conecte-se conosco


Cidades

Força-tarefa criada pela 1ª dama busca zerar a fila de mamografia do SUS

Publicado

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, efetivou uma importante parceria com o hospital Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, nesta segunda-feira (16) para a campanha do Outubro Rosa. O objetivo é instituir uma força-tarefa, entre o hospital filantrópico e a Prefeitura de Cuiabá, para zerar a fila de espera de 3,9 mil pessoas que aguardam a realização da mamografia, exame de rastreio por imagem que revela a existência de sinais precoces do câncer de mama.

“Esse é um mês importante e devemos unir forças para demonstrar a importância da prevenção porque ela é a responsável por grande parte dos casos de cura. Temos a responsabilidade de criarmos mecanismos para garantir a todas essas pessoas a oportunidade de se prevenir o mais rápido possível”, destacou Márcia.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Prefeitura entrega títulos definitivos de posse na região Norte

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), irá intermediar o acesso dos pacientes que necessitam do serviço, via Sistema Único de Saúde (SUS).

Essa sistematização, segundo a coordenadora de Regulação da SMS, Lileine Lúcia da Silva, é realizada pelo sistema SISREG, por ordem cronológica, garantindo a autorização ao acesso gratuito do paciente a um local previamente indicado, nesse caso a Santa Casa de Misericórdia.

A central ainda fará toda uma triagem dos pacientes constantes na lista de espera, a partir desta quinta-feira (18), para agendar, organizar e garantir o planejamento inicial, estimado em 60 exames diários.

A Santa Casa de Misericórdia se encarregará de toda a logística e infraestrutura, além de recursos humanos para realizar, em média, 300 exames de mamografia por semana até zerar a lista de espera.

Os atendimentos começarão a partir da próxima segunda-feira (22) em dois turnos, o primeiro na parte da manhã, das 7h às 11h, e o segundo das 14h às 19h.

“Nosso objetivo é dar celeridade nessa fila que, atualmente, se encontra extensa, além de buscar a dignidade e a humanização dos serviços porque, como disse anteriormente, é uma ocasião importante e todos nós devemos trabalhar em prol da prevenção que é a nossa melhor arma contra essa mal”, disse a primeira-dama.

Leia mais:  Cata-treco amplia atendimento e chega a 120 bairros atendidos em seis meses
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Curso sobre fiscalização de contratos proporciona agilidade e reduz custos

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Jornalistas da Rádio Assembleia entrevistam deputado eleito João Batista do Sindspen.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana