conecte-se conosco


Mato Grosso

Hortaliças produzidas no CCC são doadas a instituições de idosos e crianças

Publicado

A produção de verduras e hortaliças no Centro de Custódia da Capital (CCC) ajuda a melhorar a comida que é servida na unidade prisional e também contribui para o reforço da alimentação em entidades filantrópicas do município.

Nesta quinta-feira (25.10), o diretor do CCC, Ewerton Gonçalves entregou diversas caixas de verduras e hortaliças para cinco instituições filantrópicas: Abrigo de Idosos Bom Jesus de Cuiabá e as creches Nasla Joaquim Aschar, Vó Cristina, Tertuliana Maria de Arruda Souza e o Cemei Marilia Inês Pedrolho Salomão.

Os reeducandos da unidade também fizeram cadeiras em material sintético que foram doadas ao Lar dos Idosos.

O projeto ‘Ressocializando com Solidariedade’ funciona há cinco meses na unidade prisional e tem quatro frentes de trabalho. A horta é cultivada por 13 reeducandos.

Ewerton afirma que o projeto foi criado para oferecer trabalho aos presos, possibilitando ocupação produtiva e remição da pena, como prevê a Lei de Execução Penal que determina que a cada três dias de trabalho, um é descontado na pena recebida. Além, de assegurar uma alimentação mais saudável dentro da unidade prisional. “As doações representam uma oportunidade de demonstrar carinho, dando também aos idosos e as crianças a opção de uma alimentação mais saudável”, completa.

Leia mais:  Suinocultura tem desafio de aliar manejo de dejetos à conservação ambiental

Os servidores públicos doaram adubos, sementes e mudas para fazer o plantio da horta. “Tem dado resultado, pois conseguimos sensibilizar os servidores a fazer as doações. Com isso, todos ganham”, explicou o diretor.

Ewerton destaca a satisfação do Sistema Penitenciário em contribuir com as entidades filantrópicas. “O trabalho nas hortas funciona como medida terapêutica, além de contribuir para reconstrução dos laços sociais do reeducando à medida que ele retoma uma função na sociedade. Estas ações transcendem os muros da unidade prisional, beneficiando diretamente a sociedade, o que contribui também para a ressocialização dos reeducandos”.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Fiscalização apreende maior quantidade de Castanheira em MT, espécie protegida por lei

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana