conecte-se conosco


Esportes

Filipe perde em Portugal e chance de título antecipado de Gabriel Medina aumenta

Publicado

A chance de título antecipado de Gabriel Medina segue viva em Portugal. Nesta quinta-feira, o brasileiro já passou para as quartas de final da etapa de Peniche e contou com derrota na terceira fase de Filipe Toledo, vice-líder do ranking do Mundial de Surfe, para o francês Joan Duru, para seguir sonhando com o bicampeonato antes mesmo de disputar a última etapa, em dezembro.

Leia também: Gabriel Medina assume a liderança do Mundial de surfe a duas etapas do fim


A chance de título antecipado de Gabriel Medina aumentou com a derrota de Filipe Toleto
Divulgação/WSL / Masurel

A chance de título antecipado de Gabriel Medina aumentou com a derrota de Filipe Toleto

Agora, o australiano Julian Wilson é o único que pode levar a decisão para o Havaí. Ele tem que chegar nas semifinais e vai disputar as últimas vagas para as quartas de final na bateria que ficou para abrir o último dia da “perna europeia” do Circuito Mundial de 2018. Se ele cair, a chance de título antecipado de Gabriel Medina
aumenta.

“Essa bateria foi bem complicada e estávamos nós três lá dentro procurando por alguma onda boa”, disse Medina, após derrotar o taitiano Michel Bourez e o português Frederico Morais no penúltimo confronto do dia. “Ainda bem que encontrei alguns tubos, porque esta é uma fase importante e com sorte fica melhor ainda”, acrescentou.

Medina tem recebido grande apoio da torcida portuguesa e ela foi reforçada também pelo ilustre amigo Neymar, que aproveitou a folga no PSG e foi até Portugal para acompanhar as baterias do amigo. “Estou com a minha família aqui e amigos, como o Neymar, que veio hoje (quinta-feira) ficar com a gente aqui”, afirmou.

Leia mais:  Polícia registra BO contra Najila Trindade por declaração polêmica em entrevista

“É muito bom todo tipo de apoio, pois eu e ele sempre estamos perseguindo o mesmo objetivo, que é ser o melhor no que fazemos, então ele certamente é uma inspiração para mim”, completou.

Visualizar esta foto no Instagram.

???‍♂️ @gabrielmedina

Uma publicação compartilhada por EneJota ?? ? neymarjr
(@neymarjr) em 18 de Out, 2018 às 6:12 PDT

Agora, toda a expectativa é pela participação de Julian Wilson. A primeira chamada para o seu confronto australiano com Owen Wright e Adrian Buchan, ficou para as 8h00 da sexta-feira em Portugal, 4h00 da madrugada no Brasil.

Leia também: Depois de entrar para o Guinness Book, Maya Gabeira pode se aposentar do surfe

A quinta-feira amanheceu com boas ondas em Supertubos e os tubos arrancaram as maiores notas do dia. O potiguar Italo Ferreira ganhou o duelo brasileiro com o paulista Jessé Mendes que abriu a terceira fase e foi o primeiro a passar para a fase classificatória para as quartas de final.

As atenções já estavam voltadas para os brasileiros que estavam na disputa fase a fase pela lycra amarela de líder em Portugal. O primeiro a entrar foi Gabriel Medina na sexta bateria e ele achou um tubão nas direitas de Supertubos que valeu nota 7,93.

O australiano Ryan Callinan, um dos convidados desta etapa que na semana passada barrou Filipe Toledo também na terceira fase e foi vice-campeão no Quiksilver Pro France, era o adversário e também surfou um bom tubo nota 7,33. Mas, cometeu um erro, foi penalizado com uma interferência e Medina passou fácil por 13,60 a 7,33 pontos.

Depois, Medina também fez o suficiente para derrotar o taitiano Michel Bourez e o português Frederico Morais por apenas 11,67 pontos, na segunda disputa por vagas nas quartas de final.

Derrota inesperada de Filipe que aumentou chance de título antecipado de Gabriel Medina


Filipe Toledo foi eliminado e a chance de título antecipado de Gabriel Medina aumentou
Divulgação/WSL / Masurel

Filipe Toledo foi eliminado e a chance de título antecipado de Gabriel Medina aumentou

Filipe Toledo entrou no confronto seguinte e foi uma bateria fraca de ondas. Ele ainda surfou um bom tubo e estava na frente até o francês Joan Duru pegar uma direita há 2 minutos do fim. Ela rodou um belo tubo, ainda rendeu mais duas manobras e ficou a expectativa.

A nota 6,0 recebida foi suficiente para virar o placar para 12,50 a 12,10, com Filipe Toledo terminando em 13.o lugar nas duas provas da “perna europeia”. Se ele passasse essa bateria, já acabaria com a chance de Gabriel Medina ser campeão mundial em Portugal.

Leia também: Festival ecológico de surfe em Santa Catarina terá ‘banheiros de bolso’

Agora, o campeão mundial de 2014 está a duas baterias da grande final, para tentar repetir a vitória nas praias portuguesas alcançada no ano passado, que em 2018 pode lhe garantir o bicampeonato mundial. Vale lembrar que, para a chance de título antecipado de Gabriel Medina
seguir de pé, Julian Wilson não pode chegar nas semifinais.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Apresentado, Rogério Ceni cita Zico e promete Flamengo ofensivo

Publicado

Apresentado à torcida e à imprensa como técnico do Flamengo, Rogério Ceni prometeu um time agressivo, “com o máximo de atacantes possível”. Na entrevista coletiva que concedeu nesta terça-feira (10) à tarde, pouco antes de comandar a primeira atividade no Ninho do Urubu, o treinador enalteceu o elenco que terá à disposição para trabalhar.

“O que importa é que os atletas se sintam à vontade. A longo prazo, temos que seguir o estilo do Flamengo, que é de um time ofensivo, que marca à frente e gosta da posse de bola. Se tenho bons jogadores em uma mesma posição, tenho de encontrar um jeito de colocá-los para jogar. O problema é que aqui tem muitos bons em várias posições, então alguém acaba ficando fora. Você pode usar o [Giorgian De] Arrascaeta e o Everton [Ribeiro] pelos lados. Pode usar Bruno [Henrique], Gabriel [Barbosa, o Gabigol] na frente. Ainda tem Vitinho, Pedro, Pedro Rocha, Michael. Essa [ataque] é a área que mais gosto de mexer, pois libera a criatividade. Além de um meio-campo que tem Gerson, [Thiago] Maia, [William] Arão e outros tantos jovens da base”, descreveu Ceni.

O técnico Rogério Ceni visita as instalações do Ninho do Urubu, Centro de Treinamento do Flamengo.

Se no ataque sobram opções, a defesa tem sido uma dor de cabeça no Flamengo. O time carioca sofreu 29 gols em 20 partidas pela Série A do Campeonato Brasileiro – oito apenas nas duas últimas partidas do torneio, nas derrotas por 4 a 1 para o São Paulo e 4 a 0 para o Atlético-MG. Somente o Goiás, que é o último colocado, foi mais vazado que o Rubro-Negro, que ocupa o terceiro lugar.

Leia mais:  Segue o impasse! Voo atrasado impede possível acerto do Palmeiras com a TV Globo

“Só amanhã [quarta-feira, dia 11] é que vamos poder responder, mas acho que erro defensivo é fruto de [erros de] sistema de jogo. A crítica existe a um determinado jogador ou outro, principalmente zagueiros, goleiros, enfim. Quando se tem um número elevado de gols sofridos, temos que tentar ajustar, com a colaboração de todos. Aqui a gente vem para gerar ideias e colocar situações para os atletas. São eles que vão resolver dentro de campo”, avaliou o técnico, já projetando a possível estreia no comando do Rubro-Negro, diante do São Paulo, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Ceni é o substituto do catalão Domènec Torrent, demitido após a goleada sofrida para o Atlético-MG no último domingo (8). O ex-goleiro deixou o comando do Fortaleza após cerca de três temporadas no clube – com uma rápida passagem pelo Cruzeiro no período. Pelo Leão do Pici, foi bicampeão cearense e conquistou os títulos da Copa do Nordeste e da Série B do Brasileirão, com 60% de aproveitamento em 153 jogos.

Leia mais:  Confira a agenda do futebol desta segunda-feira, 01 de abril de 2019

“Primeiro, sou muito agradecido ao Fortaleza. Eu sei que o torcedor fica triste e eu, logicamente, deixo parte do meu coração em Fortaleza. Mas acho que ele compreende o tamanho do desafio. Um convite do Flamengo, no momento que o Flamengo vive, é difícil de recusar”, disse o treinador, que revelou ter contatado o ex-jogador Zico, maior ídolo rubro-negro, antes de assumir o cargo.

“Esse é meu 30º ano trabalhando com futebol. Já enfrentei muitas vezes o Flamengo. Vi Maracanã com casa cheia, vi Zico, Júnior, e tantos craques da história do Flamengo. Até mandei uma mensagem ao Zico antes de chegar aqui, se ele me permitia a entrada. É um cara por quem tenho um fanatismo grande, talvez pela relação com as faltas. É um ícone do futebol brasileiro, um cara único. Ele me respondeu do Japão. Então, eu me sinto com permissão de sentar nessa cadeira”, declarou Ceni, que assinou contrato até dezembro do ano que vem.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro aqui.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana