conecte-se conosco


Esportes

Goleiro Ivan, da Chapecoense, é acusado de roubar celular e ferir ex com faca

Publicado

O goleiro Gilsivan Soares da Silva, conhecido como Ivan, da Chapecoense, é investigado pela polícia de Espinosa, cidade no interior de Minas Gerais, por suspeita de roubar o celular e ferir a ex-namorada com uma faca, após ele tentar, sem sucesso, reatar o relacionamento.

Leia também: Assassino confesso de Daniel recebeu oferta de R$ 70 mil para fugir da prisão


O goleiro Ivan, da Chapecoense, é acusado de ferir ex com faca e roubar celular
Márcio Cunha/Chapecoense

O goleiro Ivan, da Chapecoense, é acusado de ferir ex com faca e roubar celular

Com família na região, o goleiro de 35 anos pediu liberação do clube para resolver problemas pessoais e foi até o norte de Minas. Na cidade, ele tentou a reconciliação com Laíse Gabriela Alves Fernandes, mas a mulher não quis. O jogador, então, a ameaçou pegou seu celular, além de exigir a senha, pois ele estava desconfiado que a mulher estava em outro relacionamento.

Laíse negou passar a senha para Ivan, que foi até a cozinha, pegou uma faca e agarrou a vítima pelo pescoço, exigindo os dados. Com medo de ser ferida, a mulher cedeu. O agressor teria deixado o objeto cair neste momento e o pé da mulher foi atingido. Há indícios também que ele teria ameaçado e roubado o celular de outro homem, que seria o suposto novo namorado de Laíse.

Leia mais:  Santos voltará aos cinemas com filme sobre artilharia mundial; veja trailer

Levada para o hospital, Laíse sofreu uma fratura na falange proximal do pé esquerdo, de acordo com a PM. Logo após o ato, Ivan deixou o salão de beleza onde eles estavam e não foi visto na cidade. Há relatos ainda que a mobília do local foi quebrada quando os dois entraram em luta corporal.

Leia também: Após tragédia no Fla, Grêmio Novorizontino promove treinamento contra incêndio

O caso será investigado pela Polícia Civil, que instaurou um inquérito e pediu exame de corpo de delito na vítima. As autoridades, no entanto, aguardam o atleta de 35 anos para prestar esclarecimentos.

Na apresentação do zagueiro Gum, nesta quinta-feira, o presidente da Chapecoense , Plínio David de Nês Filho, falou sobre o caso.

“Infelizmente temos que responder a pergunta em um momento que estamos recebendo um atleta que é símbolo do futebol brasileiro e nos deparamos com uma situação que não esperávamos. Entretanto, a diretoria não vai se manifestar até os fatos serem esclarecidos, verem a veracidade dos fatos que constam na reportagem para depois nos manifestarmos”, afirmou.

Leia mais:  Time italiano abandona partida depois de goleiro sofrer insultos racista do juíz

Leia também: Venda de Militão para o Real Madrid renderá um bom dinheiro para o São Paulo

O goleiro é esperado nesta quinta em Chapecó para se reunir com a diretoria do clube catarinense e tratar do assunto.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Conmebol promove encontro de técnicos e apenas dois brasileiros comparecem

Publicado

por


A Conmebol realizou encontro entre técnicos que disputam a Libertadores 2019
Divulgação/ Conmebol

A Conmebol realizou encontro entre técnicos que disputam a Libertadores 2019

Nesta terça-feira (19) a Conmebol promoveu um encontro de treinadores dos clubes que participam da Copa Libertadores de 2019 em sua sede, no Paraguai.

Leia também: Gabriel Jesus fala sobre momento da carreira e diz ter superado Copa sem gols

O encontro tinha como objetivo promover uma discussão sobre o momento do futebol sul-americano e propor melhoras no regulamento da principal competição do continente como controle de doping, valores comerciais, premiações e até análise do árbitro de vídeo (VAR).

Na atual edição do torneio organizado pela Conmebol , sete clubes brasileiros estão na disputa: Cruzeiro, Athletico Paranaense, Palmeiras, Internacional, Grêmio, Flamengo e Atlético Mineiro.

De todos os treinadores brasileiros apenas Mano Menezes (Cruzeiro) e Tiago Nunes (Athletico Paranaense) estiveram presentes no evento. A dupla Gre-Nal enviou auxiliares técnicos e os outros times não compareceram. O Brasil foi o único país em que representantes faltaram na reunião.

Leia mais:  Caso Daniel: assista aos vídeos com os depoimentos das testemunhas do crime

“Hoje é um dia muito importante para nós, para mim em particular e para toda a nossa equipe. Hoje queremos escutá-los para crescermos juntos”, comentou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

Leia também:  Neymar faturou cerca de R$ 10 milhões por gol em 2018; veja infográfico

Além de Domínguez outros membros da diretoria da entidade falaram durante o evento. Mariano Zavala, membro da unidade disciplinar da Conmebol, ressaltou a importância do torneio acontecer com ‘respeito, integridade e jogo limpo’.

Wilson Seneme, membro da Comissão de Árbitros, se posicionou sobre algumas polêmicas que envolveram o uso do árbitro de vídeo na Copa Libertadores de 2018. “Nosso objetivo para esse ano é que o VAR esteja em sua plenitude de aceitação no futebol para fazer justiça”, disse ele.

Lembrando que o recurso tecnológico já está disponível na competição desde as quartas de final da edição passada.

Sobre o controle mais rígido do doping, o representante da Comissão Médica e Unidade Antidopagem da Conmebol, Osvaldo Pangrazio, afirmou que o propósito da área é ‘proteger os atletas’.

Leia mais:  Time italiano abandona partida depois de goleiro sofrer insultos racista do juíz

Leia também:  Torcida do Botafogo-SP invade Mirassol para jogo decisivo do Paulista; assista

No fim do encontro , que durou apenas um dia, o treinador do River Plate e atual campeão da Libertadores, Marcelo Gallardo, foi homenageado pela entidade. Todos os treinadores já foram liberados do compromisso e amanhã Mano e Tiago estarão aptos a comandar seus times nos estaduais.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana