conecte-se conosco


Mato Grosso

Força Tática prende quadrilha que fez dois assaltos no mesmo dia em Cáceres

Publicado

Policiais da Força Tática e do 6º de Cáceres (a 220 km de Cuiabá) prenderam em flagrante delito três homens apontados como autores de dois assaltos ocorridos na sequência na cidade.

O primeiro assalto foi em um supermercado no bairro Cohab Nova e o outro em uma mercearia no bairro Cavalhada, ambos no início da noite desta quarta-feira (31.10). Nos dois casos as vítimas relataram que os assaltantes agiram com extrema violência, apontando arma e fazendo ameaças de morte o tempo todo.

As duas primeiras prisões, de Adriel Lucatelli Curvo, 29, e João Vitor Sobral Silva, 21 anos, exigiram o emprego de várias equipes da PM, num total de 13 policiais. Em uma motocicleta, eles não respeitaram a ordem de parada dada pelos policiais com sinais sonoros e luzes. Depois, caíram da motocicleta durante a perseguição, saltaram muros de residências, mas foram cercados e presos na região da Vila Mariana.

Já a prisão de Weslen Augusto de Lima Santana, 22, aconteceu na Central de Flagrantes do Cisc de Cáceres, para onde os outros dois presos haviam sido levados pelos policiais. Dono da motocicleta usada nos assaltos, inicialmente ele disse que sua moto havia sido roubada e que inclusive registrou queixa.

Leia mais:  Auditores esclarecem cerca de 570 dúvidas de servidores pelo canal Pergunte à CGE

Logo depois, conforme registro da PM ele entrou em contradição e acabou confessando que emprestou a moto para dupla praticar os roubos. As letras da placa estavam adulteradas com fita isolante.

Além da moto e do revólver calibre 38 usado nos roubos, a PM apreendeu com os suspeitos três celulares, sendo um Iphone, pouco mais de R$ 500 em dinheiro, uma carteira com documentos, entre outros objetos. As vítimas estiveram na delegacia e reconheceram os assaltantes e seus pertences roubados.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Agenfa de Jaciara não terá expediente na sexta (04)

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana