conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo do Estado paga 90% dos servidores nesta segunda

Publicado

O Governo do Estado paga nesta segunda-feira (10.12) a folha salarial de novembro de todos os aposentados e pensionistas e também dos servidores da ativa que recebem até R$ 6 mil. No total serão pagos nesta data os vencimentos de 92.969 servidores, que representam 90% do total da folha do Executivo. Os salários estarão nas contas dos servidores até o fim do dia.

Devido à falta de recursos no caixa do Estado, o Governo deve pagar o restante da folha salarial dos servidores ativos, de forma gradativa, até o dia 21 de dezembro.

O pagamento além do dia 10 ocorre por conta da necessidade dos repasses constitucionais, da falta de repasse dos recursos do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX) por parte do Governo Federal e da necessidade de pagamento do custeio das secretarias, para evitar a paralisação de serviços públicos.

O governador Pedro Taques esteve na última semana em Brasília para cobrar pessoalmente do presidente Michel Temer o pagamento do FEX, no montante de R$ 400 milhões. A expectativa é de que o repasse referente ao FEX ocorra ainda em dezembro, após aprovação no Congresso Nacional e sanção presidencial.

Leia mais:  PM encontra em residência abandonada folhas de cheque e documentos pessoais

A folha líquida do mês soma R$ 528 milhões, sendo que R$ 172 milhões são referentes ao pagamento de servidores inativos e pensionistas. Pelo menos metade da folha dos aposentados é complementada mensalmente com recursos do Tesouro, por conta do déficit previdenciário.

Há ainda neste mês a necessidade de pagamento de mais R$ 154 milhões relativos ao décimo terceiro dos servidores aniversariantes de novembro e dezembro, dos comissionados e dos servidores estatais, o que eleva os gastos líquidos com pessoal nesse mês para R$ 672 milhões.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Governador destaca relação produtiva em visita ao novo presidente da Fiemt

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana