conecte-se conosco


Esportes

Flamengo continuará pagando salários das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu

Publicado


Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu
Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil

Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu

A diretoria do Flamengo comprometeu-se a manter o pagamento dos salários às vítimas do incêndio de sexta-feira (8) em um dos alojamentos do clube, no Ninho do Urubu, como é conhecimento popularmente o Centro de Treinamento Presidente George Helal. A informação está em nota divulgada pelo clube neste domingo (10).

Leia também: Presidente do Flamengo lamenta mortes: “Maior tragédia do clube em 123 anos”

“O Flamengo gostaria de reiterar que, independentemente de qualquer investigação, vem prestando todo o amparo às famílias dos atletas vitimados pela tragédia ocorrida no centro de treinamento, assim como aos feridos e sobreviventes. Neste momento, o clube, de pleno, assume o compromisso de manter a remuneração paga aos atletas vítimas do incêndio, sem qualquer prejuízo de outras ações adicionais de apoio que estão sendo implementadas”, diz a nota.

Em outro trecho da nota, a diretoria do Flamengo ressalta que, de acordo com a empresa NHJ, responsável pelo alojamento de contêiner , a espuma usada no isolamento térmico e acústico não era inflamável. “Vale ressaltar que representantes da empresa NHJ – em reunião realizada na manhã deste domingo, na sede da Gávea – esclareceram que o poliuretano utilizado entre as chapas metálicas não é propagador de incêndios, por ter característica auto-extinguível.”

Leia mais:  Lateral do Fluminense sofre tentativa de assalto após jogo da Copa do Brasil

Leia também: Ao som de “Parabéns a você”, jovem vítima de incêndio no Flamengo é enterrado

Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público (MP) para tentar esclarecer o que ocorreu no Ninho do Urubu . Também estarão presentes à reunião representantes de diversos outros órgãos da Justiça e da prefeitura do Rio.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, já havia dado a entender que daria amparo às famílias das vítimas. “Obviamente estamos todos consternados. Essa é a maior tragédia que esse clube passou nos últimos 123 anos (anos de existência do clube, fundado em novembro de 1895)”, disse o mandatário do clube, eleito recentemente.

“O mais importante agora é a gente se dedicar a tentar minimizar o sofrimento de todas essas famílias. O Flamengo está cuidando disso e estamos fazendo com que isso seja minimizado ao máximo”, completou o cartola.

As chamas tomaram conta do alojamento dos jogadores do base do Flamengo , no centro de treinamento Ninho do Urubú, ocalizado em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira (8). Dez atletas com idades entre 14 e 15 anos acabaram morrendo no incêndio. Três seguem internados, um deles em estado grave.

Leia mais:  Em entrevista, Najila Trindade fala da família e evita ‘tablet desaparecido’

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Palmeiras tenta acalmar ambiente e mudar história recente no mata-mata

Publicado

por

Lance

Felipão gritando arrow-options
CONMEBOL/DIVULGAÇÃO

Felipão tenta mudar história recente do Palmeiras em mata-mata

Com dois títulos (2016 e 2018), um vice-campeonato (2017) e a atual liderança no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem sido dominante em pontos corridos. Mas desde que conquistou a Copa do Brasil de 2015, acumula frustrações em mata-mata. 

Leia também: “Filme de terror”, relata Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras; assista

Para melhorar este retrospecto e amenizar o ambiente após as últimas duas derrotas, o Palmeiras inicia a disputa das oitavas de final da Libertadores .

Depois do protesto de um número reduzido de torcedores em Fortaleza, na sexta, o Verdão foi batido pelo Ceará, e pela primeira vez desde a volta de Luiz Felipe Scolari perdeu duas partidas consecutivas.

Para completar, a logística foi prejudicada graças à instabilidade climática que impediu a delegação de pousar em Mendoza , cidade do jogo contra o Godoy Cruz .

Desde 2016, quando voltou a disputar a Libertadores, o Palmeiras foi eliminado na fase de grupos, nas oitavas de final (2017) e na semifinal (2018). No ano passado, o time terminou a etapa de grupos com a melhor campanha, mas não passou do Boca Juniors, atual vice-campeão.

Leia mais:  Anistia Internacional critica Nadal e Djokovic por partida na Arábia Saudita

No Paulista, o time alviverde tem um vice (2018) e três quedas em semifinais, em 2016, 2017 e 2019. Na Copa do Brasil, desde o título em cima do Santos, foram três eliminações nas quartas de final (2016, 2017 e 2019) e uma na semifinal (2018).

Leia também: Torcedores arremessam pipocas e cobram elenco do Palmeiras no Ceará

​A Libertadores é o grande sonho do torcedor palmeirense, que comemora 20 anos de sua única conquista do torneio, em 1999. A expectativa cresceu depois da derrota para o Internacional nos pênaltis, pela Copa do Brasil, pois resta apenas a Copa e o Brasileiro a disputar agora.

No campeonato nacional, o Verdão tinha cinco pontos de folga, mas viu a vantagem acabar depois da pausa para a Copa América. O Santos venceu seus dois jogos, enquanto o Palmeiras somou apenas um ponto em seis – os rivais agora estão empatados com 26, mas o time alviverde tem saldo de gols melhor.

Leia também: Palmeiras radical! Fomos conferir a tirolesa de 200 metros no Allianz Parque

Leia mais:  Campeão em 78 critica Messi na Argentina: “Serve pra seleção ganhar dinheiro”

O jogo do Palmeiras contra o Godoy Cruz será nesta terça-feira, às 21h30 – a volta será uma semana depois, no Allianz Parque.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana