conecte-se conosco


Cidades

Homem é preso em Colniza ao atear fogo em mata

Publicado

A Operação integrada entre Sema, Ibama e PM aconteceu na Gleba Taquaruçu do Norte e teve apreensão de 6 motosserras e 1 arma de fogo

Uma operação integrada na Gleba Taquaruçu do Norte, em Colniza, entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Polícia Militar (PM) apreendeu seis motosserras, uma arma de fogo e culminou com a condução de um homem para delegacia por crime contra a flora ao provocar incêndio em mata ou floresta.

A fiscalização da Sema está realizando a Operação Arco Norte e fiscais do Ibama a Operação Verde Brasil, ambos na região. Em ação conjunta, equipe formada pelos dois órgãos, com apoio da Polícia Militar, observou algumas labaredas de fogo e um homem vindo da região em uma motoneta Honda Biz.

Quando a equipe fez a abordagem o homem largou a moto e fugiu pela mata, sendo acompanhado pelos policiais e localizado logo depois, confirmando ser o autor da queimada.

A queimada aconteceu em uma área de pasto, conforme constatou a equipe de fiscalização, porem o fogo atingiu área de floresta amazônica que estava nas proximidades ao se alastrar rapidamente. As equipes de fiscalização tiraram fotos de drone e irão calcular os danos.

Leia mais:  Cuiabá receberá etapa nacional de campeonato de Hard Enduro

Operações Integradas

A Operação Verde Brasil, do Governo Federal, atua em conjunto com a Operação Amazônia Arco Norte, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) no combate ao desmatamento e incêndios ilegais. Por meio do alinhamento entre as duas esferas de Governo, o enfrentamento ao crime ambiental ganha uma força maior em Mato Grosso.

A Operação Amazônia Arco Norte aplicou até o momento 954,9 milhões em multas, sendo 772 milhões na região Amazônica, o Bioma com maior número de autuações.

Também foram apreendidos Operação do Governo Estadual 239 equipamentos ou acessórios usados em crimes ambientais, 18 armas de fogo, 66 motosserras, 74 tratores de pneu, 110 caminhões, 37 tratores esteira e 139 pessoas foram conduzidas a delegacia.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Cuiabá receberá etapa nacional de campeonato de Hard Enduro

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Confiança de Serviços registra segunda alta consecutiva em 2,2 pontos em julho

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana