conecte-se conosco


Política

Feriado em Cuiabá será só na sexta-feira Santa (19)

Publicado

Está se aproximando uma das mais importantes e significativas datas religiosas, a Páscoa, que neste ano será comemorada no próximo domingo, dia 21 de abril. A Prefeitura de Cuiabá informa que apenas a Sexta-feira Santa ou Sexta-feira da Paixão, popularmente denominada, será feriado. O expediente será normal nesta quinta-feira (18) em todas as secretarias.

Na referida data, apenas os serviços essenciais como saúde, coleta de lixo, manutenção e distribuição de água, defesa civil, fiscalização e orientação do trânsito serão mantidos.

Na Saúde, as Unidades de Urgência e Emergência de Pronto Atendimento (UPA’s), das regiões Norte e Sul, localizadas nos bairros Morada do Ouro e Pascoal Ramos, respectivamente, funcionam regularmente. Além dessas unidades, as policlínicas e o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá também estarão com as portas abertas para atender a população.

Na segurança, todas as delegacias, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), unidades do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também fazem atendimentos.

Leia mais:  Termômetros registram quase 50 graus em municípios de MT; veja

O feriado também altera o expediente em diversos setores de atendimento ao público, como Correios, Ganha Tempo e agências do Sine também estarão fechados nesta sexta-feira. Bem como as agências bancárias, que manterão apenas os caixas eletrônicos funcionando normalmente.

Conforme determina a Lei Federal nº 11.603/2007 e autorizado em Lei Municipal, o comércio não poderá abrir as portas na sexta-feira. De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), esta é uma das poucas datas em que o comércio fica impedido de funcionar.

As lojas dos shoppings de Cuiabá e Várzea Grande não devem abrir nesse feriado. Já a praça de alimentação e espaços de lazer vão funcionar das 11h às 22h. Segundo os centros comerciais, os cinemas devem abrir normalmente conforme os horários das sessões.

Em alguns órgãos como o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ministério Público Federal (MPF) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Judiciário, o feriado da Semana Santa começa nesta quinta-feira.

O atendimento ao público voltará ao normal na próxima segunda-feira (22).

Leia mais:  Veloso representa Câmara em passagem de comando do 44º BIMtz

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Política

PF cumpre mandados em gabinetes do líder do governo e de seu filho

Publicado

por

Policiais federais estão desde as primeiras horas de hoje no Senado e na Câmara dos Deputados cumprindo  mandados de busca e apreensão nos gabinetes do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), e do filho dele, deputado Fernando Bezerra Coelho Filho (DEM-PE).

Ambos são investigados por irregularidades em obras da transposição do Rio São Francisco no período em que Bezerra foi ministro da Integração Nacional , no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

 A comissão mista que analisa a Medida Provisória 870/19 realiza reunião para votação do relatório do senador Fernando Bezerra Coelho  sobre o assunto.

O senador Fernando Bezerra Coelho é um dos alvos da operação da Polícia Federal  (Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em nota, o advogado de defesa André Callegari, afirmou que as medidas se referem a “fatos pretéritos” e que a justificativa seria a “a atuação política e combativa do senador”.

“Causa estranheza à defesa do senador Fernando Bezerra Coelho que medidas cautelares sejam decretadas em razão de fatos pretéritos que não guardam qualquer razão de contemporaneidade com o objeto da investigação. A única justificativa do pedido seria em razão da atuação política e combativa do senador contra determinados interesses dos órgãos de persecução penal”, disse a defesa.

Leia mais:  Termômetros registram quase 50 graus em municípios de MT; veja

A defesa do senador Fernando Bezerra Coelho acrescentou que a Procuradoria Geral da República opinou contra a busca, afirmando taxativamente “que a medida terá pouca utilidade prática”.

Ainda assim, segundo o advogado,  o ministro Luís Roberto Barroso a deferiu.

“Se a própria PGR – titular da persecutio criminis  (persecução do crime) – não tinha interesse na medida extrema, causa ainda mais estranheza a decretação da cautelar pelo ministro em discordância com a manifestação do MPF”, destacou Callegari.

Ele disse que a defesa seguirá firme no propósito de demonstrar que as cautelares são extemporâneas e desnecessárias.

*Matéria alterada às 9h22 para acréscimo de informações

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana