conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo lança projeto para incentivar pequenos negócios em Mato Grosso

Publicado

Para levar informação aos empreendedores de Mato Grosso e incentivar seus negócios, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) lança na próxima quinta-feira (26.09), às 19h30, o projeto Pensando Grande para os Pequenos. Durante a 11ª Feira do Empreendedor, no Centro de Eventos do Pantanal, haverá a assinatura do Protocolo de Intenções entre Governo e instituições parceiras. Antes, às 17h30, haverá uma palestra sobre o projeto.

Os pequenos negócios representam 89% das empresas, contribuem com 35% do Produto Interno Bruto (PIB), geram 66% dos empregos e 60% dos salários pagos, mas ainda não participam ativamente dos negócios nas cadeiras globais de valor do Estado.

“Este projeto é uma política pública de desenvolvimento dos pequenos negócios no Estado. Atualmente, há quase 80 mil micro e pequenas empresas e mais de 155 mil empreendedores individuais em Mato Grosso. Com uma política pública poderemos fazer crescer ainda mais a economia com desenvolvimento social”, ressalta César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico.

O secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, Celso Banazeski, acredita que após o lançamento, o projeto será muito procurado por empresários e pessoas que querem empreender em Mato Grosso.

Leia mais:  MEC exige que escolas deixem um responsável para receber livros didáticos para 2020

“Estamos em um momento propício para levar qualificação e informação para os empreendedores do Estado. Temos a aprovação da Lei da Liberdade Econômica, que vai desburocratizar a abertura de empresas, e ainda com a regulamentação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf) muitos empreendedores poderão expandir seus negócios”, afirma.

A Feira do Empreendedor ocorrerá de 26 a 28 de outubro, das 15h às 21h, com uma série de palestras e cursos. A entrada é gratuita para todas as atividades, porém o acesso às salas de palestras e oficinas será feito por ordem de chegada, conforme o limite de vagas estabelecido e capacidade das salas e auditórios. A expectativa de público é de 4,5 mil pessoas por dia.

Estão programadas 33 palestras, 25 oficinas, 27 palestras/TED (modelo com no máximo 20 minutos), sete painéis, cinco sessões de cine empreendedor, seguidas de painel sobre o mercado de audiovisual. São ao todo, 90 modalidades de capacitação como palestras, oficinas e pitchs nas áreas de vendas, atendimento, marketing digital, recursos humanos, entre outros.

Leia mais:  Licitação do transporte avança e propostas de preço serão analisadas

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

MT registra mais 168 casos de covid-19 em 24h; 67 estão em estado grave

Publicado

por

De acordo com o Boletim Informativo da SES, 1.140 pacientes estão em isolamento domiciliar, 121 hospitalizados e 601 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta quarta-feira (27), 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 47 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As últimas quatro mortes confirmadas envolveram residentes de Cuiabá, Alto Araguaia, Rondonópolis e Alta Floresta.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de coronavírus estão: Cuiabá (612), Várzea Grande (192), Rondonópolis (148), Tangará da Serra (84), Primavera do Leste (84), Barra do Garças (67), Lucas do Rio Verde (59), Confresa (49), Sorriso (49), Sinop (43), Rosário Oeste (38), Jaciara (34), Alta Floresta (32), Peixoto de Azevedo (25), Nova Mutum (24), Campo Verde (23), Cáceres (22), Pontes e Lacerda (22), Querência (15) e Mirassol D’Oeste (12).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 168 novas confirmações em Acorizal (5), Alta Floresta (13), Alto Araguaia (1), Cáceres (1), Campo Verde (8), Canarana (1), Confresa (2), Cuiabá (49), Denise (1), Guiratinga (1), Ipiranga do Norte (1), Jaciara (4), Jangada (2), Juara (1), Juína (1), Lucas do Rio Verde (11), Mirassol D’Oeste (2), Nova Guarita (3), Nova Mutum (3), Nova Ubiratã (1), Pedra Preta (2), Pontes e Lacerda (3), Primavera do Leste (3), Rondonópolis (12), Rosário Oeste (1), São Pedro da Cipa (1), Sapezal (3), Sinop (7), Sorriso (8), Tangará da Serra (2), Várzea Grande (14) e municípios de outros estados (1).

Leia mais:  Três suspeitos são presos e plano de roubo de carro é frustrado

O setor técnico ainda informou que foram corrigidos três casos de duplicação em Cuiabá (1), Campo Verde (1) e Nobres (1).

Dos 1.909 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.140 estão em isolamento domiciliar e 601 estão recuperados. Há ainda 121 pacientes hospitalizados, sendo 67 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 54 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 258 leitos de UTI e 864 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 49,9% dos diagnosticados são do sexo feminino e 50,1% masculino; além disso, 557 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 6.407 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 294 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Leia mais:  Seminário em Cuiabá debate turismo em terras indígenas

Cenário nacional

Nesta quarta-feira (27), o Governo Federal confirmou 411.821 casos da Covid-19 no Brasil e 25.598 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 24.512 mortes e 391.222 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Por: repórterMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana