conecte-se conosco


Esportes

FIFA faz reuniões secretas e avalia tirar Copa do Mundo de 2022 do Catar

Publicado

Gianni Infantino, presidente da FIFA
Divulgação

Gianni Infantino, presidente da FIFA,

O ex-presidente da Uefa (2007-2015) Michel Platini foi detido nesta terça-feira (18), na França, sob suspeita de corrupção na escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022, e a polêmica pode ter consequências ainda maiores.

Leia também: Catar inaugura estádio com ar-condicionado nos assentos para a Copa do Mundo

De acordo com o canal “TNT Sports”, da Argentina a FIFA realiza reuniões secretas para buscar um substituto imediato para o Catar na Copa do Mundo de 2022. A decisão não é tão simples, mas é de fato estudada.

O Catar foi eleito sede da Copa em 2010, em uma votação em que derrotou a candidatura dos Estados Unidos.

A primeira investigação sobre corrupção e conspiração criminal na escolha do Catar foi aberta pela Promotoria Financeira Nacional (PNF) da França em 2016. Em dezembro de 2017, Platini foi ouvido como testemunha e admitiu que votou no Catar em dezembro de 2010.

Leia mais:  PSG reduz preço de Neymar em R$ 342 milhões para facilitar venda ao Barça

Leia também: Copa de 2022 terá lugares específicos para consumo de bebidas alcoólicas

De acordo com o jornal “Le Monde”, o foco das investigações enlvolvendo a Copa do Mundo é um almoço organizado no Palácio do Eliseu, em 23 de novembro de 2010. No evento, estavam presentes Nicolas Sarkozy, Michel Platini, o Emir do Catar, Tamim Ben Hamad Al Thani, e o então primeiro-ministro do emirado, Sheikh Hamad, Bem Jassem.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze estarão em Tóquio 2020

Publicado

por

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze garantiram, no último final de semana, a participação na próxima edição dos Jogos Olímpicos. A vaga, em Tóquio, na disputa da classe 49er FX de vela, foi garantida no mundial realizado em Geelong (Austrália).

As brasileiras, que ficaram com o ouro nos Jogos do Rio (2016), carimbaram o passaporte para Tóquio ao terminarem o mundial na 12ª posição.

Além de Martine e Kahena, o final de semana também foi de classificação olímpica para Marco Grael e Gabriel Portilho. Eles defenderão o Brasil na classe 49er ao encerrarem o Mundial de Geelong na 13ª posição.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Leia mais:  Após o título, Leila Pereira anuncia renovação entre Palmeiras e Crefisa
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana