conecte-se conosco


Educação

Governador Mauro não vai dar uniformes aos 390 mil estudantes de MT

Publicado

Os mais de 390 mil alunos da rede estadual de Mato Grosso vão ficar sem receber uniformes neste ano letivo. A informação foi confirmada pelo governo do estado, por meio de nota na Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Se no decorrer do ano letivo o estado tiver dinheiro, poderá entregar os uniformes, mas não há garantia.

Conforme a nota, as escolas que ainda tiverem uniformes guardados de anos anteriores podem distribuí-los aos alunos.

De acordo com a assessoria, todas as escolas estaduais foram comunicadas da não distribuição dos uniformes este ano. As escolas podem confeccionar os uniformes para seus alunos, no entanto, é preciso que isso seja acordado com a comunidade escolar. Por meio de reuniões, as escolas devem conversar com os pais sobre o assunto e os mesmos devem estar de acordo com a aquisição dos uniformes

Além disso, segundo a Seduc, as unidades escolares têm autonomia de colocar a logomarca da própria escola nas camisetas. Isso facilita a identificação do aluno na hora de entrada e confirma que o mesmo estuda na unidade. Como as escolas pagam pelo serviço, o total é repassado aos estudantes num valor simbólico que varia de R$ 3 a R$ 5, por uniforme.

Leia mais:  Conferência Nacional de Educação 2018 é realizada em Brasília.

O valor cobrado será revertido para a própria unidade escolar para ser investido em melhorias e projetos pedagógicos.

A Seduc orienta as escolas a não impedirem que os alunos assistam às aulas se estiverem sem uniformes.

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Secretaria de Educação notifica Selecon e último dia para entrega de documentos ocorre com tranquilidade

Publicado

por

A Prefeitura de Cuiabá notificou extrajudicialmente o Instituto Selecon, organizador do processo seletivo simplificado para contratações na Secretaria de Educação. A medida é justificada pelas longas filas, demora no atendimento e falta de informações aos candidatos convocados para a entrega de títulos, registrada nesta segunda-feira (7), no auditório das Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos esclareceu que a notificação visa resguardar os direitos dos candidatos e da administração pública. “Notificamos a empresa para que a mesma possa estabelecer condições físicas, de logística, de pessoal e de comunicação suficientes para atender os candidatos e para que não ocorra, nas próximas convocações, fatos como os que observamos ontem”, explicou Alex Vieira Passos.

Nesta terça-feira (8) termina o prazo para entrega da documentação para análise de títulos dos convocados na  segunda etapa do Processo Seletivo, que irá contratar profissionais temporários para a Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá, a fim de atender o ano letivo de 2019.

De acordo com informações do organizador, a maior parte dos 5.601 classificados para esta etapa fez a entrega da documentação ontem (7), sendo esperados para hoje, 1.101 candidatos, até às 17 horas. Nesta terça-feira,  o atendimento começou uma hora e trinta minutos antes do previsto.

Leia mais:  Ministra suspende decisões judiciais que determinaram operações em universidades

O diretor Concursos e Processos Seletivos do Instituto Selecon, Marcus São Thiago falou sobre a grande procura dos candidatos no primeiro dia de entrega da documentação.  Segundo ele, muitos candidatos chegaram antes do horário de início do atendimento, por volta das 6h, o que levou a formação de uma grande fila de espera. Além disso, inscritos que não foram convocados para a entrega da documentação compareceram ao local para obter esclarecimentos.

“No primeiro dia, tivemos uma grande procura. Dos 5.601 convocados, 4.500 estiveram no posto de atendimento ontem (7). Estávamos com atendentes suficientes no local e o atendimento foi rápido. A fila aconteceu porque muita gente chegou antes do início do atendimento e ficou aguardando, mas assim que iniciamos, agilizamos o atendimento e a situação foi contornada”, explicou Marcus São Thiago.

Nesta terça-feira (8), último dia para entrega da documentação, o atendimento segue sem problemas.  “Todos estão sendo atendidos com tranquilidade e de forma rápida”, disse ele.  A Análise de Títulos é uma etapa classificatória e foram considerados aptos para esta fase, os aprovados na prova objetiva, classificados até o dobro de vagas oferecidas para cada função, conforme previsto no item 10.1 do edital do Processo Seletivo.

Leia mais:  Eleição de diretores das escolas estaduais ocorre nesta quinta.

Documentos

Para cumprir essa etapa do certame o candidato precisa levar o Formulário de Entrega de Títulos (disponível para impressão no site selecon.org.br), além do  original e  cópia da documentação (não precisa ser autenticada), exigida no edital. A pontuação dos títulos será somada à nota das provas objetivas e, de acordo com a classificação final, os candidatos serão chamados para contratação. Aqueles que não forem convocados farão parte do cadastro de reserva e poderão ser chamados, em caso de necessidade da secretaria, ao longo da validade do processo seletivo, que vai preencher de imediato 2.254 vagas temporárias.

O Resultado Final do certame para todas as funções está previsto para o dia 28 de janeiro e a convocação para contratação dos classificados, nos dias 30 e 31 de janeiro, em edital a ser divulgado pela Secretaria Municipal de Educação.

Serviço:

Processo Seletivo da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá – Edital 006/2018/GS/SME

Vagas:2.254

Organizador: Instituto Selecon (www.selecon.org.br)

Feics – Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3500 – Bosque da Saúde – Cuiabá-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana