conecte-se conosco


Carros e Motos

GM apresenta carro revolucionário, e você não pode comprar

Publicado

Motor Show

GM arrow-options
Divulgação

Carro sem volante da Chevrolet é voltado ao serviço de taxi, com capacidade de espaço otimizada

A GM apresentou um carro revolucionário. Ele tem as dimensões de um SUV, assentos para seis ocupantes, e nenhum pedal ou volante. As portas são deslizantes e não fica mundo claro onde é a frente e a traseira do veículo. E você não poderá comprar um porque ele não estará à venda. Ainda assim, o Orgin, primeiro driverless da marca , promete revolucionar. O carro sem volante deve ser o modelo utilizado no serviço Cruise, aplicativo de mobilidade da GM e Honda.

LEIA MAIS: Elétrico da Chevrolet, Bolt EV chega ao Brasil em fevereiro

loca informações de origem e destino. Nada diferetente de aplicativos como Uber ou 99Taxi. Um veículo chega para buscar o passageiro que só consegue acessar o veículo digitando um código fornecido pelo aplicativo. Dentro do carro sem volante , há botões para iniciar e finalizar a viagem. O Origin utiliza sensores de peso e travamento do cinto de segurança para identificar se alguem entrou ou saiu do veículo.

Leia mais:  Triumph Bobber Black é eleita a melhor moto custom do Brasil

“Nós sabemos que o ônibus é uma opção de transporte mais sustentável para nosso planeta. Mas numa sexta-feira, em plena hora do rush, salvar o planeta não é páreo para perder um jantar ou colocar as crianças na cama”, afirmou Dan Ammann, CEO da Cruise, durante a apresentação do carro revolucionário na semana passada em San Francisco (EUA).

LEIA MAIS: Prestes a mudar, Chevrolet Tracker tem R$ 11 mil de desconto

A Cruise é uma parceria entre a GM e a Honda. Enquanto a montadora americana ficará responsável pela fabricação do Origin, os japoneses vão desenolver a engenharia de design. A Cruise está desenvolvendo o software que comandará o carro, sensores e o produto em geral.

LEIA MAIS: Como a falta de infraestrutura atrasará a chegada de carros autônomos ao Brasil?

As empresas não disseram exatamente quando começa a produção ou quando ele estará nas ruas. Mas Kyle Vogt, CTO da Cruise, afirmou à CNN : “muito em breve”.

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

General Motors confirma o fim da fabricante australiana Holden

Publicado

por

General Motors arrow-options
Divulgação

Parceira da General Motors desde a década de 30, Holden encerrará suas operações na Austrália, Nova Zelândia e Tailândia até o fim do ano

Em mais um passo no processo de reestruturação global, a General Motors anunciou que fechará a marca Holden na Austrália, Tailândia e Nova Zelândia, encerrando as operações nos países. A GM ainda terá o compromisso de abastecer os mercados com peças e serviços de manutenção até o fim da década.

LEIA MAIS: FCA e PSA anunciam acordo de fusão; confira os detalhes

Estima-se que 600 funcionários perderão o emprego no encerramento da Holden na Oceania. Em Detroit (EUA), Mary Barra, chefe-executiva da GM Global, afirma que fechar a representante no continente é uma decisão difícil, porém correta. 

Mark Reuss, presidente da GM, complementa a declaração de Barra dizendo que a marca tinha planos de reerguer a Holden, mas continuar atuando em um mercado fragmentado como a Oceania teria custo alto.

LEIA MAIS: Renault, Nissan e Mitsubishi revelam novas estratégias para 2020

Leia mais:  Triumph Bobber Black é eleita a melhor moto custom do Brasil

Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, se diz inconformado com a situação. “Estou desapontado, mas não surpreso. Sei que muitos australianos estão irritados neste momento”, disse ele. “Os nossos contribuintes colocaram milhões de dólares nesta companhia multinacional e eles simplesmente encerraram as operações”.

LEIA MAIS: Veja como a parceria entre Ford e VW vai impactar os carros elétricos

Aos poucos, a GM está abandonando mercados não-lucrativos para focar em regiões pontuais, como Estados Unidos, China, Coreia do Sul e Brasil. Em 2017, a fabricante vendeu as marcas Opel e Vauxhall para a Peugeot-Citroën.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana