conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo mantém compromisso para funcionamento de Pronto Socorro de Cuiabá

Publicado

A gestão estadual irá transferir R$ 82 milhões em 30 parcelas de R$ 2,7 milhões para a prefeitura de Cuiabá, como custeio e funcionamento do novo Pronto-Socorro de Cuiabá. A iniciativa faz parte do esforço conjunto de Estado, União e Município para o funcionamento da nova unidade, que irá melhorar o atendimento da saúde para a população mato-grossense. Mesmo situado na capital, cerca de 40% da demanda do Pronto-Socorro de Cuiabá é do interior do Estado.

A transferência Fundo a Fundo cumpre o compromisso com Prefeitura de Cuiabá, Bancada Federal, feita em outubro de 2017. A portaria 308/2018, define a destinação desse recurso para o custeio da unidade.

“Ao editar a portaria 308 o governador Pedro Taques não dá cheque sem fundo, mas cumpre compromisso de Estado que vai além dos governos. Atender a população com urgência no serviço de saúde não pode ser taxado de imoral e ilegal, ao contrário é urgente e inadiável.”, destaca o secretário-chefe da Casa Civil, Ciro Rodolpho Gonçalves.  

Ciro Rodolpho afirma que sem o auxílio, o novo Pronto-Socorro permaneceria de portas fechadas. A nova unidade contam com 315 leitos, sendo 40 de UTI, e custou R$ 80 milhões, sendo R$ 50 milhões pagos pelo Estado.

Leia mais:  Agências Fazendárias voltam a funcionar em período integral

Municípios

Entre as ações para o suporte ao sistema de Saúde, está o auxílio financeiro aos municípios. “Enviamos mais de R$ 168 milhões aos municípios no primeiro ano de gestão. São 52 milhões de reais a mais que o último ano do governo anterior. Alcançamos R$ 292 milhões em 2016, R$ 253 milhões em 2017 e mesmo com retração econômica enviamos 170 milhões em 2018. Esses dados são públicos, estão no Mira Cidadão e demonstram que o governador Pedro Taques honra seus compromissos”, reitera Ciro Rodolpho.

Por meio de Portaria, o Governo do Estado também destinou recursos para o Hospital São Benedito, em Cuiabá.

Mudança de destinação

A princípio, a aquisição dos equipamentos hospitalares para o novo Pronto Socorro aconteceria com os valores de uma Emenda Impositiva da Bancada Federal. Como a obra do Pronto Socorro não estava concluída, foi acordado com a Bancada e Prefeitura de Cuiabá, a utilização do valor de R$ 82 milhões para o socorro aos municípios.

“Tínhamos municípios com urgência naquele momento, enquanto a compra dos equipamentos era uma necessidade futura pois a obra do Pronto Socorro ainda não estava pronta. Foi então pactuada a compra dos equipamentos pelo Governo do Estado com recursos próprios”, explica Ciro Rodolpho.

Leia mais:  Saúde cria força-tarefa para promover agilidade no atendimento do Hospital Regional de Sinop

A mudança de origem dos recursos foi acordado em um Termo de Compromisso assinado em julho deste ano com a Prefeitura de Cuiabá. Assim, a aquisição dos equipamentos ao valor de R$ 82 milhões seria realizada pela transferência, do Fundo Estadual para o Municipal.

Por fim, a União, por intermédio do senador Blairo Maggi, liberou recursos para a aquisição dos equipamentos. Tornando necessária a repactuação entre Prefeitura de Cuiabá, o Governo do Estado e a Bancada Parlamentar. Ficou acordada a transferência dos R$ 82 milhões para a garantia do custeio e funcionamento do Pronto Socorro de Cuiabá o mais rápido possível.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Exemplos de superação, vitalidade e alegria marcaram 4ª Corrida do Bope em Cuiabá

Publicado

por

Histórias de superação, exemplos de vitalidade, alegria e a integração da Polícia Militar com a sociedade marcaram a 4ª Corrida do Bope (Batalhão de Operações Especial da Polícia Militar). O evento ocorreu na manhã deste domingo (17), em Cuiabá.

Entre os 3 mil atletas profissionais e amadores que integraram a ‘tropa da Corrida do Bope’ estavam personalidades do atletismo e pessoas que, para continuar ou começar a praticar esportes, precisaram e superaram idade, distância e limitações impostas por deficiências físicas.

Maria do Carmo Ferreira, 80, e Cedil Pereira Lima, 92, foram exemplos de vitalidade, alegria e disposição. Amigos de atletismo, mais uma vez se reencontraram e foram destaque na Corrida.

Ela, que gosta de ser chamada de ‘Selvagem’, orgulha-se de ter participado de todas as edições da corrida do Bope e também Corrida Homens do Mato, outro evento da PMMT. “Se não fossem as corridas, a capoeira que jogo e essa minha alegria de viver, certamente não eu teria tanta saúde e disposição”.

Já “Ligeirinho” ou Cleberson Ferreira dos Santos, 29, correu transpondo barreiras físicas e financeiras. Vítima de um acidente em uma rede de alta tensão que o deixou paraplégico, ele gosta de competir e parece ter muito potencial, mas a falta de dinheiro impõe alguns limites.

Leia mais:  Agências Fazendárias voltam a funcionar em período integral

Este ano, ele treinou e correu sob a assessoria volunária do amigo Paulo Rogério Barcelos, pós-graduando em Neuroeducação. Juntos, também compraram uma cadeira esportiva de atletismo usada e testada nessa corrida. Aliás, ambos ainda estão pagando o equipamento. “Tudo isso para correr, avançar na prática esportiva”, como define Paulo. O esforço valeu a pena, pois “Ligeirinho” foi o primeiro colocado em sua categoria.  

Aos 65, Vilma Pereira, ou simplesmente a ‘Mulher Maravilha’, era pura alegria. “Feliz por ter saúde e disposição”, diz como se tivesse saído das telas do cinema. A escolha da vestimenta tem uma história de superação. Depois de parar de correr por quase dois anos por causa de problemas de saúde, prometeu a si mesma que assim que se recuperasse voltaria às pistas como “Mulher Maravilha”. Hoje, cinco anos depois, gosta de ser reconhecida pelo personagem e de ter influenciado os filhos e netos a praticar esportes.

Para o comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, que também correu, é bonito de ver essa alegria e disposição dos participantes. É importante ainda sentir o quanto a comunidade confia nos eventos e nas ações da Polícia Militar.

Leia mais:  Policiais da Força Tática entregam cestas básicas em bairros de Cáceres

Assis, que já comandou o Bope, e está no comando geral da PM há menos de dois meses, lembra que um dos seus eixos de trabalho é a aproximação com a sociedade. “Conclamamos que todos confiem, acreditem e sejam parceiros da Polícia Militar”, completa.

Os resultados da 4ª Corrida do Bope podem ser consultados no site: http://www.morro-mt.com.br.

 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana