conecte-se conosco


Cidades

Fiscalização de veículos pesados na área central é reforçada pela Semob

Publicado

Com o intuito de fiscalizar o cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro dentro das vias da Capital, trazendo mais tranqüilidade e segurança aos que trafegam pela área central, a Secretaria de Mobilidade Urbana vem em constante atuação nos pontos principais de conversão de veículos pesados na cidade. Reforçando esta fiscalização, a equipe de agentes realizaram nesta última sexta-feira (26), a Operação Carga Pesada em alguns pontos da Avenida Antártica. 
Durante a operação, realizada entre 6h e 9h, os agentes executaram 10 abordagens, com sete autuações e dois recolhimentos de Autorização Especial de Trânsito (AET). Entre as infrações, estão AET vencidas, veículos circulando em horários proibidos à sua categoria de Peso Bruto Total (PBT) e horário de circulação diferentes do especificado na AET
“A operação é um reforço da fiscalização, para tentarmos coibir que esses veículos trafeguem de forma irregular nas vidas centrais. Isso assegura o cumprimento da legislação, mantém o ordenamento do trânsito da cidade, traz tranqüilidade e segurança aos condutores e pedestres. Um conjunto de medidas que nos auxiliam em uma melhor fluidez pelos pontos principais de trafegabilidade dos veículos pesados”, afirmou o diretor de Trânsito, MichellDiniz. 
Diniz explica que, de acordo com a Legislação, a restrição de veículos pesados circulando por vias centrais de Cuiabá variam com o PBT. Ele lembra que até dez toneladas podem circular livremente; de dez a 24 toneladas não podem rodar na área central em horário de grande fluxo, que seria das 11h30 às 13h30 e das 17h30 às 19h30, e veículos acima de 24 toneladas só podem entrar na cidade das 20h às 6h. 
O diretor observa, ainda, que dentre as diretrizes de circulação, existem as exceções. Michelldiz que para alguns, o cumprimento de serviços permite que esses veículos circulem fora desse quadro de horários, desde que haja uma autorização prévia para isso. Assim, eles podem rodar nas vias, desde que sigam as especificações da autorização. 
“São veículos de grande porte, que excedem essas toneladas. Esses ficam permitidos circularem devido à sua demanda, em atendimento ao setor industrial de Cuiabá. Mas, somente, é permitido transitar nas vias periféricas da cidade, para não causar transtornos à fluidez do trânsito e este permanecer em harmonia”, explicou. 
Os principais trechos de alta circulação desses veículos são as Avenidas Antártica e Fernando Correa, onde acontece a entrada e saída de cargas pesadas, para atender o setor industrial de Cuiabá. Além desta operação, a Semob está em constante monitoramento dessas regiões. A previsão é que nos próximos dias seja realizada outra ação como essa.  

Leia mais:  Por causa de incêndio, santuário transfere 5 elefantes para área segura em MT

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Técnicos do Sírio Libanês se encantam com HMC e sinalizam parceria federal

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá divulga lista de contemplados e reserva em sorteio do Nico Baracat III

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana