conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador participa da Festa da Colheita em encontro de agricultores indígenas

Publicado

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, participa nesta quarta-feira (13.02) da Festa da Colheita, realizada durante o 1º Encontro Nacional de Grupo de Agricultores Indígenas, na Aldeia Matsene Kalore, em Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste de Cuiabá).

Durante a visita, o chefe do Executivo estadual conhecerá a Cooperativa Agropecuária dos Povos Indígenas Haliti-Paresis, Nambikwara e Manoki, localizada na aldeia e, em seguida, uma área de produção de cultura de soja. O início da solenidade de abertura do encontro está marcado para 10h30.

O líder indígena paresi, Arnaldo Zunizakae Paresi, entregará uma lista de reivindicações ao governador. A principal demanda dos indígenas da região é o apoio das autoridades, entre elas, a Fundação Nacional do Índio (Funai), para que as comunidades possam plantar em suas terras.

Comunicado da Fundação menciona a convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), segundo a qual os indígenas têm o direito de escolher seu modelo de desenvolvimento econômico.

De acordo com a Funai, o povo Paresi, formado por cerca de 2 mil indígenas, tem se destacado na produção de soja, milho, batata, batata-doce, abóbora, feijão, entre ouros produtos. Na safra 2018/2019, em Campo Novo do Parecis, foram semeados 8,7 mil hectares de soja, mil hectares de milho e 300 hectares de arroz. Para a safrinha, a previsão é de 7,7 mil hectares de milho convencional, 6 mil ha de feijão, 1,4 ha de girassol e 500 ha de milho branco.

Leia mais:  MTI atua para restaurar redes de fibra ótica rompidas

Estão confirmadas as presenças da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e do ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles, além de secretários de Estado, senadores, deputados estaduais e federais e representantes da Funai.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Campeão mato-grossense será conhecido no próximo domingo na Arena Pantanal

Publicado

por

Sede dos jogos realizados na Capital desde o início do campeonato estadual, a Arena Pantanal recebe no próximo domingo (21), às 15h, a partida decisiva entre Cuiabá Esporte Clube e Operário Várzea-grandense (CEOV). Os portões serão abertos a partir das 13h.

Para deixar o estádio em condições de funcionamento, a Secretaria de Estado de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT) está tomando as providências necessárias que vão desde a manutenção do gramado ao atendimento das exigências sanitárias.

“Nossa operação consiste inicialmente no cuidado e preparo do gramado nos dias que antecedem os jogos, na higienização dos pontos de comercialização de alimentos, na vistoria de banheiros, vestiários das equipes e de arbitragem e demais setores utilizados”, explica o superintendente de infraestrutura esportiva da Secel, Maurício Dias de Mendonça.

O superintendente também esclarece que nenhum alimento é manipulado no local. “As áreas destinadas à venda de comidas e bebidas são higienizadas. Porém, para atender os requisitos da vigilância sanitária, os alimentos já chegam prontos à Arena”.   

O segundo e último confronto da final terá entrada gratuita para mulheres e crianças. Para os demais torcedores, os ingressos custarão R$ 5 (meia) e e R$ 10 (inteira). Os valores foram definidos pelo Dourado, como é conhecido o time de Cuiabá, por ser mandante dessa partida de volta. Os ingressos estarão à venda a partir desta quinta-feira (18), nas bilheterias do Ginásio Aecim Tocantins. 

Leia mais:  Família pula de Hilux em movimento para pedir socorro a polícia militar

Por ter vencido o Operário por 2 a 0 no primeiro jogo da final, o Dourado abriu vantagem na disputa, precisando apenas de um empate para levantar o troféu de campeão mato-grossense 2019. Além disso, o clube da Capital chega de forma invicta à final.

Já o tricolor várzea-grandense – que também chegou invicto à decisão e só perdeu no primeiro duelo da fase final no último domingo – segue acreditando até o último minuto na possibilidade do título estadual. Para isso, conta com o apoio da torcida que estará nas arquibancadas  incentivando o time. 

Torcedores do Cuiabá ocuparão os setores Oeste e Sul da Arena, e a torcida operariana ficará no setor Norte. A equipe da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer também se organiza para ajudar no controle de acesso e orientação aos torcedores, uma das determinações do Juizado Especial do Torcedor – JET.

Campeonato Brasileiro Feminino A-2

Na quinta-feira (22), às 20h, a Arena Pantanal receberá a partida da terceira rodada do Campeonato Brasileiro Feminino série A2. As meninas do Operário F.C, de Várzea Grande, enfrentam o Atlético-AC.

Leia mais:  Municípios de MT precisam lançar dados relativos ao perfil saúde no programa

O Brasileirão Feminino A-2 garante o acesso para a série A-1 aos semifinalistas do torneio. Nesta primeira fase, o Operário disputa com outras cinco equipes do Grupo 2, do qual faz parte.

Jogos Universitários no Ginásio Aecim Tocantins

O Ginásio Poliesportivo Aecim Tocantins, que também faz parte do Complexo Arena Pantanal, sediará as partidas de handebol da edição dos Jogos Universitários Mato-grossenses (JUM’s) 2019 – Cuiabá 300 anos.

De 19 a 21 de abril, mais de 600 atletas, que representam 13 universidades/campus do Estado, participam da competição. Além do handebol, que será disputado no Ginásio Aecim Tocantins, os Jogos Universitários Mato-grossenses contam ainda com as modalidades de futsal, voleibol, basquetebol, badminton, xadrez e tênis de mesa.

Agendamento de eventos no Complexo Arena Pantanal

Os interessados devem buscar informações no site: www.esportes.mt.gov.br/-/use-o-complexo-arena-pantanal. Ou ainda no telefone: (65) 3613-4947.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana