conecte-se conosco


Entretenimento

Filmes com Carla Diaz como Suzane von Richthofen ganham trailer

Publicado

Carla Diaz foi eliminada do “BBB 21”, mas isso não significa que ela sairá dos holofotes. É que nesta quinta-feira (25), os filmes “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais” – ambos estrelados por ela – ganharam um novo trailer!

Antes mesmo de entrar no reality show da TV Globo, Carla Diaz protagonizou dois filmes que retratam o Caso Von Richthofen, tragédia que marcou o Brasil em 2002.

Cada filme mostra uma versão, uma de Suzane, papel de Carla, e outra de Daniel Cravinhos, interpretado por Leonardo Bittencourt.

As duas exploram os depoimentos de cada um durante o julgamento do assassinato de Marisia e Manfred Albert von Richthofen – pais de Suzane.

E o trailer récem-divulgado une as duas produções ao som de “Love Will Tear Us Apart”, clássico do Joy Division, ao mostrar os pontos de vistas opostos dos protagonistas que vivem um casal emblemático.

“A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais” serão lançados simultaneamente, mas a data de estreia ainda não foi divulgada.

Leia mais:  “A Dona do Pedaço”: Luta entre Rock e Paixão termina em pancadaria generalizada

Assista ao novo trailer:

 

E aproveite para ler a sinopse dos projetos:
“Em 2002, o casal de namorados Suzane von Richthofen (Carla Diaz) e Daniel Cravinhos (Leonardo Bittencourt) chocou o Brasil ao se declararem culpados pelo brutal assassinato dos pais de Suzane. Ao longo do julgamento deles, esse caso é revisitado em busca de respostas sobre os motivos do casal para cometer essa atrocidade. Um drama de crime real sobre um dos casos de assassinato mais chocantes do Brasil. Baseados nos autos do processo, os dois filmes serão lançados simultaneamente e mostrarão pontos de vista diferentes do mesmo caso.”

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

“Foram noites sem dormir”, diz Chay Suede sobre cena de Amor de Mãe

Publicado

 

 

Chay Suede foi o nome do capítulo de Amor de Mãe dessa terça (6/4). Desde o início da noite, o ator brilhou nas cenas em que Danilo descobre as mentiras de Thelma (Adriana Esteves) e terminou deixando o telespectador arrepiado com o encontro entre ele e Lurdes (Regina Casé). Não à toa, Chay foi elogiadíssimo nas redes sociais. A emoção, aliás, continua no capítulo desta quarta (7/4). “Podem preparar o lencinho porque ainda tem muita cena emocionante até o final”, avisa o ator, que considera a cena de ontem uma das mais difíceis de fazer. “Essa novela foi marcante para mim do início ao fim, mas o encontro deles tem um lugar especial na minha vida. Foram noites sem dormir para gravar”.

Chay também não tem dúvida sobre a sua personagem preferida em Amor de Mãe: “Dona Lurdes, claro. Não só em Amor de Mãe, mas de todas as novelas que eu já vi na vida”. Sem contar como vai ficar a relação entre Danilo e Thelma, o ator afirma que é impossível entender e perdoar tudo que ela fez. “Ela deu ré e matou a mãe biológica da esposa do filho. Depois, mandou matar a esposa do filho atropelada. Matou a melhor amiga asfixiada numa garagem e atirou e manteve em cárcere privado a outra melhor amiga. Acho que não dá, né”.

Comentários Facebook
Leia mais:  Após polêmica, Silvio Santos ironiza acusação de racismo
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana