troca de todos os nomes do primeiro escalão. Entre os nomes anunciados está o ex-prefeito do município, Gilberto Mello.

Gilberto até chegou a apresentar a candidatura para a prefeitura, mas precisou ser substituído após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Ele assume a Secretaria Municipal de Governo, um dos cargos mais importantes do secretariado.

Na Secretaria de Administração, o comando será do biólogo e bacharel em direito Marcos Soares Souza. Já a Secretaria de Planejamento e Orçamento é de responsabilidade do bacharel em história e pós-graduado em Gestão de Cidades, Aislan Sebastião Cunha Galvão.

A Secretaria de Finanças foi assumida pelo ex-vereador e técnico em contabilidade Dagoberto Garcia Belufi. A Educação será comandada pelo professor Benedito Antônio de Oliveira Lechner.

A pasta de Esporte e Lazer será gerida pelo empresário e líder comunitário Mauro José Conceição de Paula. A Secretaria de Saúde terá como gestora a enfermeira e ex-vereadora, Rosa Maria Blanco Manzano.

Leia mais:  Governo toma medidas visando buscar solução para retomada das obras do VLT

Para a Assistência Social, o prefeito escolheu a bacharel em direito e ex-conselheira tutelar Fernanda Ferreira da Silva. Já a Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente tem como titular o publicitário e empresário Alexandre Parreira Severino.

 

Luis Carlos de Freitas, que é geólogo, economista e ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, assumiu a Secretaria de Agricultura. E a Procuradoria Geral do Município fica a cargo da bacharel em direito Rosana Costa Itacaramby. (Com informações da assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana