conecte-se conosco


Entretenimento

Foto de Jennifer Lopez de biquíni esquenta redes sociais

Publicado

Uma foto de Jennifer Lopez de biquíni compartilhada pela cantora
na última sexta-feira (26) em suas redes sociais
animou os seguidores da morena. Isso porque, no auge de seus 49 anos, ela exibiu toda sua forma e deixou muita menininha por aí no chão.

Leia também: Mico? Jennifer Lopez perde equilíbrio e cai durante apresentação em Las Vegas


Foto de Jennifer Lopez de biquíni repercute na web
Reprodução/Instagram

Foto de Jennifer Lopez de biquíni repercute na web

Na imagem de Jennifer Lopez de biquíni
, a bela morena faz pose sexy e ainda deixa seu corpo à mostra, sendo suficiente para receber inúmeros elogios de seus quase 82 milhões de seguidores. “Que menina linda”, “Corpo lindo”, “Espetacular” e “Eu  te amo demais”, foram alguns deles.

Retoques em foto de Jennifer Lopez de biquíni?


Fãs acusam photoshop em foto de Jennifer Lopez de biquíni
Reprodução/Instagram

Fãs acusam photoshop em foto de Jennifer Lopez de biquíni

Leia também: Jennifer Lopez aparece deslumbrante e fãs notam retoques em foto

Recentemente, JLo elevou a temperatura da internet ao compartilhar duas fotos em que aparece usando um maiô cavadíssimo e cheio de recortes. Na primeira Imagem, Jennifer Lopez aparece de lado e a cinturinha e o bumbum chamaram a atenção dos seguidores.

Leia mais:  Louis Garrel explora fidelidade como vício em “Um Homem Fiel”

Já na segunda foto, JLo está deitada, mas os fãs a acusaram de usar retoques. “Como que o sovaco dela é tão uniforme?”, questionou uma internauta. “Uma dose extra de edição na axila”, acusou um segundo. “De todos os lugares que ela poderia passar filtro… ela escolheu a axila!”, reparou outra.

Apesar disso, os elogios foram maioria no Instagram da cantora. “Você é incrível”, “Tão perfeita”, “Te amo, menina”, “Meu Deus, que mulher” e “Maravilhosa” foram alguns comentários na foto.

Também há pouco tempo, os fãs de Jennifer Lopez levaram um “tiro” fashion após verem a postagem da artista no Instagram. Vestida com um look volumoso e com cabelos cacheados, ela postou uma foto com sua nova peça de roupa favorita. “Eu tenho um novo par de meias”, disse na rede social.

Leia também: Rainha! No Instagram, Jennifer Lopez abusa do look e ostenta meias de R$ 4 mil

Apesar disso, as fotos de Jennifer Lopez de biquíni
em suas redes sociais são maioria e quem a segue no Instagram sabe que ela adora compartilhar fotos mais ousadas em sua página.

Leia mais:  Séries já canceladas nos EUA estreiam com pompa no Brasil

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

A Voz do Brasil faz 85 anos

Publicado

O programa de rádio A Voz do Brasil completa 85 anos nesta quarta-feira (22). Idade avançada para pessoas e para instituições no Brasil. Uma frase atribuída a Leonardo da Vinci, que morreu idoso para o seu tempo (aos 67 anos), sentencia que “a vida bem preenchida torna-se longa”.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil preencheu a vida dos ouvintes com notícias sobre 23 presidentes, em mandatos longínquos ou breves. Cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Além de notícias dos palácios do governo federal, A Voz do Brasil levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa narrou as conquistas do país em cinco Copas do Mundo e a derrota em duas – a mais traumática em 1950. A Voz registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Pelo rádio, e pela A Voz do Brasil, muitos brasileiros souberam da invenção da pílula anticoncepcional (1960), da descida do homem na Lua (1969), dos primeiros passos da telefonia móvel (1973), da queda do Muro de Berlim (1989) e da clonagem da ovelha Dolly (1998).

Leia mais:  Adam Sandler no Oscar? Ator está entre os cotados para o prêmio em 2020

Vida longa

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF.
Inauguração da transmissão do programa A Voz do Brasil, Brasília, DF. – Arquivo Nacional

A longevidade do programa A Voz do Brasil é assunto de interesse de historiadores e pesquisadores da mídia de massa no país. “É curioso como um programa de rádio se torna uma constância em um país de inconstância institucional, jurídica e legislativa”, observa Luiz Artur Ferrareto, autor de dois dos principais livros de radiojornalismo editados no Brasil.

Leia mais:  Como a quebra da quarta parede tem transformado o cinema e a televisão

Para Sonia Virginia Moreira, professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a longa duração do programa “tem muito a ver com a própria longevidade do rádio como meio de comunicação. A morte do rádio foi anunciada várias vezes e ele segue como um veículo muito importante no Brasil.”

“Nenhum governo abriu mão dessa ferramenta fantástica. A longevidade vem da percepção que os diferentes governos tiveram que manter essa ferramenta era algo que trazia uma vantagem enorme para o governo do ponto de vista das suas estratégias e para seus objetivos”, acrescenta Henrique Moreira, professor de jornalismo e especialista em história da mídia no Brasil.

Curiosidades sobre A Voz do Brasil 

 A Voz Brasil nem sempre teve como trilha sonora de abertura trecho da ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes. O Hino da Independência (1822), composto por Dom Pedro I, e Aquarela do Brasil (1939), de Ary Barroso, também serviram para marcar o início do programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana