conecte-se conosco


Brasil / Mundo

Golpe no WhatsApp simula promoção para ganhar óculos da Chilli Beans

Publicado

O WhatsApp está sendo usado novamente por pessoas mal-intencionadas para aplicar golpes. Desta vez, os cibercriminosos simulam uma promoção da marca de acessórios Chilli Beans, em que os usuários ganhariam um par de óculos ao responder um simples questionário e, em seguida, compartilhar o link com todos os contatos e grupos no mensageiro. Segundo a empresa de segurança PSafe, desde sexta-feira (19), foram detectados mais de 582 mil ciberataques em torno desse golpe.

A fim de tornar a ação mais realista, os bandidos informam que, após o compartilhamento do link com um número determinado de pessoas, o usuário poderá escolher o modelo do acessório e buscá-lo em qualquer loja da marca no Brasil. No entanto, ao concluir o processo, o site falso informa que os servidores estariam sobrecarregados e indica que a vítima volte em 10 minutos para tentar imprimir novamente o seu cupom.
De acordo com a fabricante de softwares de proteção Kaspersky Lab, assim como em outras campanhas maliciosas que utilizam o WhatsApp, o objetivo dos criminosos é obter dados das vítimas. “No caso deste golpe, ao clicar no link recebido, os usuários acreditam que irão receber um óculos grátis da marca Chilli Beans e, para retirar tal prêmio, precisam cadastrar seus dados pessoais no site falso. O golpe ainda faz uso de engenharia social, uma vez que convida os usuários a compartilharem a mensagem com seus contatos”, explica a companhia. Procurada pelo TechTudo, a Chilli Beans ainda não se pronunciou sobre o golpe.

Leia mais:  Celulares ilegais serão bloqueados a partir de sábado em MT

 

Comentários Facebook
publicidade

Brasil / Mundo

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Publicado

Os cartórios brasileiros já podem autenticar documentos por meio eletrônico. O novo serviço possibilitará a certificação de cópias de forma online pelo site

A novidade vem para complementar a digitalização de outros serviços que já estavam sendo prestados na plataforma de atos notoriais eletrônicos chamada e-Notoriado. Entre eles, assinaturas digitais de escrituras, procurações por videoconferência, atas notariais e testamentos, bem como separações e divórcios extrajudiciais.

Segundo o Colégio Notarial do Brasil (CNB), órgão responsável por gerir o módulo da Central Notarial de Autenticação Digital (Cenad), o novo recurso permite “a materialização e a desmaterialização” de autenticações em diferentes cartórios. Dessa forma, torna mais rápido o envio do documento certificado para pessoas ou órgãos, além de verificar de forma segura a autenticidade do arquivo digital.

A Cenad foi é o único meio nacional válido para a autenticação digital de documentos. Para tanto, será necessária a apresentação de um documento originalmente físico, junto a algum cartório de notas, para que ele seja digitalizado para, então, ser enviado para autenticação.

Leia mais:  Estudo recomenda mais restrições

Segundo a presidente do CNB, Giselle Oliveira de Barros, o novo procedimento permite ao usuário trabalhar com o documento eletrônico, mas com segurança jurídica.

“Após o documento ser autenticado pela Cenad, ele pode ser enviado eletronicamente (emailwhatsapp ou qualquer outra ferramenta) a órgãos públicos ou pessoas físicas e jurídicas para a concretização de negócios, tendo o mesmo valor que o documento original, físico ou digital, apresentado pelo cidadão”, informou.

Como acessar o serviço

Para acessar esse serviço, “o usuário deve solicitar a autenticação digital a um tabelionato de notas de sua preferência e enviar o documento por e-mail, caso o original seja digital. Se o documento a ser autenticado for físico, é necessário levar o impresso ao cartório para digitalização e autenticação.

Ao receber o documento por meio da plataforma, que segue as normas de territorialidade para distribuição dos serviços, o tabelião verifica a autenticidade e a integridade do documento”, informa o CNB.

A autenticação notarial gera um registro na plataforma, com dados do notário ou responsável que a tenha assinado, a data e hora da assinatura, e código de verificação. “O usuário receberá um arquivo em PDF assinado digitalmente pelo cartório. O envio do arquivo poderá ser feito por e-mailWhatsApp ou outro meio eletrônico”, finaliza.

Leia mais:  Saiba se você está no terceiro lote de restituição do IR 2019

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana