conecte-se conosco


Entretenimento

Gloria Maria volta às redes sociais e agradece apoio após tumor no cérebro

Publicado

Gloria Maria usou seu Instagram, na última segunda-feira (18), para se pronunciar sobre a cirurgia que foi submetida nos últimos dias por conta de um tumor no cérebro. Na publicação, a apresentadora do “Globo Repórter” agradeceu o carinho e o apoio do público.

Leia também: Sandra Annenberg revela como está Glória Maria após cirurgia

Gloria Maria arrow-options
Reprodução/Instagram

Gloria Maria


“Queridos! Esta foto não tem produção. Não tem maquiagem. Não tem luz boa nem filtro. É vida! É para agradecer o amor de todos vocês que torceram por mim neste momento realmente difícil. Não tenho assessoria de imprensa! Texto meu! Direto do meu coração. Dividindo com vocês o que realmente aconteceu”, escreveu Gloria Maria .

Leia também: Gloria Maria se recupera de cirurgia no cérebro e pode ter em alta logo

“Desmaiei na minha casa, do nada, na madrugada de sábado (3). Bati com a cabeça na quina da mesa de vidro e machuquei. Fui no hospital costurar e os exames para saber a causa do desmaio mostraram um tumor no meu cérebro que iria me matar silenciosamente a qualquer momento. Mas ele formou um edema em volta dele, que inflamou e me fez desmaiar. A primeira ajuda de Deus”, disse.

Leia mais:  Atriz que viveu filha de Tony Stark em “Vingadores” diz ser vítima de bullying

“Estava com uma bomba relógio já acionada no meu cérebro. Mas Deus, tenho certeza, agora gosta de mim. Enviou o mensageiro Dr. Paulo Niemeyer para me resgatar. Ele montou uma operação de guerra. Corrida contra o tempo! 6 hs de cirurgia. CTI. Sobrevivi!! Hoje acredito em milagre!! Ainda tenho um caminho a percorrer. Mas estou inteira. Viva!! Nenhuma consequência, esta foto uma das minhas filhas fez hoje com todo amor para vocês. Segundo o Dr. Paulo Niemeyer, em 3 semanas volto ao ‘Globo Repórter’!!”, afirmou a apresentadora.

Leia também: Gloria Maria passa por cirurgia no cérebro nesta segunda-feira

No fim da publicação do Instagram , Gloria Maria fez um agradecimento. “Do fundo da minha alma quero dizer obrigada a vocês. Fui salva também pela energia pura e verdadeira que vocês me enviaram! Estou forte, tranquila e feliz. Inúmeras descobertas! Aprendendo muito. Agradecendo a cada segundo a benção de estar viva!!Amo vocês que compartilham só com amor”, encerrou.

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Instagram proíbe conteúdo que promova a terapia de conversão sexual

Publicado

por

O Instagram proibirá qualquer conteúdo que promova terapia de conversão depois que ativistas pediram que ela impedisse os provedores de anunciar seus serviços online. A plataforma de mídia social informou a decisão à CNN na sexta-feira (10).

A mídia social, de propriedade do Facebook, disse que expandiria suas políticas existentes sobre discurso de ódio em todo o mundo para incluir na política postagens que anunciam ou promovem a prática.

A terapia de conversão ou terapia de reorientação sexual, um processo pseudocientífico que professa mudar a sexualidade de uma pessoa, é amplamente desacreditada e condenada como prejudicial pelas principais associações médicas. Mesmo assim, ela é legal na maior parte do mundo, inclusive nos Estados Unidos e no Reino Unido.

A ação do Instagram segue os apelos dos usuários para remover uma conta usada pelo Core Issues Trust, um serviço de terapia de conversão com sede no Reino Unido.

“Não permitimos ataques contra pessoas com base em orientação sexual ou identidade de gênero e estamos atualizando nossas políticas para proibir a promoção de serviços de terapia de conversão”, afirmou Tara Hopkins, diretora de políticas públicas do Instagram para Europa, Oriente Médio e África, em um comunicado.

Leia mais:  Ricky Martin e marido esperam pelo quarto filho: “Estamos grávidos”

“Removemos o conteúdo violador do perfil @coreissuestrusttv. Estamos sempre revisando nossas políticas e continuaremos a consultar especialistas e pessoas com experiências pessoais para informar nossa abordagem”, acrescentou.

Além disso, a plataforma deixará de recomendar conteúdo relacionado à terapia de conversão, como depoimentos sobre sua eficácia ou postagens com elogio ou apoio à prática, exceto aqueles em um contexto legislativo.

No início deste ano, o Instagram proibiu anúncios pagos desse tipo de serviço.

Terapia de conversão é qualquer tentativa de alterar a orientação sexual ou a identidade de gênero de alguém. Não funciona, e estudos mostram que aqueles que se sujeitam a ela correm um risco maior de depressão e suicídio.

Vários estados dos EUA o proibiram e, em maio, a Alemanha se tornou um dos primeiros países grandes a proibi-la para menores de idade.

No Reino Unido, uma proibição total prometida pela ex-primeira-ministra Theresa May em 2018 ainda não se concretizou e não foi incluída em nenhuma das agendas legislativas do primeiro-ministro Boris Johnson.

O Facebook e o Twitter não responderam imediatamente a perguntas sobre suas políticas.

Leia mais:  Dudu Camargo dá bronca em repórter ao vivo

(Texto traduzido, clique aqui para ler o original em inglês).

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana