conecte-se conosco


Esportes

Flamengo divulga boletim dos atletas internados e um deles recebe alta do CTI

Publicado


Cauan Emanuel, de 14 anos, foi um dos feridos no CT do Flamengo
Reprodução

Cauan Emanuel, de 14 anos, foi um dos feridos no CT do Flamengo

O Flamengo atualizou a situação dos três atletas da sua categoria de base que ainda estão internados e emitiu um boletim médico no início da tarde deste domingo. Dois deles seguem no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, enquanto o outro recebe tratamento no Hospital Pedro II. 

Leia também: Somos tão insignificantes que jogamos enquanto choramos

A boa notícia no Flamengo ficou por conta de  Cauan Emanuel , de 14 anos de idade, que recebeu alta do CTI (Centro de Tratamento Intensivo) e foi para o quarto, ficando bem perto de deixar o hospital.

Francisco Dyogo , de 15 anos, outro ferido no incêndio no Ninho do Urubu que matou 10 jovens, ainda tem dificuldades para respirar e segue no CTI do mesmo hospital, mas com boa evolução.

Os dois jogadores receberam visitas na manhã deste domingo e os parentes deixaram o local bastante animados. Na última sexta-feira, ambos tinham lesões de via aérea e escoriações pelo corpo.

Leia mais:  Torcida do Watford leva cobras de plástico ao estádio contra ex-técnico

Leia também: Ao som de “Parabéns a você”, vítima de incêndio no Flamengo é enterrada

Já Jhonata Ventura da Cruz, que está no centro de tratamento de queimados do Hospital Pedro II, continua em estado grave, sedado, mas com quadro estável. O atleta de 15 anos teve 35% do corpo queimado, apresentou febre nas últimas 24 horas e “realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas”.

Veja abaixo o boletim divulgado pelo Flamengo sobre os três jogadores:

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que o atleta Cauan Emanuel teve alta do CTI e seguirá para o quarto no início da tarde deste domingo (10). O menino está bem clinicamente e respira sem ajuda de oxigênio. O atleta Francisco Dyogo está em curva de melhora, mas se recupera um pouco mais lentamente e segue com tratamento de fisioterapia respiratória no CTI. O chefe do Departamento Médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o médico rubro-negro Dr. Mauro Fonseca, além do clínico cardiologista do Hospital Vitória, responsável pela internação dos meninos, Dr. Fernando Bassan, acompanham a evolução dos quadros.

Leia mais:  De volta ao futebol feminino, São Paulo FC anuncia atacante Cristiane para 2019

Leia também: Presidente do Fla lamenta mortes: “Maior tragédia do clube em 123 anos”

Já o atleta Jhonata Ventura permanece hemodinamicamente estável, internado no centro de tratamento de queimados do Hospital Pedro II em estado grave, sedado em ventilação mecânica. Jhonata apresentou febre nas últimas 24h. O atleta realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas. Os médicos do Flamengo , Drs. Luiz Claudio Baldi e Gustavo Dutra, seguem acompanhando a situação do atleta.”

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Ver o futebol brasileiro virou motivo para castigo e tortura

Publicado

por

– Filho, você está de castigo . Quem mandou tacar fogo no lixo. Isso não se faz. E outra coisa: suas notas estão péssimas na escola e a diretora reclamou dizendo que você fez xixi no pátio. Eu me reuni com sua mãe e decidimos uma punição adequada. Não adiantou ficar trancado em casa por uma semana, nem não comer doce, nem perder seus brinquedos. Agora a coisa ficou séria. Você vai ter de ver o jogo todo do São Paulo . Os noventa minutos. Segundo por segundo.

– Esse castigo não, papai. Prefiro estudar matemática. Aquele Jucilei é muito ruim. Não quero. Buáááááááááááá. E o técnico. Tem o nome da minha sala. Jardim da infância.

– É Jardine, garoto. E ele saiu. Infelizmente. Com ele a tortura seria maior. Ainda bem que o Diego Souza continua, pelo menos isso. E tem mais, viu? No domingo você vai assistir o Corinthians . Completinho. Até os acréscimos.

Leia também: Cimatti – Você já voltou para sua escola?

Leia mais:  Mourinho não dá folga e elenco do United treinará na tarde de Natal

– Mas, papi…

– Mas, nada. O Carille vai fechar o time pra você não dar uma risadinha. Retrancar mesmo. O Avelar na esquerda. Do jeito que eu gosto, como foi contra o Avenida, no quase vexame histórico. Parece que o Araos vai ser titular. Manoel e Henrique. E, se desgrudar os olhos da TV por um milésimo de segundo, eu tiro o videogame também.

– Aí já é demais.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL da derrota do São Paulo na Libertadores

– Fica quieto. Porque sábado tem o Palmeiras . Lucas Lima e Borja em campo. E outra: Deyverson fora. Não vai ter mau exemplo. Assim você não se inspira nele pra fazer bobagens na escola. Vai ver esse também.

– E o Santos , pai. Posso ver?

– Claro que não. Já disse: não é pra ter prazer. É pra sofrer. O Santos tem um técnico que gosta de jogar bola. Você não vai ver futebol. Vai ter sofrimento. É castigo, não centro de diversões.

Leia mais:  Torcida do Watford leva cobras de plástico ao estádio contra ex-técnico

Leia também: Jornal coloca Militão no Real Madrid

– Mas…

– Calado! Já pro quarto! Se reclamar mais ainda tem o Campeonato Carioca, o Mineiro, o Gaúcho. Vai ter de assistir Botafogo e Bangu. O Brasil inteiro de muita grossura e chutão.

– Buuuuuuuáááááááááááá. Buuuuuuuuááááááááá.

Olha aí, amor. Ainda reclama do castigo . Nem mandei ver o Guarani ou a Ponte Preta. Na próxima ele vai ter de assistir a coletiva de imprensa do Roger Machado. Sem mimimi e sem chororô. Aí vai ver o que é bom pra tosse.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana