conecte-se conosco


Mato Grosso

Homem é preso por assediar assistente de papai noel em shopping de Cuiabá

Publicado

A Polícia Militar prendeu C.D.O. (60 anos) por assédio sexual, depois que ele tentou abraçar e beijar à força uma jovem que estava trabalhando de assistente de papai noel em um shopping, localizado na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. A ocorrência foi atendida nesta quinta-feira (05.12) por policiais da base do bairro Santa Rosa.

A vítima relatou que estava trabalhando, quando o suspeito se aproximou tentando abraçá-la. Para impedir o homem, a jovem disse ter colocado os braços à frente do corpo, pedindo que ele parasse.

Segundo ela, o homem ainda tentou beijá-la, mas a mulher conseguiu evitar o contato, mesmo sendo impedida de escapar do local por ele. A assistente, no entanto, conseguiu se soltar e contou ter fugido para o banheiro do estabelecimento, assustada.

Uma testemunha confirmou as informações relatadas pela vítima.

O homem foi localizado ainda no shopping e foi preso em flagrante.   

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939 (a ligação não tem custo). Nesse número qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia mais:  PM prende suspeito de roubo residencial em Nova Olímpia

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Procon de MT flagra postos de gasolina com preço abusivo, mas esconde os nomes

Publicado

por

O Procon de Mato Grosso publicou nesta sexta-feira (24) que tem acompanhado o aumento no preço do combustível desde que a nova legislação que reinstituiu os incentivos fiscais entrou em vigor.

Inclusive, o órgão destacou que foi encontrado em vários postos casos de aumento no preço sem que tenham sido adquiridos combustíveis com a nova tabela de reajustes, ou seja, preço abusivo.

No entanto, o Procon se nega a informar quais são os estabelecimentos que tem abusado da boa-fé dos mato-grossenses, que estão cansados e calejados de serem explorados pelo Poder Público e alguns empresários do setor.

No texto, o Estado alega que a nova regra elevou apenas R$ 0,05 a cobrança do ICMS no preço do litro do etanol, no entanto, desde o início do ano o produto tem sido vendido com aumento de até R$ 0,34.

O órgão afirma que as investigações estão em andamento e que deve divulgar os nomes quando concluir o relatório.

A pergunta é: Se confirmar a fraude nos preços, quem vai restituir o consumidor? É preciso agilidade.

Leia mais:  PM recebe viatura para auxiliar em projeto de combate a violência contra mulher

Por: RepórterMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana