conecte-se conosco


Carros e Motos

Ford Fusion 2019 chega com retoques no visual e linha mais enxuta

Publicado


Ford Fusion recebe novo visual para tentar reaquecer o segmento de sedãs grandes, apesar de ter sido o mais vendido
Divulgação

Ford Fusion recebe novo visual para tentar reaquecer o segmento de sedãs grandes, apesar de ter sido o mais vendido

A linha 2019 do Ford Fusion acaba de chegar, com design renovado e mudanças na gama de versões. Agora, foram reduzidas para três: SEL, de R$ 149.900; Titanium, de R$ 179.900 e Hybrid, de R$ 182.990. Portanto, as configurações 2.5 flex e Titanium com tração dianteira deixam de ser oferecidas no Brasil. O Fusion foi o sedã grande mais vendido do Brasil em 2018, com 4.497 unidades emplacadas, importado do México.

LEIA MAIS: Ford EcoSport Titanium: como anda o modelo 1.5 com pneus “run flat”?

Na linha 2019, o Ford Fusion recebe detalhes discretos. O para-choque dianteiro é novo e traz dois apliques cromados na parte inferior. As versões Titanium têm grade dianteira cromada, faróis de neblina de LED e rodas de 18 polegadas que foram redesenhadas. Na traseira, o para-choque e a tampa do porta-malas ganharam um design mais moderno, com novos vincos. As lanternas exibem novas molduras e o friso central cromado que as unia foi eliminado. Com exceção da versão híbrida — que utiliza um motor 2.0 com 190 cavalos (ao somar com a potência da bateria) — as outras duas configurações são equipadas motor 2.0 turbo, de 248 cv. O câmbio é automático de 6 marchas.

Leia mais:  Toyota Hilux GR Sport, de edição limitada, terá novo lote após sucesso de vendas

LEIA MAIS: Ford lança versão Titanium 2019 do EcoSport sem estepe na traseira

Outra novidade no sedã — rival de modelos como o Honda Accord e o Toyota Camry —é o teto solar, que passa a ser item de série em todas as versões. Além dele, chegam de série com 8 airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelhos), cintos de segurança traseiros infláveis, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, partida remota, central multimídia SYNC 3, ar-condicionado automático digital com duas zonas, freio de estacionamento elétrico e luz de assinatura de LED.

LEIA MAIS: Nova linha do Ford Ka se destaca diante dos principais concorrentes

Uma versão do Ford Fusion com mais equipamentos


Ford Fusion traz os equipamentos de conectividade mais recentes da marca, além de itens de luxo que favorecem o conforto
Divulgação

Ford Fusion traz os equipamentos de conectividade mais recentes da marca, além de itens de luxo que favorecem o conforto

Logo acima fica posicionado o Fusion Titanium 2.0 EcoBoost AWD, que como a sigla indica, acrescenta o sistema de tração integral. Tabelada em R$ 179.900, a versão ainda acrescenta o pacote de tecnologia CoPiloto 360, composto por alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem e detecção de pedestre, sistema de monitoramento de ponto cego, sistema de permanência em faixa, piloto automático adaptativo com função “Stop & Go” para engarrafamentos, farol alto automático e estacionamento automático de segunda geração para vagas paralelas e perpendiculares. Além disso, traz faróis dianteiros e de neblina full LED, aerofólio traseiro e bancos dianteiros refrigerados.

Leia mais:  Mais detalhes do Peugeot 208 foram revelados antes do Salão de Genebra 2019

A opção mais cara do Ford Fusion , a Titanium Hybrid, com preço sugerido de R$ 182.990, adiciona em seu trem de força a combinação do motor 2.0 a combustão com um propulsor elétrico, que, juntos, geram uma potência combinada de 190 cv. O Fusion Hybrid é um dos veículos mais econômicos do mercado, com consumo de 16,8 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada (Inmetro). A configuração conta com uma tela no painel orienta o motorista a dirigir de forma mais eficiente, com desenhos animados de folhas que crescem conforme a economia obtida.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Conheça as 5 melhores centrais multimídia do Brasil

Publicado

por

As centrais multimídia surgiram em 1987 no inovador Buick Riviera, nos Estados Unidos. No vídeo acima, o proprietário de uma conservadíssima unidade mostra todas as funcionalidades disponíveis naquela época. Vários detalhes chamam atenção, como o design primitivo que remete aos filmes de ficção científica da década, a interface bem confusa e a infinidade de recursos. Tinha até computador de bordo com consumo e autonomia!

LEIA MAIS: Conheça 5 micos de mercado que não compraríamos

Os anos passaram, as fabricantes se aprimoraram e as centrais multimídia passaram de um mero detalhe tecnológico para critério de compra. Não é difícil encontrar uma pessoa que tenha abandonando uma aquisição em potencial por não ter curtido o sistema multimídia de um determinado modelo. Quanto mais recursos, melhor!

Partindo disso, a reportagem do IG Carros elege as cinco centrais multimídia mais legais disponíveis do Brasil em diversas categorias. Acompanhe a lista!

1 – App-Connect

App Connect arrow-options
Divulgação

O App Connect se destaca pelo processamento e rapidez dos comandos, que podem ser controlados pelo volante

A Volkswagen deu um verdadeiro show ao lançar o sistema App-Connect. É realmente uma pena que seja tão caro e apenas apareça em carros acima de R$ 80 mil. Bonita, sofisticada e intuitiva, destacamos a facilidade para utilizar os recursos nativos e de pareamento. Em modelos como Jetta e T-Cross, por exemplo, é possível até escolher o modo de condução, além dos espelhamentos Apple CarPlay, Android Auto e Mirror Link.

Leia mais:  Shelby GT500, o Mustang mais potente da história

Disponível nos modelos: Polo, Virtus, Jetta, Golf GTI, Tiguan, Amarok e Passat

2 – Media NAV

Media Nav arrow-options
Divulgação

Sem vaidades, mas usual. O Media Nav aposta na simplicidade para conquistar o cliente

O Media NAV não tem uma interface bonita, mas também não se propõe a ser muito sofisticada. As animações são simples ou inexistentes, mas o processamento é rápido. Além de câmera de ré e GPS nativo para o Captur, destacamos um mini-game que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica. Todas as funcionalidades são facilitadas pelo menu de fácil acesso.

LEIA MAIS: Conheça os 5 carros mais procurados para compra na internet

Disponível nos modelos: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Oroch, Captur e Zoe

3 – Sync 3

Sync 3 arrow-options
Divulgação

Antes disponível nas linhas Freestyle de EcoSport e Ka, a Ford passou a optar pelo sistema Sync 2.5

O Sync 3 é um daqueles sistemas de multimídia que adoram conversar. Apesar de irritante, a voz robótica desnecessária pode ser desativada nas configurações, revelando uma central multimídia muito interessante. Ela também conta com espelhamento de smartphones por Android Auto e Apple CarPlay, além de GPS nativo e sistema de som da Sony no EcoSport. É uma pena que o sistema tenha sido removido da linha 2020 de Ka e EcoSport Freestyle

Leia mais:  Confira 5 SUVs seminovos que valem a pena ter na garagem, por até R$ 60 mil

Disponível nos modelos: EcoSport, Fusion, Ranger, Edge, Mustang

4 – MyLink 2

MyLink 2 arrow-options
Divulgação

Lançado com o Onix em meados de 2012, o MyLink foi a primeira central popular do Brasil

O primeiro entre todos os sistemas de conectividade do Brasil. O MyLink também tenta ser básico, mas oferece uma interface intuitiva e comandos interessantes. Também é possível utilizar o espelhamento de smartphones com Android e iOS. A partir do Onix LTZ, a Chevrolet também oferece o assistente pessoal OnStar, que pode marcar um horário no barbeiro ou informar o resultado do jogo do seu time. 

LEIA MAIS: Conheça 5 SUVs seminovos que valem a pena por até R$ 60 mil

Disponível nos modelos: Onix, Prisma, Cobalt, Cruze, Tracker, Equinox, Trailblazer, Bolt e S10

5 – BlueMedia

Blue Media arrow-options
Divulgação

Além de pareamento com o Apple CarPlay e Android Auto, o Blue Media ainda conta com TV Digital

Eis o primeiro sistema multimídia a contar com TV Digital (nas versões mais caras, claro). A imagem na central multimídia some com o carro em movimento, voltando a aparecer apenas em paradas no semáforo ou com o freio de estacionamento acionado. Um bom sistema para quem curte assistir TV, além de conectar o Smartphone pelo Android Auto e Apple CarPlay.

Disponível nos modelos: HB20, HB20S, Creta, Elantra, Santa Fe

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana